13 nomes delicados que parecem apelido

Dora, Theo, Ceci... Eles geralmente são usados como diminutivo de outros nomes, mas ficam ainda mais autênticos e charmosos na versão curtinha!

Você já reparou que os nomes curtinhos estão em alta? Cada vez mais pessoas batizam seus pequenos com termos que não passam de duas sílabas e que trazem significados belíssimos – como Noah, Zoe e outros que foram apostas para 2020.

Agora, se a ideia é unir a tendência com palavras que tenham pronúncia fácil e carinhosa, uma ideia é optar pelos nomes que parecem apelidos. Eles geralmente são usados como diminutivos carinhosos de outros nomes, mas nada impede que ganhem o seu próprio lugarzinho na certidão de nascimento da criança. Procuram inspirações autênticas e delicadas, papais? Então não deixem de conferir nossa seleção!

Theo

Os Theodoros que nos perdoem, mas a versão Theo tem nosso coração todinho! ❤️  De origem grega, o nome surge a partir de “théos”, cujo sentido literal é “deus”. Antes usado para designar muitas das divindades da Grécia, ele ampliou o seu significado com a chegada do cristianismo.

2. Malu

Apesar de curtinho e fofo, esta opção traz significados bastante emblemáticos. Se considerarmos que o termo deriva de Maria Luíza, encontramos algo como “mulher guerreira soberana”, já se consultarmos a origem latina de Maria Lúcia – nome no qual Malu também pode ter se baseado – nos deparamos com “luminosa” ou “brilhante”. Uma curiosidade: existem menos de 3000 pessoas no Brasil registradas simplesmente como “Malu”.

3. Leo

Diminutivo de nomes como Leonardo, Leocádia ou Leonel, a verdade é que seus significados vem do mesmo termo latim “leo”, que carrega o sentido literal de “leão”. Por associação, ele traz também as qualidades de valentia e coragem para a certidão de nascimento do pequeno. Forte, né? Deve ser por isso que Leo foi o escolhido para o primeiro filho da cantora Marília Mendonça.

4. Duda

Unissex e moderno, Duda pode derivar tanto de Eduarda quanto de Eduardo – este último foi encontrado pela primeira vez na Inglaterra no século IX e depois se tornou frequente entre os membros da realeza. O nome surge de uma palavra germânica, cuja tradução quer dizer “pequena(o) guardiã(o) das riquezas”.

5. Nick

“Vitorioso”, “vencedor do povo” ou “o que conduz o povo à vitória”. Querem mais significados gloriosos ou já está bom? 😅  Todos eles são compartilhados também com o nome Nicolas ou Nicholas que, por sua vez, é a versão inglesa de Nicolau e tem sua própria data comemorativa, festejada em 6 de dezembro. Como se não bastasse, o nome é bastante famoso nos países nórdicos e inclusive deu origem a Santa Claus, o conhecido Papai Noel.

6. Bella

Nem Isabella e nem Elizabeth. Todo fã do universo Disney tem um carinho especial por este nome! É assim que se chama a princesa inteligente e elegante que protagoniza “A Bela e a Fera” e que ensina às crianças sobre amar sem levar em conta aparências. Além do seu significado derivado do filme, o termo de origem hebraica também pode fazer referência a uma pessoa pura e formosa.

7. Henry

Um dos nomes mais apreciados pela realeza, ele pode ser apelido para Henrique e já batizou sete reis germânicos, quatro reis franceses, e oito reis ingleses. Dá para acreditar? 😱  E por mera coincidência (ou nem tanto), o seu significado tem relação com a monarquia: “governante da casa” ou “príncipe do lar”. 

8. Ceci

As meninas que chamam Cecília podem já ter recebido Ceci como apelido carinhoso. Neste caso, o nome é proveniente do latim e usado pelos antigos para se referirem a pessoas extremamente sábias que, na falta da visão, desenvolviam um conhecimento mais profundo sobre o mundo. Já o curtinho Ceci, exalta as raízes nacionais, já que tem uma origem própria derivada do tupi e que significa “mãe do pranto”.

9. Guto

Embora não seja muito comum, Guto tem pronúncia marcante e é forte candidato a conquistar os pais, principalmente os mais religiosos! Isso porque ele pode significar “sagrado” quando associado ao nome Augusto ou então designar um menino “protegido por Deus”, se derivado do germânico Gustavo.

10. Mel

Melina? Melissa? Não, só Mel mesmo 😜 . Autoexplicativo, o nome carrega consigo características de doçura e suavidade, que aparecem tanto em sua origem latina quanto grega. E olha que curioso: além de ser bastante registrado no Brasil e nos Estados Unidos, o curtinho tem maior incidência em países do sudeste asiático, como Camboja.

Veja também

11. Ben

Muitas vezes usado como abreviação de Benjamin ou Benedito, Ben vem fazendo sucesso entre as famílias moderninhas – tanto nos países de língua inglesa quanto no Brasil! De acordo com os estudiosos, sua origem deriva do hebraico “ben”, que significa literalmente “filho”. Antigamente, o termo era usado como nome do meio, indicando a descendência que pertencia a pessoa.

12. Dora

Aventureira ou não, Dora é uma opção queridinha e com significado belíssimo! Sua origem é grega e quer dizer “presente” ou “dádiva”. Além dele, existe uma série de nomes gregos que surgiram ainda na Antiguidade também derivados da expressão “doron”, com o sentido de “dom”.

13. Tom

Tom é sempre uma boa escolha! De origem aramaica, ele quer dizer “gêmeo” e apareceu no Antigo Testamento da Bíblia sob a forma de Tomé, discípulo de Jesus Cristo. Apesar de não ser tão frequente no Brasil, o nome aumentou os seus registros a partir dos anos 2000 e é inclusive adotado por várias personalidades conhecidas no mundo, como o ator norte-americano premiadíssimo Tom Hanks e no Brasil, Tom Jobim – que nasceu Antônio Carlos, mas que ficou imortalizado pelo seu apelido.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.