7 séries com bons exemplos de paternidade para ver neste Dia dos Pais

Veja uma seleção de séries das principais plataformas de streaming com pais inesquecíveis e que fogem dos estereótipos. Qual a sua preferida?

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 5 ago 2021, 15h29 - Publicado em 7 ago 2021, 10h00

Por definição, e de acordo com um estudo científico publicado em 2020, o termo masculinidade tóxica remete a um conjunto de estereótipos negativos que giram em torno da masculinidade. Entre eles, está a ideia de que homens não choram, precisam utilizar de força para enfrentar seus problemas, não precisam de ajuda psicológica ou terapêutica e, mais ainda, têm respaldo para usar essa noção de “poder” em benefício próprio, explorando mulheres. Quando não trabalhada, a masculinidade tóxica pode ser bastante prejudicial para homens ao longo da vida.

Felizmente, e mesmo que aos poucos, a sociedade está em transformação, e não é de hoje que encontramos bons exemplos de homens capazes de discutir os padrões de masculinidade em programas e séries de TV, muitas vezes com bom humor e sensibilidade.

Para comemorar o Dia dos Pais e celebrar os diferentes tipos de paternidade que existem por aí, selecionamos boas séries da Netflix, Amazon Prime Video e HBO Max que contam com exemplos de pais tão imperfeitos, divertidos e complexos quanto o seu ou o do seu filho!

Todo Mundo Odeia o Chris

Livremente inspirada na vida e infância do comediante norte-americano Chris Rock, “Todo Mundo Odeia o Chris” se passa na década de 80 foi exibida na TV entre os anos de 2005 e 2009. Por gerar identificação com muitas famílias brasileiras, se tornou um dos sitcoms mais amados até hoje – e muito reprisado.

Além de muita crítica social por trás das piadas, a série também aborda as relações entre pais e filhos, sendo Julius (Terry Crews), o pai do Chris, um dos personagens de mais destaque na trama.

Julius, que insiste em dizer que tem dois empregos e fala o tempo todo sobre dinheiro é, no fim das contas, um pai protetor que se preocupa com a possibilidade de um futuro melhor para os filhos, não deixando faltar nada em casa. Simpático, meio atrapalhado e apaixonado pela esposa, o personagem é responsável por quebrar aquela imagem tão forte e presente na nossa sociedade de um pai durão e violento.

Onde assistir: Amazon Prime Video

This is Us

Bem resumidamente, ‘This us Us’ é uma série sobre família, e é claro, que os múltiplos aspectos da paternidade não seriam deixados de fora das narrativas que compõem o drama. O personagem Jack Pearson (Milo Ventimiglia), ao mesmo tempo em que representa um elo inquebrável entre os três filhos, Randall, Kate e Kevin, é também um dos pais mais admiráveis da TV.

Além de explorar a complexidade em Jack, que apesar de modelo de paternidade também tem suas questões, erros e acertos, a série traz outros exemplos do que é ser pai, seja nesta ou em antigas gerações, pelos olhos e vivências dos personagens Randall, Toby, William, Kevin e Miguel. Mais do que isso, faz com que a gente enxergue as relações entre pais e filhos (as) de maneira mais humana e gentil.

Onde Assistir: Amazon Prime Video

Queer Eye

Apesar de não ser uma série sobre paternidade, o reality show Queer Eye aborda, em vários de seus episódios, maneiras de falar sobre a questão da masculinidade tóxica, presente em diversas relações entre pais e filhos dos participantes auxiliados pelo time de apresentadores.

O programa, para quem não conhece, traz pessoas “de verdade” – em sua maioria homens heterossexuais (muitos deles pais de família) – que não vivem seu melhor momento e precisam de ajuda, promovida pelo talento conjunto dos ‘Fab Five’: Jonathan Van Ness (responsável por cuidados com o cabelo e estética), Antoni Porowski (expert em gastronomia), Tan France (consultor de moda), Karamo Brown (que transforma vivências com base na cultura e no estilo de vida) e Bobby Berk (especialista em casa e decoração).

Muitos pais podem se enxergar nas histórias dos homens ali retratadas e perceber onde suas vidas também precisam de um “ajustezinho”.

Onde assistir: Netflix

Continua após a publicidade

Modern Family

Exibida entre os anos de 2009 a 2020, com 11 temporadas completas, ‘Modern Family’ é outro sitcom com temática familiar que traz importantes figuras paternas para dentro da trama.

A história tem como pano de fundo três diferentes famílias, todas elas tendo o personagem Jay Pritchett (Ed O’Neill) como elo comum. Jay, pai de Mitchell e Claire, está em seu segundo casamento e tenta, a todo custo, fazer com que a atual esposa Gloria e o enteado Manny, se entendam com os demais membros da família. Entre os diferentes aspectos da paternidade abordados em ‘Modern Family’, estão o casamento homoafetivo, o processo de adoção e as dificuldades do divórcio.

Onde assistir: Netflix

Um Maluco no Pedaço

‘Um Maluco no Pedaço’, a série de comédia que tornou o ator Will Smith conhecido e o levou para o sucesso, foi originalmente lançada em 1990 e conta com seis temporadas completas. Na trama, o jovem Will, muda-se da Filadélfia para morar com os tios, Phil e Vivian, em uma área luxuosa da Califórnia.

Ao longo da história, Tio Phil acaba virando um verdadeiro pai para Will, ao criá-lo e ajudá-lo nas mais diferentes situações – incluindo casos explícitos de racismo. Apesar das diferenças entre os dois personagens, que contribuíram para muitos dos momentos engraçados da série, Tio Phil nunca faltou com respeito ao conversar com seus filhos e sobrinho, muito pelo contrário, se mostrou como uma figura de conforto e respeito.

Onde assistir: HBO Max

Black-ish

Lançada em 2014 e seguindo a proposta das comédias americanas com temática social, ‘Black-ish’, de acordo com o spoiler que o nome dá, é sobre uma família negra de classe média-alta dos Estados Unidos, e tem como personagem central o executivo do ramo da publicidade Andre ‘Dre’ Johnson (Anthony Anderson).

Ao passo em que tenta criar os filhos em um bairro majoritariamente branco, Dre vai atrás de seu próprio senso de identidade cultural, mas tem de lidar, ao mesmo tempo, com os demais membros da família extensa e seus conflitos de opiniões e gerações.

Temas como o encarceramento em massa, violência policial e conversas sobre sexo com adolescentes estão presentes na série, de maneira leve e politizada.

Onde assistir: Amazon Prime Video

Brooklyn Nine-Nine

Outro exemplo de série divertida que não é bem sobre paternidade ou família, mas aborda esses temas – e as diferentes masculinidades não-tóxicas – de um jeito gostoso de assistir, Brooklyn Nine-Nine foi lançada em 2013 e tem como personagem principal o detetive Jake Peralta (Andy Samberg), que atua junto de seus colegas na fictícia 99ª Delegacia do Brooklyn, em Nova York.

A trajetória de Jake, porém, não é o motivo responsável por relacionarmos as temporadas de B99 com a temática do Dia dos Pais. Na verdade é principalmente para Charles Boyle, interpretado por Joe Lo Truglio, que queremos chamar atenção. Boyle, além de melhor amigo de peralta, após adotar o garotinho Nikolaj se torna um verdadeiro exemplo de pai, que faz de tudo para manter seu filho feliz e amado. Outro paizão da série é Terrence “Terry” Jeffords (Terry Crews), motivado diariamente no trabalho graças ao amor que sente pelas duas filhas.

Onde assistir: Netflix

Continua após a publicidade

Publicidade