6 coleções de livros infantis para conversar sobre emoções com seu filho

Estas sequências de títulos prometem ajudar os pequenos a lidarem com sentimentos profundos como raiva, medo, frustração e até mesmo solidão.

Por Alice Arnoldi Atualizado em 22 fev 2021, 17h22 - Publicado em 22 fev 2021, 17h05

Entre as tantas mudanças que a pandemia trouxe às famílias, olhar com atenção para o emocional dos filhos tornou-se uma ação essencial para entender como cada criança está lidando com a nova rotina estabelecida a partir das limitações causadas pela covid-19. Um dos recursos para este processo, além do diálogo honesto com os pequenos, é a busca por livros que tenham as emoções como temática principal.

Como explica Cláudia Onofre, consultora pedagógica da Dentro da História, o público infantil tende a se fechar em um universo particular diante de situações desafiadoras, como as mudanças repentinas trazidas pela pandemia. Sendo assim, as obras literárias surgem como caminhos para lidar com o que elas ainda não são capazes de entenderem por si só.

“Através das histórias, elas passam a entender e sentir de forma mais clara os próprios sentimentos e sua relação com o mundo, contribuindo também para que as crianças e suas famílias possam aprender juntas alternativas através das vivências e experiências apresentadas nos livros”, completa a especialista.

A cada narrativa, os responsáveis pela leitura podem buscar meios para que a história seja aproveitada ao máximo pelo pequeno, já que ela não acaba quando o livro é fechado. “As obras trazem personagens e enredos que, em sua maioria, despertam inquietação, imaginação e criatividade. Os pais devem apropriar-se deste momento de entrega, de acordo com o perfil de cada criança, perguntando o que ela mais gostou, o que faria de diferente, e se tem algo que a incomodou”, detalha Cláudia.

Para ajudá-los nesta jornada de qual escolher, separamos seis coleções de livros que trazem um sentimento diferente a cada título. Na hora de comprá-las, há a possibilidade de escolher uma obra por vez ou, se preferir, aproveitar o momento para colocar todas no mesmo carrinho e mergulhar nas emoções junto ao pequeno.

Boa leitura!

  • 1. Como Eu Me Sinto

    Junto com o título “Como eu me sinto… quando estou triste”, a coleção escrita pela terapeuta Cornelia Maude Spelman traz mais seis histórias que tratam de sentimentos que as crianças deparam-se ainda na primeira infância e tendem a ter dificuldade de reconhecê-los pela ausência de repertório para isso.

    Para mudar este cenário, as narrativas de Cornelia demonstram situações do dia a dia aos pequenos que podem acarretar em emoções ruins e que possivelmente eles já viveram. Por exemplo, na história da ratinha, ela explica que se sente triste quando é proibida de brincar, quando quer muito contar uma novidade, mas seus pais pedem para que ela esperar um pouquinho ou, até mesmo, quando perde um brinquedo muito querido.

    Ao ajudar as crianças a identificarem tais emoções a partir de circunstâncias do dia a dia, as histórias validam reações como o choro e o pedido de ajuda para um adulto a fim de que elas não se sintam mais de tal maneira. Mas sim, seguras. Importante, né?

    Preço: R$9,90

    2. Minhas Emoções – Dentro da História 

    Monstrinho-da-raiva
    Dentro da História/Divulgação

    Além dos animais, outra forma de conversar com as crianças sobre sentimentos é personificá-los em outros personagens. É o que faz a linha “Minhas Emoções”, do Dentro da História, ao trazer quatro emoções representadas por diferentes monstrinhos: a raiva, a tristeza, o medo e a felicidade.

    Nas narrativas de cada livro, os pequenos aprenderão quais são as situações que os levam a sentir determinada emoção e como ela pode ser positiva na dosagem certa. Com isso, trabalha-se desde cedo o equilíbrio dos sentimentos e os pequenos passam a conseguir nomeá-los conforme os conhecemos como adultos.

    Para o momento de leitura ficar ainda mais atrativo para as crianças, estas obras são customizáveis no site Dentro da História. Isso significa que você pode dar ao personagem principal o nome do seu filho (aparecendo na capa e dentro da própria narrativa) e criar um avatar com suas características para que ele sinta-se parte de toda a experiência. Clique aqui para saber mais sobre a iniciativa!

  • 3. Caixa Coleção Sentimentos e Emoções – James Misse

    Diferente das outras coleções citadas, as obras de James Misse vêm juntas em única embalagem, acompanhadas do bonequinho Edinelsinho, o protagonista das histórias. Curtinhas e fáceis de serem lidas para crianças menores, as narrativas falam sobre situações que podem parecer simplistas para os pais, mas que são as primeiras vivências capazes de trazer à tona sentimentos, como felicidade, tristeza, raiva e medo aos pequenos.

    Então, se você está procurando um livro para o seu filho encantar-se com as ilustras antes de dormir e ainda aprender uma mensagem importante, aqui estão eles!

    Continua após a publicidade

    Preço: R$60,68

    4. Quando me sinto – Tracey Moroney

    Formada por dez livros, a coleção escrita por Tracey Moroney trabalha um leque maior de sentimentos e que podem ser de mais difícil compreensão pelo público infantil pela linha tênue entre eles, como a diferença entre estar irritado e nervoso. Ou o que é esta emoção que nos deixa frustrado ao ver o outro ganhando algo em nosso lugar – chamada inveja – ou ainda o sentimento tão presente para as crianças durante a pandemia: o de solidão.

    Junto com as emoções trabalhadas na história conduzida por este coelhinho para lá de simpático, há também no final da obra anotações de uma psicóloga infantil destinadas aos pais sobre outras maneiras de lidar com sentimentos ao longo da rotina com os filhos.

    Preço: R$34,90

  • 5. Habilidades para a vida – Isabela Ferreira, Juliana Maltoni e Carmem Neulfeld

    Para ensinar às crianças sobre os sentimentos, entendemos que o processo torna-se mais fácil ao trazê-las para dentro das circunstâncias. Pensando nisso, na  coleção “Habilidades para a vida”, diferentes animais vão vivendo situações ao longo do dia e os pequenos precisam apontar quais são as emoções sentidas pelos bichinhos a partir das expressões que aparecem abaixo do desenho.

    Por exemplo, Joana, uma lontra divertida, tem a vida virada de ponta cabeça quando o pai arruma emprego em outra cidade e a família precisa se mudar. Confusa e com medo de perder os amigos, não se adaptar a nova escola e o que mais teria que deixar para trás, ela vive um turbilhão de emoções que permeia desde o choro até explosões de raiva.

    No caminhar da narrativa, os pequenos vão identificando os sentimentos de Joana. Mas o que fazer depois de reconhecê-los? Em cada obra, alguém próximo do personagem principal entra para ajudá-lo a administrar os sentimentos e tentar enxergar o outro lado da situação, missão conhecida também como a dos adultos em relação aos filhos.

    Preço: R$29

    6. Casa dos Sentimentos – Nana Toledo

    Livro Bateu a Saudade de Nana Toledo

    Na coleção formada por seis livros, Nana Toledo chega com a missão de ajudar os pais a ensinarem aos filhos sobre amor, medo, tristeza, gentileza, frustração e, como nesta obra que aparece acima, saudade.

    No título citado, a autora narra a história de uma garotinha que fica desolada ao ver seus pais partindo para uma viagem enquanto ela precisa ficar com os avós. Nos dias que se seguem, ela realiza cada tarefa rotineira cabisbaixa até que eles voltam.

    Neste momento, a pequena descobre que, assim como ela sentiu saudade dos pais, eles também haviam sentido sua falta – mostrando que sentimento não é só coisa de criança não, mas precisa começar a ser olhado com carinho e atenção desde cedo.

    Preço: R$24,03

    *A redação selecionou produtos em fevereiro de 2021 – preços sujeitos a alteração. Nós podemos receber uma comissão por compra realizada na Amazon.

    Continua após a publicidade
    Publicidade