9 dicas práticas para tornar a rotina com as crianças menos insana

A gente sabe que cada casa funciona de um jeito, mas é sempre válido usar de algumas táticas simples para organizar melhor o dia a dia com os pequenos.

Por Ketlyn Araujo 8 fev 2021, 12h45

Não há consenso sobre como se deve cuidar de crianças pequenas e, ainda, administrar a rotina de uma casa. Até porque, em um país diverso (e desigual) como o Brasil, são múltiplas as realidades e dificuldades de pais e mães na hora de dar conta do ambiente doméstico, do trabalho – seja ele presencial ou remoto -, das demandas da escola e dos cuidados com os filhos. Achar o equilíbrio antes da pandemia já era complexo, e depois de praticamente um ano algumas famílias ainda sentem dificuldade para lidar com certas mudanças.

Mas é preciso manter a calma e fazer o possível para não se deixar sobrecarregar com as obrigações cotidianas, ainda mais se estamos falando sobre pais e mães de primeira viagem. Tudo se aprende na prática, mas existem, sim, algumas táticas que podem ser implementadas de acordo com as suas necessidades e das crianças, a fim de tornar a semana menos caótica. Nossa intenção, aqui, não é exaltar o conceito de supermulheres e homens, mas sim sugerir algumas pequenas mudanças na organização do lar, permitindo adaptações de acordo com cada vivência. Topa?

  • 1. Faça listas

    Se você não se considera uma pessoa das mais organizadas, o primeiro passo para mudar isso é fazer listas, seja no papel ou no celular. Comece com o básico, como as compras do supermercado. Depois, passe para as tarefas do dia a dia, incluindo as relacionadas ao trabalho e domésticas. No âmbito pessoal, liste possíveis ligações que você precisa fazer naquele dia, contas para pagar, e-mails que precisam ser respondidos e outras metas que você quer cumprir. Em outra lista, anote as obrigações relacionadas às crianças, incluindo aquelas mais específicas.

    Pode ser que você não consiga completar todas as tarefas da sua lista de uma vez, viu? E tudo bem. O importante é fazer com que as obrigações não te atropelem, enxergando que cada “check” já é um avanço.

    E você sabia que as listas te ajudam a sobrecarregar menos a cabeça? Ficar repassando nossas tarefas mentalmente também cria exaustão, por isso o poder de ver os afazeres escritos nos livra de ter que “lembrar” de cada um.

  • 2. Prepare refeições que possam ser congeladas

    Se é você o/a responsável por cozinhar em casa, uma maneira de otimizar o tempo ao preparar as refeições é fazê-las no começo da semana, em maior quantidade, para que possam ser congeladas e reaproveitadas ao longo dos dias ou, dependendo do alimento, do mês.

    Outra dica, aqui, caso você e as crianças gostem de mais variedade, é dedicar alguns minutinhos do final de semana ou antes de ir ao mercado para pensar no cardápio dos próximos dias. Deixe refeições mais complicadas para os dias de maior tempo livre, e pense em receitas práticas para os mais corridos – na falta de ideias, dê uma olhadinha nas nossas sugestões ou busque familiares e amigos que gostam de cozinhar.

  • 3. Monte um esquema para lidar melhor com as tarefas domésticas

    Algumas tarefas domésticas (= lê-se, lavar pilhas de louças e roupas) parecem intermináveis. Uma sugestão para que você não deixe acumular tudo de uma vez é também criar uma rotina nesse sentido. Por mais que pareça chato e repetitivo, é muito mais prático, por exemplo, lavar a louça logo após cozinhar e fazer as refeições, você tendo uma lava-louças ou não. O mesmo vale para o momento de lavar as roupas, que pode ser feito semanalmente, no mesmo dia e horário. Acredite, o fim de semana vai parecer bem mais tranquilo caso você saiba que não precisa se preocupar com isso.

  • 4. Deixe tudo pronto para as aulas na noite anterior

    Se as crianças vão à escola presencialmente, ou se ainda estão em esquema remoto, não importa. Para que você não precise fazer nada com pressa durante a manhã, na noite anterior é válido separar o uniforme, checar a mochila e a lancheira, preparar os lanchinhos e dar uma olhada na lição de casa ou outras atividades. Fazer tudo correndo na hora da aula, por exemplo, aumenta a sensação de caos e de cansaço.

  • 5. Se possível, use a tecnologia a seu favor

    As vantagens de se ter filhos e viver em tempos modernos é usar a tecnologia a seu favor (quando se tem acesso a ela, lógico). O investimento é você quem escolhe: é possível apostar em um robô aspirador de pó para facilitar a faxina, em brinquedos, videogames e outros jogos eletrônicos (sempre se atentando ao tempo que os pequenos passam em frente às telas e usando os recursos de “controle dos pais” em cada app ou jogo), em aplicativos que funcionam como agendas, calendários e alarmes, e até em um assistente de voz, capaz de ligar ou desligar as luzes, responder perguntas, tocar música, fazer pedidos online, agendar compromissos e mais.

    Continua após a publicidade
  • 6. Use uma lousa ou quadro para organizar a rotina

    Assim como a tática de fazer listas, ter um quadro ou lousa dedicado à organização da casa pode te ajudar a deixar a rotina com as crianças menos atribulada. Ele pode funcionar como um calendário semanal, no qual você lista obrigações e compromissos, ou então servir para sinalizar como será feita a divisão de tarefas domésticas entre os familiares.

    View this post on Instagram

    A post shared by fatigatis (@fatigatis)

     

  • 7. Se organize para poder aproveitar um tempo de qualidade com os pequenos

    svetikd/Getty Images

    Reserve um tempinho do seu dia, por menor que seja, para aproveitar com os pequenos – sem se preocupar com as obrigações. Pode ser lendo uma história para eles antes de colocá-los para dormir, brincando um pouco no horário de almoço, fazendo alguma atividade que eles gostem ao chegar do trabalho, ou usando os fins de semana para priorizar o lazer.

     

     

  • 8. Separe as obrigações entre manhã e noite

    Ainda sobre rotina, é importante que quem tem criança pequena em casa tente dividir bem as obrigações entre aquelas que são prioridade na manhã/tarde e as que podem ser feitas durante a noite, principalmente se você possui um trabalho formal. Provavelmente vão existir dias nos quais as prioridades vão acabar mudando e se misturando, mas vale usar esse recurso a fim de manter um fluxo mais tranquilo por mais tempo.

  • 9. Tire um tempo para si

    Ninguém consegue manter uma casa funcionando sem que haja descanso e distrações, ou seja, você também merece tirar um tempo para si. Isso pode ser feito de diversas formas, mas as melhores são atividades e recursos que te fazem se conectar com seu eu.

    Pode ser que você passe a se conhecer melhor através da terapia, de uma atividade física, ao descobrir um novo hobby, da leitura de algum livro… O importante é que você também se coloque na lista de prioridades da semana – e da vida.

    Continua após a publicidade
    Publicidade