12 nomes de bebês delicados e apaixonantes que significam amor

Das opções clássicas às internacionais e mais moderninhas: nossa seleção deve deixar a certidão de nascimento do pequeno cheia de afeto!

Por Flávia Antunes 2 ago 2021, 17h33

Quer seja por orações, simpatias ou apenas mentalizações positivas, existem vários jeitos da família tentar transmitir boas vibrações para a criança que está por vir. Outra forma – esta ainda mais concreta – é por meio da certidão de nascimento, escolhendo um nome que traduza aquilo que os pais desejam para o bebê.

Há os que denotam paz e tranquilidade, os que simbolizam proteção, aqueles cheios de alegria e sentimentos positivos, e por aí vai. Mas se a ideia é lembrar ao filho o quanto ele é amado e registrá-lo com dose extra de afeto, uma opção interessante são as nomenclaturas que significam amor.

Temos aqui desde termos mais clássicos, até outros que estão bombando pelo mundo e algumas apostas que prometem fazer sucesso logo, logo. Abra já o bloco de notas e anote o item que fizer seu ❤ bater mais forte!

1. Milena 

De pronúncia bonita, Milena é um daqueles nomes com várias possibilidades de origens – e todas elas refletem atributos positivos! O nome pode ter vindo do povo eslavo, traduzido como “amável”, “querida” ou “amorosa”, mas há também estudiosos que consideram o termo como resultado da união de Maria e Helena.

Neste caso, a combinação formaria algo como “senhora soberana reluzente”. Que tal?

2. Benjamin 

Os nomes com cara de mais antiguinhos estão em alta! Esse é o caso de Benjamin que quer dizer “o filho predileto” ou “o bem amado”, já que de acordo com a Bíblia, ele foi o décimo-segundo filho de Jacó, o último e mais querido de uma série de irmãos.

Para os pais que preferem opções mais curtas – e que soam como apelido – podem também registrar o pequeno como Ben, que vem fazendo sucesso no Brasil e em países de língua inglesa.

3. Amanda 

“Que nasceu para ser amada”. Tem significado mais especial e que reflete melhor o desejo da família para a criança que está por vir? Amanda vem do latim Amandu que, por sua vez, deriva do verbo amare, associado aos atributos de amor e cuidado. Os primeiros registros da nomenclatura aconteceram na Inglaterra no século 13, quando foi usado para nomear personagens de diversos poetas e escritores.

4. Davi 

Não é à toa que Davi foi o terceiro nome mais escolhido para meninos na última década! De origem hebraica, o termo de poucas sílabas significa “o amado”, “querido” ou “predileto” e também aparece em outros idiomas como David.

E por conta da sua presença bíblica, a nomenclatura se expandiu pelo mundo todo. No Antigo Testamento, Davi ficou conhecido como o rei de Israel que venceu o gigante Golias com apenas cinco pedras nas mãos. Tal ato heróico fez com que o termo fosse ainda associado a valores de coragem e valentia.

Continua após a publicidade
  • 5. Mina 

    Também na onda dos nomes que parecem apelido, temos Mina. Para alguns, ele é o diminutivo de Guilhermina, palavra germânica para “protetora decidida”, mas também pode significar “amor” ou, se considerarmos sua correspondência japonesa, encontramos a simbologia de “bela maçã vermelha”.

    6. Erasmo 

    Combinar uma pronúncia mais séria e forte com um significado delicado é possível, como nos mostra este item da lista! Erasmo vem da palavra grega erasmós, que quer dizer “o que gera o amor”, “amável ou amoroso”, e surgiu pela primeira vez na Idade Média em território inglês, onde era encontrado Erasmus.

    7. Aimée

    Se a ideia é registrar a filha de forma autêntica e com correspondência internacional, temos aqui uma ótima candidata! O nome pode ser escrito como Aimê – como é pronunciado em português – ou então como Aimée, seguindo a grafia francesa de onde a palavra é originada.

    Em todo o caso, a nomenclatura significa “a amada” e, curiosamente, é a versão usada na França para o inglês Amy, que se popularizou quando revivido no século 14.

    8. Tadeu 

    Derivado do hebraico, o nome denota “o que é íntimo, que vem do seio”, ou, ainda uma pessoa amorosa. Aqui no Brasil, ele ganhou notoriedade na figura do jornalista carismático Tadeu Schmidt, que comanda o “Fantástico”.

  • 9. Ludmila

    Falando em personalidades famosas… Ludmila é não apenas o nome da cantora dona de hits de sucesso como também da jogadora de futebol que já estreiou nas Olimpíadas marcando gol para a seleção brasileira.

    E não é que a tradução da nomenclatura combina com o papel dessas mulheres icônicas? O termo de origem eslava remonta a alguém que é amada ou querida pelo povo, além de aparecer nos primórdios da humanidade como Santa Ludmila, uma princesa dedicada ao cristianismo e que sofreu perseguições na época.

    10. Hugo

    Hugo apareceu como tendência na Alemanha nos últimos meses e sua tradução tem tudo a ver com o simbolismo de amor. Isso porque o nome provém do germânico hug, que quer dizer “coração”, no sentido de ser sede de ideias, do espírito e da mente. Há ainda estudiosos que o traduzem como “pensador” ou “inteligente”, então já prevemos uma criança bem espertinha por aí!

    11. Mabel 

    Diferente e fofo, Mabel é perfeito para os pais que querem fugir do comum e encher a certidão de nascimento com boas doses de afeto. Sua origem está no latim Amabilis, que quer dizer literalmente “amável, amorosa”, mas depois passou a ser bastante utilizado também no idioma inglês.

    12. Eros

    Se a família é ligada nos simbolismos da mitologia, devem conhecer Eros, o deus grego do amor. Filho de Afrodite e Ares, ele costuma ser representado armado com flechas capazes de provocar paixão em quem fosse acertado por elas, e sua versão romana é justamente o Cupido, o que faz com que seja associado a “amar” ou “desejar”.

    (E se você não curtiu nenhuma destas sugestões, confira nossa ferramenta de nomes de bebês. O do seu filho vai estar lá! 😉)

    Continua após a publicidade
    Publicidade