Continua após publicidade

Chrissy Teigen desabafa sobre a dor de já fazer um ano que perdeu seu bebê

A modelo norte-americana escreveu sobre como as pessoas diziam que a situação estaria menos desafiadora a essa altura, mas não é assim que ela se sente.

Por Alice Arnoldi
29 set 2021, 11h31

Existe coragem na vulnerabilidade de dividir o que ainda é pouco falado, mas inerente ao ser humano como a dor profunda do luto. No dia 28 de setembro, quem trouxe o assunto à tona foi a modelo norte-americana Chrissy Teigen, quem usou o Instagram para fazer uma breve publicação sobre já fazer um ano que seu filho Jack morreu após o parto e a sensação de ainda estar devastada.

Publicidade

A legenda foi publicada em uma foto íntima da modelo abraçada com o marido John Legend, chorando, ainda no hospital durante o trabalho de parto do bebê. “Ao filho que quase tivemos: há um ano, você fez com que eu passasse pela maior dor que eu poderia imaginar para me mostrar que posso sobreviver a qualquer coisa, mesmo que eu não queira… Não pude cuidar de você, mas você veio e me ensinou a amar e cuidar de mim mesma, porque nossos corpos são preciosos e a vida é um milagre. Eles disseram que começaria a ficar mais fácil, mas ainda não começou. Da sua mãe e do seu pai, que vão amá-lo para sempre!”, desabafou Chrissy.

Publicidade
View this post on Instagram

A post shared by chrissy teigen (@chrissyteigen)

A dor da perda neonatal

No final de setembro de 2020, Chrissy estava internada recebendo bolsas de sangue após ter um sangramento significativo e sua placenta estar fraca. O objetivo era fortalecê-la, permitindo que o bebê continuasse imerso no líquido amniótico e se desenvolvesse como o esperado. Mas Jack acabou não resistindo e faleceu logo após nascer.

Publicidade
Continua após a publicidade

Na época, a modelo publicou uma imagem forte, sentada na beira da cama, chorando, e explicou ao público o que havia acontecendo. “Nós estamos chocados e imersos na dor profunda que você apenas ouve falar, que nunca sentimos antes. Nós não fomos capazes de estancar o sangramento e dar ao nosso bebê o que ele precisava, mesmo com bolsas e mais bolsas de transfusão de sangue. Não foi o suficiente”, desabafou.

No mesmo post, Chrissy também deixou uma mensagem difícil para o filho, mas carregada do amor e do carinho que o esperavam. “Eu sinto muito que seus primeiros momentos de vida tenham sido com tantas complicações, por não pudemos dar a casa que você precisava para sobreviver. Nós sempre o amaremos!”, desabafou a modelo.

Publicidade
View this post on Instagram

A post shared by chrissy teigen (@chrissyteigen)

A homenagem feita por John Legend

No dia 14 de outubro, o cantor John Legend foi convidado a participar da cerimônia Billboard Music Awards e, durante o evento, ele dedicou a música “Never Break” para a esposa. Já no Instagram, ele repostou a apresentação com uma tocante mensagem escrita para Chrissy.

Publicidade

“Eu amo tanto você e a nossa família. Nós experimentamos as subidas mais altas e as quedas mais baixas juntos. Ver você carregando nossos filhos foi tão comovente e honesto. Eu estou maravilhado com a força que você demostrou nos momentos mais desafiadores. Que presente maravilhoso é ser capaz de trazer vida ao mundo. Nós experimentamos o milagre, o poder e a alegria deste presente, mas agora estamos sentindo profundamente a sua inerente fragilidade”, escreveu o cantor.

Ele ainda explicou que a música trazida na apresentação foi inspirada na esperança que ele tem na jornada trilhada com a esposa há tantos anos. “Eu escrevi esta canção porque eu tenho fé que enquanto caminharmos nesta terra, nós vamos segurar as mãos um do outro ao passarmos por cada lágrima, subida e descida, por cada teste. Nós prometemos isso no nosso casamento há sete anos, e a cada desafio que enfrentamos, essa promessa se torna mais poderosa, mais resiliente. Nosso amor permanecerá. Nós nunca iremos quebrar”, lembrou John.

Publicidade

Veja a perfomance completa: 

View this post on Instagram

A post shared by John Legend (@johnlegend)

Publicidade
Publicidade