9 maneiras de celebrar o Natal com os filhos em tempos de coronavírus

A pandemia não deve ser um problema na hora de comemorar o feriado com as crianças – veja ideias criativas para aproveitar o Natal com diversão e segurança.

Por Ketlyn Araujo 10 dez 2020, 18h36

Com os números de infecções e internações por Covid-19 subindo em todo o Brasil, muitas famílias terão um Natal diferente neste ano atípico. Em diversas casas, saem os almoços e jantares cheios de convidados, e entram ceias menores, apenas com os moradores daquela residência.

Os passeios para ver o Papai Noel em shoppings e outros centros comerciais ficam de fora do calendário, e são substituídos por encontros online com o bom velhinho, caminhadas ao ar livre ou programas de dentro do carro e, se você não abre mão de ver outros membros da família, a esta altura já deve saber que o uso de máscaras e álcool em gel, bem como o distanciamento, devem ser colocados em prática pelo bem de todos.

Mesmo assim, o Natal não precisa ser transformado em um empecilho por conta da pandemia. Há maneiras seguras, criativas e divertidas de aproveitar o feriado ao lado das crianças sem abrir mão da segurança e do espírito natalino. Reunimos as mais legais a seguir.

1. Tirem o dia para cozinhar receitas natalinas

Se você gosta de cozinhar, deixe que os pequenos te ajudem a colocar a mão na massa. São diversas as receitas típicas desta época do ano, que sempre podem ser adaptadas ao paladar das crianças. Você pode tanto chamá-las para auxiliar nos preparativos da ceia, quanto cozinhar doces e sobremesas, como um pavê, cookies e até os famosos biscoitos da Família Real britânica. Outra ideia é preparar os quitutes e enviar como presentes para amigos e familiares queridos.

  • 2. Façam cartões de Natal personalizados

    Para colocar a criatividade em prática e deixar que as crianças soltem a imaginação, vale fazer cartões de Natal personalizados com elas, e enviá-los para os colegas da escola, avós, tios, tias e outros familiares. Vocês podem tanto comprar cartões já prontos, criando juntos apenas as mensagens que estarão dentro deles, quanto fazer um cartão de Natal do zero: certifique-se de comprar envelopes, cartolinas, canetinhas coloridas, e deixar que os pequenos se divirtam.

  • 3. Organize uma chamada de vídeo com o Papai Noel

    Se os seus filhos estão na fase de acreditar e esperar pelo Papai Noel, vale explicar que neste ano o bom velhinho não poderá estar presente fisicamente nas comemorações, mas nem por isso ele precisa deixar de interagir com as crianças. Que tal convocar aquele parente que sempre faz as vezes de Papai Noel e promover uma chamada de vídeo para os pequenos? Gravar um vídeo e dar play à meia-noite do dia 24, neste mesmo esquema, também funciona!

  • 4. Decorem a casa juntos

    Mesmo se você já montou toda a decoração de Natal, nunca é tarde para criar enfeites feitos em casa junto com as crianças. Vocês podem fazer as próprias guirlandas, bolas para pendurar na árvore e gorrinhos de Papai Noel, por exemplo. Já se neste ano você se atrasou na hora de decorar o ambiente, melhor ainda: convoque os pequenos, monte a árvore da maneira que preferir e passe o dia enfeitando os cômodos com motivos natalinos. Não se esqueça de tirar muitas fotos para registrar o momento!

  • 5. Invista em uma maratona de filmes de Natal

    Netflix, Amazon Prime Video, Disney+… o que não falta hoje em dia são serviços de streaming cheios de opções de filmes natalinos para assistir com as crianças, mas a boa e velha TV aberta também costuma exibir opções interessantes entre os dias 24 e 25 de dezembro. Pois então, prepare a pipoca, o sofá e faça uma maratona de filmes de Natal com os pequenos: inclua na lista seus clássicos favoritos e, também, lançamentos da temporada.

    Continua após a publicidade
  • 6. Faça um karaokê de Natal

    Além de filmes natalinos, músicas inspiradas nesta época do ano também podem deixar o seu feriado com os filhos mais divertido. Crie uma playlist com os sucessos de Natal que vocês mais gostam e promova um karaokê em casa – com direito a pontuação e tudo!

  • 7. Troquem presentes virtualmente

    Para quem tem família grande, mas não vai poder se reunir com muita gente neste ano, uma ideia é fazer a tradicional troca de presentes ou amigo secreto de maneira virtual, por meio dos já populares aplicativos de chamada de vídeo e conversação.

    Para isso, deixe que as crianças te ajudem a escolher os presentes dos entes queridos, que deverão ser enviados para a casa daquela pessoa e abertos somente na virada do dia 24 para o 25. A brincadeira precisa ser bastante organizada e colaborativa para dar certo, então já comece a pensar na logística através do grupo da família no Whatsapp.

  • 8. Passeie de carro para ver as luzes de Natal da cidade

    Se você tem carro, leve as crianças para passear à noite e mostre a elas as decorações natalinas da cidade em que você mora. Avenidas famosas e mais movimentadas costumam exibir luzes e enfeites em destaque. Grandes parques também costumam ficar bastante decorados nesta época do ano, com as populares árvores de Natal em tamanhos grandes e ostensivos.

    Escolha horários tranquilos para evitar o estresse no trânsito e faça um tour pela sua região – você também poderá se surpreender com a beleza das decorações. E é claro que vale uma selfie de dentro do carro com as luzinhas ao fundo!

  • 9. Criem listas de agradecimento

    A pandemia do coronavírus marcou 2020 e fez deste ano um dos mais difíceis das últimas décadas e, mesmo que as crianças ainda não entendam muito bem o nosso cenário atual, sentar com elas para listar as pequenas alegrias do dia a dia e até motivos para sermos gratos pode ser um jeito de amenizar as dificuldades enfrentadas nos meses que se passaram.

    A ideia aqui é inspirada no Dia de Ação de Graças americano, no qual famílias se reúnem para celebrar e agradecer: basta chamar os pequenos e pensar em voz alta sobre tudo aquilo que faz você ser grato/a nesta vida.

    As listinhas podem até servir de decoração, sendo penduradas na árvore de Natal e guardadas para os próximos anos.

    Continua após a publicidade
    Publicidade