9 nomes genuínos que significam liberdade e independência

Vem bebê por aí? Confira inspirações brasileiras e internacionais associadas a pessoas abertas e dispostas a lutar pelo que acreditam.

Por Flávia Antunes 16 ago 2021, 16h22

Como pais, o que mais desejamos ao pequeno é que venha ao mundo com saúde e tenha uma vida repleta de felicidade. Mas claro que se pudéssemos adicionar outras qualidades à lista, não hesitaríamos em transmitir a ele muita paz e tranquilidade e coragem para que lute pelo que acredita.

E se a ideia for colocar no papel todos esses votos, a certidão de nascimento do bebê pode ser uma boa aliada! Que tal, por exemplo, registrá-lo com nomes que significam liberdade e independência, para que venha ao mundo cheio de iniciativa e aberto para pensar de forma diferente? Afinal, só queremos que eles sejam livres para serem o que desejarem ser!

Selecionamos aqui 9 nomes que trazem essas simbologias em suas traduções. A lista está cheia de opções internacionais e de nomenclaturas que lembram figuras importantes da História, para deixar a escolha ainda mais especial!

1. Malcolm 

Um pouquinho diferente, mas cheio de significado, Malcolm deriva do nome escocês Máel Coluim que remete à “discípulo de São Columba”. Columba, por sua vez, é o latim para “pomba”, ave que carrega a simbologia da paz e da liberdade.

E o significado de alguém independente e que luta por emancipação fica ainda mais nítido ao lembrarmos da figura de Malcolm X, um dos mais importantes defensores dos direitos dos afro-americanos nos Estados Unidos e figura que marcou as décadas de 50 e 60.

2. Carolina 

Carolina, Caroline ou então Carlos para os meninos. Ambos os nomes marcantes têm origem na mesma palavra germânica Karl, que simboliza uma pessoa independente e forte ou então alguém nascido no campo ou na fazenda.

Bastante popular no Brasil, a nomenclatura tem como representante emblemática a autora Carolina de Jesus, famosa pelo romance “Quarto de Despejo”. Uma ótima opção para os pais amantes de literatura!

3. Charlotte 

Que tal batizar a pequena com um nome digno de realeza? Charlotte é como se chama a princesa britânica filha do meio do príncipe William e inclusive está na lista dos 20 mais populares do Reino Unido.

De origem francesa, o termo pode tanto remeter a uma mulher livre quanto ao atributo de delicadeza e, para os pais que aguardam um menino, um correspondente igualmente fofo seria “Charlie”.

Continua após a publicidade

4. Francisca 

Alguns nomes são mais encontrados na versão masculina, mas ganham potência e autenticidade quando transformamos no feminino. Francisca, por exemplo, apareceu pela primeira vez na Inglaterra do século 13 na forma de Francesca, mas seu significado aponta para outra nacionalidade – quase literal, o termo quer dizer “francesa livre” ou nascida na França.

5. April 

Entrando no campo das nomenclaturas internacionais, temos April, palavra inglesa que quer dizer “abril”, referindo-se ao quarto mês do ano. Ao explorar mais a fundo, porém, é possível encontrar outra correspondência no latim aperire, que significa “abrir” e que denota a abertura das flores no hemisfério norte. Metaforicamente, a tradução pode simbolizar uma pessoa livre e aberta a novas experiências.

6. Brady 

Ainda na categoria das pronúncias de outras nacionalidades, temos Brady, nome que ganhou mais fama por conta de Tom Brady, um dos maiores jogadores de futebol americano de todos os tempos e marido da modelo Gisele Bündchen.

O nome possui origem irlandesa e vem do gaélico Brádaigh, termo que remete a uma pessoa de “peito aberto”. Como no caso do atleta, ele também é bastante encontrado como sobrenome, sendo associado a alguém espirituoso e livre.

7. Frida

“A pacífica” e “aquela que traz paz”. Apesar do nome germânico ser associado a características de tranquilidade, é impossível não associá-lo aos feitos da pintora Frida Khalo, uma das precursoras do movimento feminista e símbolo de liberdade, que buscou em suas obras enaltecer a cultura de seu país, ao mesmo tempo em que lutava pelos direitos das mulheres. 

8. Fani

Curto em palavras, mas forte em significado, Fani entra na moda dos nomes com poucas sílabas e possui algumas possibilidades de origem. Alguns estudiosos apontam a palavra como um diminutivo de Stefanie ou de Francis (o que em português seria Stefanie e Francisca, respectivamente).

No primeiro caso, a tradução do termo grego seria algo como “coroada”, já a segunda nomenclatura, como já listamos aqui em cima, remete a uma pessoa livre de nacionalidade francesa.

9. Maverick

Bastante popular nos Estados Unidos e Canadá, Maverick significa “independente”, podendo também se referir a uma pessoa disruptiva, que tem autonomia e pensa diferente das demais. Aqui no país, é a alternativa perfeita para as famílias que querem registrar o filho de forma moderna e significativa.

(E se você não curtiu nenhuma destas sugestões, confira nossa ferramenta de nomes de bebês. O do seu filho vai estar lá! 😉)

Continua após a publicidade

Publicidade