10 filmes sobre relações entre mães e filhos para ver e se identificar

Em uma lista tão diversa quanto a maternidade real, reunimos boas recomendações para assistir, rir e se emocionar sozinho/a, com a sua mãe ou com os filhos.

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 8 Maio 2021, 11h31 - Publicado em 8 Maio 2021, 11h35

Quando nos faltam palavras, é mais fácil encontrar expressão e identificação através da arte, seja ela um livro que toca em alguma das nossas questões adormecidas, uma música que nos remete a momentos importantes, um seriado que desperta empatia ou um filme capaz de ficar na nossa cabeça por meses (ou até anos).

E por falar em filme, o cinema é mestre em explorar e traduzir histórias – baseadas ou não em fatos reais – que têm a maternidade como tema central. Assim como acontece com as séries de TV, são vários os filmes capazes de retratar, seja com bom humor, sensibilidade ou desconforto, relações entre mães e filhos em toda sua complexidade.

Nossa missão aqui é selecionar um menu bem gostosinho para te entreter. Entre opções da Disney (ótimas para ver com os pequenos), dramas emocionantes e comédias levinhas, reunimos 10 filmes ideais para se jogar no sofá neste Dia das Mães.

Para ver com os pequenos:

Valente (2012)

Há uma série de histórias da Disney que focam nas relações entre pais e filhos, como “O Rei Leão” e “Procurando Nemo”, mas esse não é o caso de Valente, a primeira animação da Pixar protagonizada por uma personagem feminina. O filme, em resumo, é sobre Mérida, a ‘valente’, e sua recusa em se casar por obrigação, mas no fundo é muito mais do que isso.

A história aborda o relacionamento um tanto quanto conturbado entre Mérida e Elinor, sua mãe, e fala sobre o que é preciso para valorizar o amor que uma tem pela outra, mesmo em meio às diferenças, além de nos lembrar que nossos filhos e filhas não são projeção dos nossos sonhos, são outros indivíduos com desejos e sonhos próprios.

Onde assistir: Disney+

(Se você ainda não tem a assinatura, faça agora!)

  • Malévola (2014)

    Como o título já adianta, ‘Malévola’ é sobre uma das maiores vilãs da Disney, originária da história da Bela Adormecida. Protagonizado por Angelina Jolie, o filme mostra que nem sempre Malévola foi, de fato, má, e explica os motivos que a fizeram mudar de comportamento.

    No fim das contas, a trama é também sobre um sentimento maternal e a cura dos conflitos por meio do amor.

    Onde Assistir: Disney+

  • Para dar boas risadas:

    Minha Mãe é uma Peça: O Filme (2013)

    Escrito, protagonizado e eternizado pelo ator Paulo Gustavo, ‘Minha Mãe é uma Peça’ é baseado na peça de teatro de mesmo nome, em cartaz nos teatros brasileiros durante muitos anos, sempre batendo recordes de público.

    O filme, um dos mais assistidos nos cinemas do Brasil, é uma comédia que, basicamente, aborda a relação entre a protagonista Dona Hermínia, uma dona de casa de meia idade, e seus filhos já adultos.

    Com humor escrachado, o longa conta com duas sequências é um retrato das mães superprotetoras – e icônicas – deste Brasil. E vale a pena rever para matar a saudade do querido Paulo Gustavo, que nos deixou em 2021, vítima da covid-19.

    Onde Assistir: Globoplay, Google Play Movies, Now Online, Telecine Play e Vivo Play

  • Perfeita é a mãe! (2016)

    Leve e ótimo para (des)ocupar a cabeça, ‘Perfeita é a mãe!’ é protagonizado por Mila Kunis, que faz o papel de Amy – uma jovem mãe que tenta não se sobrecarregar ao cuidar dos filhos, ser bem sucedida em um emprego que a explora e, de quebra, descobre uma traição do atual marido.

    A vida de Amy muda quando ela conhece Carla (Kathryn Hahn) e Kiki (Kristen Bell), outras mães em situação semelhante à sua. É a partir daí que as três passam a viver uma vida com mais liberdade e menos pautada pelo mito da perfeição materna.

    Onde Assistir: Amazon Prime Video, Google Play Movies e HBO GO

  • Mamma Mia! (2008)

    Um clássico divertido e cheio de músicas que grudam na cabeça – todas versões de hits do ABBA – ‘Mamma Mia!’ é o tipo de filme que deixa o coração quentinho.

    Continua após a publicidade

    A história, fruto da peça de teatro homônima, se passa na Grécia e é sobre Donna (Meryl Streep), proprietária de um hotel na região que prepara o casamento da filha Sophie (Amanda Seyfried). O que Donna não sabe, porém, é que Sophie está na missão de descobrir quem é seu verdadeiro pai, e resolve convidar os três possíveis “candidatos” para a festa. E se você gostar, ainda tem a continuação…

    Onde Assistir: Google Play Movies, Looke, Now Online

  • Para refletir:

    Tudo Sobre Minha Mãe (1999)

    Filme premiado do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, o longa lançado em 1999 aborda temas socialmente relevantes até hoje, como identidade sexual e a convivência com o vírus HIV. A história começa com a protagonista Manuela (Cecilia Roth) vendo o filho ser atropelado e morrer no dia do aniversário dele.

    Depois da tragédia, porém, Manuela decide ir ao encontro do pai do garoto, que vive em Barcelona, mas se conecta com outras mulheres ao longo do percurso, entre elas a freira Rosa, interpretada por Penélope Cruz, e a travesti Agrado (Antonia San Juan). Sensível, bonito e do tipo que faz pensar.

    Onde Assistir: Telecine play, Now online, Mubi, Google Play Movies

  • Que horas ela volta? (2015)

    Em uma atuação memorável de Regina Casé, o filme brasileiro dirigido por Anna Muylaert faz um recorte sobre a história da protagonista Val, uma empregada doméstica que se muda para São Paulo a fim de encontrar um novo emprego, deixando a filha Jéssica (Camila Márdila) em Pernambuco.

    Anos depois, Jéssica vai ao encontro da mãe, que passou a trabalhar por mais de uma década na casa de uma família de classe média alta paulistana, o que gera uma série de desconforto e conflitos entre patrões e empregados.

    Além de falar sobre a desigualdade de classes tão presente no Brasil, o filme é, também, sobre amor e cumplicidade entre uma mãe e uma filha.

    Onde assistir: Now Online, Telecine Play, Vivo Play

  • Lady Bird (2017)

    Dirigido por Greta Gerwig, ‘Lady Bird – A Hora de Voar’ é um filme sobre a passagem da adolescência para a vida adulta – e todos os conflitos envolvidos nessa fase. A protagonista da história é Christine, ou ‘Lady Bird’ (Saoirse Ronan), que ao longo do filme sofre por amadurecer enquanto lida com as expectativas próprias e da mãe, interpretada por Laurie Metcalf.

    A relação entre mãe e filha representada no longa gera identificação imediata: é imperfeita, cheia de rusgas e atritos e, no fim das contas, não nos permite escolher um lado: enquanto a garota quer sonhar alto, sua mãe insiste em protegê-la à sua maneira.

    Onde Assistir: Google Play Movies, Looke, Now Online

  • Para se emocionar:

    O quarto de Jack (2015)

    É em um quarto pequeno que Joy (Brie Larson) vive isolada com o filho Jack (Jacob Tremblay), e tenta a todo custo dar ao menino uma vida “normal”, na qual eles brincam, exploram a imaginação e aproveitam a companhia um do outro, mesmo em cativeiro. Ambos estão nessa situação por conta de um homem que estuprou Joy e a mantém presa desde então.

    As coisas mudam de figura quando Jack completa cinco anos e, então, Joy tenta fugir com o filho – ao passo em que rompe com o mundo particular dos dois e parte para os desafios da vida lá fora. Baseado em um livro de mesmo nome, o filme rendeu a Brie Larson um Oscar de Melhor Atriz.

    Onde Assistir: Google Play Movies, Netflix, Telecine Play e Vivo Play

  • Lion (2016)

    Do tipo que prende a atenção do começo ao fim, ‘Lion – Uma Jornada Para Casa’ mostra, em detalhes, a trajetória do jovem indiano Saroo (Dev Patel), que aos 25 anos e munido de coragem decide sair em busca de sua mãe biológica, da qual se lembra muito pouco ou quase nada.

    Emocionante, o filme retrata, também, o passado sofrido de Saroo, que se perdeu do irmão em uma estação de trem ainda criança, motivo pelo qual acaba se afastando da família de sangue e, após algum tempo, adotado por um casal de australianos.

    Onde Assistir: Amazon Prime Video, Google Play Movies, HBO GO

    Continua após a publicidade
    Publicidade