11 dicas para um Natal divertido (e menos estressante) em família

Pediatras dão orientações para manter a paz, evitar idas ao pronto-socorro e aproveitar atividades diferentes em família no fim do ano.

Por Chloé Pinheiro Atualizado em 11 dez 2019, 12h48 - Publicado em 11 dez 2019, 12h30

Natal é uma época agitada, marcada por encontros e festas. Tantos compromissos podem acabar virando fonte de tensão, especialmente para quem tem filhos pequenos e precisa, além de tudo, pensar nos presentes para eles, as outras crianças da família, planejar viagens e atividades para entreter a prole.

Pensando nisso, a Associação Americana de Pediatria lançou recentemente uma lista de dicas para um bom Natal em família. “É possível evitar o frenesi do final de ano e focar no que realmente importa”, comentou em texto à imprensa Benjamin Hoffman, do Departamento de Prevenção de Envenenamento, Violência e Lesões da entidade.

O médico destaca que o mais importante é reduzir o ritmo. Quando os pais desaceleram, ensinam aos filhos melhores maneiras de lidar com a excitação e o estresse e aproveitar tempo de qualidade juntos.

Veja a lista da entidade!

1. Mantenha a rotina

Sempre que possível, coloque a criança para dormir e dê comida no horário habitual. Isso ajuda a manter o bom-humor dos filhos e até mesmo previne crises de birra. Mas também não precisa fazer disso outro motivo de preocupação, afinal de contas você já está lidando com muitas outras demandas.

2. Cuide de você

Falando em muitas demandas, cuidar de você fisica e mentalmente é muito importante. Crianças são impactadas pelo estado emocional dos pais e cuidadores. Se você lida bem com o estresse, eles aprendem a fazer o mesmo.

  • 3. A pressão pelos presentes

    Ao invés de comprar itens caros para avós, tios e outros adultos especiais para os pequenos, que tal convidar o filho para fazer um presente especial para eles? Com certeza o resultado será muito mais significativo para o presenteado do que uma peça de roupa.

    4. Faça uma atividade voluntária com as crianças

    O Natal é uma ótima oportunidade para isso. São várias iniciativas, dos mutirões que cozinham a ceia para famílias em situação vulnerável às cartinhas do Papai Noel que estão no correio, passando pelas distribuições de brinquedos para as crianças de comunidades pobres.

    Continua após a publicidade

    5. Brinquedos devem ser seguros…

    Mais do que o preço ou a quantidade de tecnologia embutida no brinquedo, pense se ele é adequado para a idade e capacidade da criança. Cuidado com itens que contenham baterias pequenas e imãs, que podem ser engolidos por crianças pequenas e causar danos internos.

    6. … e não precisam ser eletrônicos

    Se quiser, pode. Mas, se você está pensando em dar um dispositivo como um tablet ou celular, pense no propósito do presente e planeje suas regras de uso. O excesso das telas eletrônicas pode ser prejudicial para a saúde da criança e para o relacionamento em família.

    7. Cozinhe junto!

    Cozinhar em família é uma maneira de aprofundar vínculos e oferece a sensação de desafio e dever cumprido aos mini chefs que auxiliam na tarefa. Siga as regras de higiene, mantenha itens quentes longe do alcance e dê para as crianças tarefas apropriadas para sua idade.

  • 8. Segurança nas decorações

    Cuidado com perigos de incêndio e queimadura. Nos Estados Unidos, a AAP chama a atenção para lareiras e aquecedores, pois Natal é época de inverno. No verão do Brasil há outro costume piromaníaco que pode ameaçar as crianças: os fogos de artifício. O país registra cinco mil internações por ano por conta de queima de fogos, sendo que 39% delas é de crianças e jovens.

    9. Cheque os locais que visitar

    Verifique se as casa de famílias e amigos que vocês visitarem são à prova de crianças. Basta dar uma olhada em armários abertos, bolsas, medicamentos e produtos de limpeza de fácil alcance e escadas.

  • 10. Atenção às sobras da festa

    Ao acordar mais cedo na manhã seguinte, uma criança pode engasgar com sobras de comida ou até entrar em contato com restos de bebida e objetos que podem machucá-la.

    11. Passe tempo junto

    Acima de tudo, aproveite os dias de folga para estar em família. Seja numa viagem ou em casa, jogando um jogo, lendo e conversando. Veja aqui algumas dicas de atividades para entreter os pequenos nas férias.

     Já conhece nosso podcast? Dá o play! 

    Continua após a publicidade
    Publicidade