7 atividades para ajudar crianças que estão aprendendo um novo idioma

Aos poucos e com o uso de recursos que você provavelmente tem em casa, é mais do que possível auxiliar os pequenos a se familiarizarem com uma nova língua.

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 29 jul 2021, 18h49 - Publicado em 29 jul 2021, 18h41

Saber falar mais de um idioma é uma habilidade capaz de abrir portas no futuro não apenas profissionalmente, mas também na intenção de conhecer melhor sobre culturas, lugares e pessoas. Porém, embora o ensino de idiomas como inglês e espanhol faça parte do currículo obrigatório de várias escolas brasileiras, muitos pais e responsáveis, quando possível, optam também por matricular as crianças em cursos específicos de línguas.

Caso você não tenha condições de pagar por um curso de idiomas ou se você quer apenas que o filho saiba uma nova língua com recursos que vão muito além da teoria, vale dizer que existem inúmeras atividades capazes de serem feitas em casa para ajudar crianças que estão aprendendo – ou querem aprender – um novo idioma. Compilamos as mais interessantes delas!

1. Explore a literatura

É quase um mantra: nunca deve-se subestimar o poder da literatura infantil, ferramenta poderosa para ajudar crianças a lidarem com as próprias emoções, respeitarem as diferenças e, obviamente, aprenderem uma nova língua. Caso as crianças ainda não saibam ler, invista em livros infantis com histórias simples e fáceis de serem lidas por você em um idioma estrangeiro, narre os fatos em voz alta, faça perguntas sobre o enredo e faça da contação de histórias um hábito.

Já crianças maiores, em idade de alfabetização, podem ler os próprios livrinhos em inglês ou espanhol, por exemplo. É interessante escolher publicações que abordem aspectos culturais de outros países, como o Halloween, nos Estados Unidos, o Dia dos Mortos, no México, e por aí vai.

2. Recorra a animações, filmes infantis e séries de TV

Seja dentro dos serviços de streaming já conhecidos ou por meio de sites como o YouTube, é possível acessar filmes infantis, desenhos animados e séries de TV feitas para crianças em idiomas que vão além do português.

Caso a criança já saiba ler e tenha familiaridade com a língua em questão, você pode colocá-la para assistir produções com áudio e legendas no mesmo idioma, o que facilita a compreensão e pronúncia das palavras.

Já para os pequenos que estão começando um novo idioma, o melhor é dar play em desenhos estrangeiros focados na alfabetização, que geralmente usam de recursos como sons, cores e analogias para facilitar ainda mais o aprendizado, caso de “Dora, a aventureira”, por exemplo.

Uma terceira via é investir em programas em português mesmo, mas que são focados na aprendizagem de outras línguas, como videoaulas gratuitas variadas e as coleções criadas pela Disney para ensinar inglês.

3. Cante para e com as crianças

Uma das formais mais fáceis de memorizar palavras e pronúncias e, de quebra, aumentar o vocabulário em outro idioma é ouvindo música, prática que pode ser facilmente incorporada na rotina.

Que tal colocar a versão em inglês, por exemplo, de uma canção que ela já conheça em português? Ou quem sabe promover um dia de karaokê apenas com músicas estrangeiras ou ainda imprimir a tradução daquela música internacional da qual seu filho ou filha é particularmente fã e analisar a letra juntos?

Continua após a publicidade

4. Transforme o aprendizado em brincadeiras

Imagem de criança brincando com letras
Daniela Jovanovska-Hristovska/Getty Images

Não há maneira mais efetiva de fazer com que as crianças aprendam uma nova língua do que brincando, e os diferentes tipos de jogos em idiomas estrangeiros estão aí para isso. Você pode usar o tempo livre para explorar com os pequenos diferentes jogos de tabuleiro infantis em inglês, por exemplo, bem como procurar por aplicativos e brincadeiras online já especializados no desenvolvimento da leitura e fala em outra língua.

Opções que ensinam nomes de cores, de animais e de alimentos são ótima pedida para quem está começando, enquanto que aquelas que já contam com regras mais estabelecidas ajudam crianças maiores a memorizarem termos e ações complexos.

5. Coloque o novo idioma dentro da rotina

Esta dica é ótima para crianças que apresentam dificuldades na aprendizagem de um novo idioma já que, basicamente, coloca a teoria na prática.

Para inserir uma língua estrangeira dentro do dia a dia dos pequenos, basta usar atividades cotidianas a seu favor: você pode aproveitar o momento das refeições para revisar nomes e cores de alimentos, ensinar sobre peças de roupas e acessórios quando forem se vestir, cozinhar uma comidinha aconchegante usando uma receita fácil em inglês ou espanhol ou, quem sabe, fazer a lista do supermercado na nova língua e ir às compras junto de seu filho ou filha.

6. Viaje!

Sabemos que viajar para fora do Brasil ficou em segundo plano para muitas famílias por conta da pandemia. Porém, assim que as fronteiras abrirem e o seu orçamento permitir, fazer uma viagem internacional também vai ajudar crianças a terem um contato mais direto e palpável com uma língua estrangeira.

Na viagem, se possível, incentive que o pequeno interaja com crianças nativas, que aprenda palavras básicas como “por favor”, “com licença” e “obrigado” no idioma do país em questão, que leia placas, rótulos de alimentos e cardápios para que se familiarize com novos termos e, assim, tenha ainda mais vontade de desenvolver a fluência no idioma no futuro.

Já se uma viagem internacional for apenas um sonho distante, explore seu próprio país ou cidade com as crianças, e use os momentos de lazer como oportunidade para impulsionar o aprendizado do novo idioma. O contato com a natureza pode ser um bom pretexto para ensinar e aprender nomes de plantas e bichinhos em outra língua, por exemplo.

7. Incentive a conversação

Muitas vezes, para dominar uma língua diferente da qual fomos alfabetizados, é mais importante saber como se comunicar do que apenas escrever ou pronunciar palavras específicas, e a melhor forma de fazer isso é… tentando. O mesmo vale para as crianças, e é por isso que, caso você também domine a língua que ela está aprendendo, começar e incentivar diálogos costuma facilitar bastante o aprendizado, além de fazer com que ela perca a timidez quando, de fato, precisar se apresentar para um estrangeiro/a.

Assim, faça e responda perguntas usando a língua estrangeira, marque encontros (presenciais ou virtuais) com amiguinhos que também estão em processo de aprendizagem – se algum deles for um conhecido nativo, melhor ainda! -, estimule a criança a contar sobre o dia a dia dela sem ser em português e, mais importante, faça isso respeitando seus limites e vontades, sem cobranças ou expectativas exageradas.

Continua após a publicidade

Publicidade