Receba newsletters grátis!

Faça o cadastro e receba por e-mail informações sobre sua gravidez e filhos

  • Gravidez
  • 1º ano
  • 2º ano
  • 3º ano
  • 4º ano
  • 5º ano
  • 6º ano

Navegue pela linha do tempo do seu filho

Saúde

Infecção urinária

Cida de Oliveira Atualizado em 02.12.2011
infecção urinária

Getty Images

Febre, dor abdominal, irritabilidade, falta de apetite....Esses podem ser sinais do problema

 

Se esses sintomas tão comuns a outros problemas estiverem associados à vontade de fazer xixi a toda hora, em pequenas quantidades – às vezes, até uns pinguinhos escuros e malcheirosos –, eles podem sinalizar um problema conhecido como infecção do trato urinário. Caso a criança também reclame de ardência ao urinar e de dores na região lombar, aí não resta dúvida de que o mal deu as caras.

 

A doença é causada por bactérias e afeta duas vezes mais as meninas do que os meninos. Isso porque a uretra das garotas, o canal por onde escoa o xixi, é menor do que a dos garotos e está situada a poucos centímetros da vagina e do ânus. Essa localização facilita a migração dos microorganismos que vivem ali rumo ao trato urinário. Quando os invasores chegam à bexiga, o resultado é a cistite – o tipo mais comum de infecção urinária. Se eles subirem até os rins, podem deflagrar um quadro ainda mais grave: a pielonefrite, que causa uma febre altíssima.

 

Para ter certeza do problema, o pediatra pode solicitar exames de urina ou de imagem, como a ultra-sonografia. O ataque às bactérias é feito com antibióticos e, para o alívio dos pequenos, os sintomas desaparecem em poucos dias.

 

A higiene do jeito certo

 

Para evitar a cistite, a anatomia das meninas requer cuidados especiais:

 

1) Na hora da troca de fralda, é preciso fazer a limpeza da frente para trás, ou seja, da vulva em direção ao bumbum.

2) Toda vez que fizer esse movimento, o algodão deverá ser descartado.

3) Se o bumbum estiver muito sujo, o certo é lavar com água e sabonete e depois secar bem.

4) Durante a limpeza, tanto de meninos como de meninas, é recomendável passar um algodão embebido em água morna e depois outro seco.

5) Se a menina não usa mais fralda, só o papel higiênico não bastará. É melhor passar um algodão úmido e secar depois. Quando ela fizer cocô, lave o bumbum com água e sabonete.


Recomendamos Para Você