Veja o significado dos nome dos bebês das famosas que deram à luz em 2021

Diferentes celebs brasileiras e internacionais aumentaram a família neste ano. Prepare-se para se inspirar, pois as escolhas delas devem ditar tendências!

Por Flávia Antunes Atualizado em 19 jul 2021, 21h05 - Publicado em 19 jul 2021, 17h59

Gestar durante a pandemia tem sido um desafio extra para as famílias, mas isso não impediu que muitas mães e pais realizassem o sonho de trazer um bebê à vida. Dentre as que receberam novos integrantes em 2021 – e que compartilharam a notícia com entusiasmo nas redes sociais -, estão as famosas da TV, da internet ou do cenário musical.

Algumas viveram a gravidez pela primeira vez e outras presentearam os filhos com um irmãozinho, mas independentemente de qual foi a circunstância, uma coisa é certa: o nome escolhido pelas personalidades costuma ditar tendências e serve de inspiração para quem está à espera de um pequeno.

Inclusive, muitas retomaram a moda do curtinhos, outras trouxeram nomenclaturas mais antigas aos holofotes e, neste ano, teve até mesmo homenagem à Família Real. Ficou curioso e está em busca de inspiração? Então, prepare-se para ver o significado de cada nome e já separe o bloquinho para anotar as referências:

1. Zaya

View this post on Instagram

A post shared by Zaya Diniz (@zayadiniz)

A cantora sertaneja Simone, que faz dupla com Simaria, anunciou a chegada da segunda filha em fevereiro, fruto do relacionamento com o empresário Kaká Diniz. A decisão de como a menina chamaria pode parecer inusitada, mas na verdade tem justificativa – que rendeu inclusive um vídeo explicativo no canal do YouTube da mãe.

Simone contou que cada parte da família estava pendendo para uma opção de nome diferente, então o casal decidiu juntar as duas principais escolhas: Maya e Zara. O resultado dessa combinação foi Zaya, que ainda atendeu ao gosto da artista pelas nomenclaturas curtinhas.

Não existe consenso sobre a origem do termo, mas há quem diga que possa significar “luminosidade”. Já analisando os dois nomes que o compõem, o cenário muda um pouquinho: Zara vem do árabe, que quer dizer “princesa” ou “flor que floresce”, enquanto que Maya é a deusa grega da fecundidade e da primavera, além de ser a palavra tupi para “mãe”. Só traduções especiais, hein?

2. Luca

View this post on Instagram

A post shared by LORENA CARVALHO LUCCO (@lorenacarvalhod)

Também na onda dos nomes curtinhos, nasceu Luca, filho de Lorena Carvalho com o cantor Lucas Lucco. A chegada do pequeno através de um parto vaginal humanizado aconteceu em março e foi compartilhada pela mãe por meio de um relato sensível em sua rede social, que ganhou ainda mais doses de emoções pelo público saber que o casal havia passado por uma perda gestacional em outubro de 2019.

Perfeito para quem curte o mix de força e simplicidade, Luca é a variante italiana do nome latino Lucas e também se refere aos nascidos na região da Lucânia. Inspirando positividade, a nomenclatura quer dizer “aquele que traz luz”, “luminoso” ou “brilhante”, além de designar um dos apóstolos de Jesus Cristo, autor de um dos quatro evangelhos encontrados no Novo Testamento.

3. Isabel

View this post on Instagram

A post shared by Talita Younan (@talitayounann)

Bem no comecinho de 2021, a atriz Talita Younan recebeu a primeira filha, Isabel. A pequena capricorniana tem esse nome delicado que nunca sai de moda – e por sinal é um dos mais registrados na Espanha e também faz sucesso entre a realeza, por ser a versão popular de Elizabeth.

De origem hebraica, a escolha da artista quer dizer “prometida a Deus” e pode ser escrita com “z” ou então em sua forma abreviada “Isa”, considerando que as nomenclaturas que parecem apelido estão em alta. Há também outra definição para o termo, que se refere a uma pessoa “pura”, “casta” ou “aquela que cumpre as suas promessas”.

4. Rayan

View this post on Instagram

A post shared by Jiu-Jitsu. Brazil (@kyragracie)

Ainda falando sobre famosas que deram à luz nos primeiros dias do ano, temos a esportista Kyra Gracie, casada com o ator Malvino Salvador. O casal ganhou o terceiro filho, Rayan, em 8 de janeiro e a escolha mostrou que o gosto por nomes pouco comuns continua em alta (as outras filhas da família se chamam Ayra e Kyara).

Não se sabe com precisão o significado da nomenclatura, mas é possível que seja uma variação de Ryan. Neste caso, seu significado seria algo como “pequeno rei”, já que une a palavra , traduzida como “rei” e um sufixo que indica diminutivo. Existe ainda uma bela correspondência no árabe Rayyan, que remete às “portas do paraíso”. 

Continua após a publicidade

5. Lilibeth Diana

View this post on Instagram

A post shared by Misan Harriman (@misanharriman)

Príncipe Harry e Meghan Markle levaram a segunda gravidez de forma discreta, até que a assessoria do casal anunciou no início de junho a chegada da menina. Além dos detalhes técnicos sobre o nascimento do bebê, o documento oficial também veio para sanar a curiosidade dos fãs ao redor do mundo, revelando o nome escolhido para a pequena, Lilibeth Diana, e o seu significado.

“Lili se chama assim em homenagem à sua bisavó, Sua Majestade, a Rainha, cujo apelido familiar é Lilibeth. Seu segundo nome, Diana, foi escolhido em homenagem à sua amada avó, a Princesa de Gales”, explicou o comunicado.

E além da simbologia associada a pessoas importantes da família, os termos isolados também carregam lindas referências. De origem hebraica e raízes religiosas, Lilibeth significa “prometida a Deus” ou ainda “Deus é abundância”. Já Diana vem do latim e quer dizer “divina” ou “aquela que ilumina”.

6. Pedro e João

View this post on Instagram

A post shared by Andréia Sadi (@sadiandreia)

Não um, mas dois! Em 7 abril (por coincidência, o Dia do Jornalista), a jornalista Andréia Sadi deu à luz Pedro e João, frutos do relacionamento com o apresentador André Rizek. Os gêmeos receberam nomes mais tradicionais, que tiveram seu ápice de popularidade nos anos 2000, mas que ainda são favoritos entre os pais.

O primeiro, por exemplo, aparece na forma composta Pedro Henrique como o sexto mais escolhido para meninos na última década e deriva da expressão Pétros, que tem o sentido literal de “pedra” ou “rochedo” – mas que, metaforicamente, pode lembrar características de força e determinação para a criança.

Por outro lado, João tem origem hebraica e pode ser traduzido como “Deus é misericordioso” ou “agraciado por Deus”. Ambos possuem correspondência na Bíblia, como nomes de apóstolos de Jesus Cristo.

7. Manuel

View this post on Instagram

A post shared by Karol Pinheiro (@karolpinheiro)

Mais um clássico que soa antiguinho, mas que vem voltando a fazer sucesso, é Manuel. Ele foi a escolha da influenciadora e jornalista Karol Pinheiro para o primeiro filho e, dentre as justificativas para a decisão, a mãe citou o fato do nome ser livre de pressões de gênero, já que o apelido Manu funciona tanto para meninas quanto para meninos.

Ao consultar a origem do termo, é possível encontrá-lo como uma variação de Emanuel, que vem do hebraico e significa “Deus está conosco”. A nomenclatura é bastante presente em solos portugueses, e há ainda uma correspondência do apelido em indiano, sendo Manu como os hindus chamam o progenitor dos humanos.

8. August

View this post on Instagram

A post shared by Mandy Moore (@mandymooremm)

Se os pais procuram registrar o pequeno com um nome charmoso e de pronúncia internacional, a escolha da atriz Mandy Moore pode servir de inspiração! A norte-americana deu à luz em fevereiro, aos 36 anos, e logo revelou que o bebê se chamaria August (com o fofo apelido de “Gus”).

Aqui no Brasil, a variação “Augusto” é mais encontrada, mas em ambos os casos o significado é o mesmo: “consagrado”, “sublime”, “elevado” e até mesmo “extraordinário”. Quantas qualidades positivas, né?

9. Mae James

View this post on Instagram

A post shared by Hilary Duff (@hilaryduff)

Talvez o nome mais diferente da lista, Mae James é como a atriz Hilary Duff registrou sua terceira filha. A pequena veio ao mundo através de um parto domiciliar – que rendeu lindos cliques, por sinal – e recentemente a mãe compartilhou detalhes sobre a experiência de dar à luz em casa, além de falar sobre a importância de ter pessoas de confiança por perto durante o processo.

O composto escolhido para a menina possui algumas possibilidades de tradução. Mae pode ser definido como “pérola”, quando buscado no dicionário inglês, ou então fazer correspondência ao mês de maio; enquanto que James é a forma anglo-escocesa para Tiago ou Jaime, que deriva de Jacó e quer dizer “calcanhar de Deus”.

Continua após a publicidade

Publicidade