Aborto espontâneo: noiva de Lucas Lucco perde bebê de 10 semanas

O casal está junto desde 2013 e esperava o primeiro filho.

Lucas Lucco, que ainda não havia falado publicamente sobre a gravidez de sua noiva, fez um triste anúncio na quinta-feira (3). Por meio de uma postagem no Instagram, o cantor revelou que Lorena Carvalho sofreu um aborto espontâneo na décima semana de gestação.

“Nosso querido filhinho permaneceu conosco durante dez semanas. Ouvimos o coraçãozinho e isso nos encheu de alegria. Mas, pela vontade de Deus, hoje não ouvimos mais o seus batimentos”, disse ele. 

A linda declaração do cantor ainda contou com um agradecimento especial à esposa. “Te amo e te admiro muito. Estamos juntos, no aguardo dos próximos dias perfeitos”, postou. 

Veja também

Vários famosos amigos de Lucas demonstraram apoio nos comentários. “Que Nosso Deus de bondade conforte esses corações ❤️ to aqui companheiro! Mandando energia boa!”, escreveu o cantor Luan Santana

A artista sertaneja Thaeme, que também sofreu um aborto em março de 2018, foi outra personalidade que deu suporte ao cantor. “😢Lucas! Conheço bem essa dor! Qualquer coisa estou aqui! Tudo vai ficar bem! Logo o arco-íris vai chegar! ❤️🙏🏻”, comentou.

O casal se conheceu no Festival de Caldas Country e estão juntos há 6 anos. O pedido de casamento foi uma surpresa de Lucas no final de agosto, durante um jantar em Uberlândia.

Lorena também se pronunciou, de forma mais singela. A noiva postou o desenho de uma mulher segurando no colo um pequeno anjo. Mãe de anjo”, escreveu na legenda. 

Veja também

View this post on Instagram

Mãe de anjo. 💔

A post shared by Lorena Carvalho (@lorenacarvalhod) on

Entenda o aborto espontâneo

O aborto espontâneo, quando a gravidez é interrompida naturalmente até a 22a semana, é mais comum do que parece. Cerca de 15% das primeiras gestações não se desenvolvem até o final e geralmente a perda acontece nos três primeiros meses da gravidez, período em que Lorena se encontrava. 

Diversos fatores podem estar por trás de uma perda gestacional. O principal são problemas genéticos que se dão no momento em que o embrião está se formando. Esta causa está associada a 70% das gestações e ocorre, em geral, ainda no primeiro trimestre.

Já abortos ocorridos após este período costumam estar ligados a outras complicações. Entre elas estão problemas no útero, como as más-formações, além de diabetes, doenças autoimunes, trombofilia, problemas de tireoide e hábitos como o tabagismo e consumo excessivo de álcool. 

E futuras mamães precisam ficar atentas quando o episódio se repete mais de duas vezes. Neste caso, é preciso pesquisar se existem outros fatores causando o problema.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s