10 tradições da chegada do bebê real que talvez você não conheça

Saiba detalhes inusitados de um dos nascimentos mais aguardados do ano, previsto para acontecer a qualquer momento!

Kate Middleton está em vias de ganhar seu terceiro bebê, cujo sexo ainda não foi confirmado, e estamos todos acompanhando de perto a reta final da gestação. O nascimento do terceiro herdeiro ou herdeira do Príncipe Willian está previsto para o final de abril. Mas você sabe o que acontece depois dele?

O site norte-americano Pop Sugar listou 10 tradições e rituais que envolvem a chegada de novos membros da Família Real da Inglaterra ao mundo.

Veja abaixo quais são eles e quais serão seguidos dessa vez!

1. Anúncio na 12ª semana

É nesse período da gestação que ela costuma ser anunciada entre a realeza britânica. Kate foi uma exceção à esse costume e confirmou que estava esperando seu caçula no terceiro mês. É que, como sofreu de hiperêmese gravídica, condição que provoca enjoos excessivos, deixou de comparecer a um evento, o que levantou suspeitas da imprensa.

2. Os partos eram domiciliares

A partir do nascimento de William, primeiro filho da Princesa Diana, os novos herdeiros do trono começaram a nascer em um quarto especial no Hospital St. Mary, em Londres. Kate Middelton já confirmou que também realizará o parto hospitalar.

3. Há uma salva de tiros depois do parto

Depois que o parto é comunicado, membros da artilharia montada da tropa real disparam 62 canhões na Torre de Londres e em um parque da cidade. Outros três castelos no Reino Unido realizam a salva.

4. O anúncio ainda é feito no papel

As redes sociais oficiais confirmam antes hoje em dia, é claro, mas, seguindo a tradição antiga, um cavalete é colocado em frente ao Palácio de Buckingham com uma carta informando data e hora do nascimento, assim como o gênero do bebê.

View this post on Instagram

The Duke and Duchess of Cambridge are pleased to share a new photograph of their family. The image features on Their Royal Highnesses' Christmas card this year. The photograph shows The Duke and Duchess of Cambridge with their two children at Kensington Palace. It was taken earlier this year by @chrisjacksongetty Their Royal Highnesses have also announced this morning that Princess Charlotte will attend the Willcocks Nursery School in London from January 2018. The Willcocks Nursery School has said: "We are delighted that The Duke and Duchess of Cambridge have chosen the Willcocks Nursery School for Princess Charlotte. We look forward to welcoming Charlotte to our nursery in January."

A post shared by Kensington Palace (@kensingtonroyal) on

5. Há um “anunciador” não oficial

Ele é chamado de town crier, um profissional que existe desde os tempos medievais, responsável por gritar pelas ruas as notícias aos que não sabiam ler. Calcula-se que ainda existam 200 dessas pessoas em atividade no Reino Unido, mas nenhum deles é contratado mais pela Família Real. O papel é executado de maneira independente por Tony Appleton, ator que se veste de maneira clássica e “anuncia” desde 2013 eventos reais no país.

6. Bebês reais não têm sobrenome

Eles podem ter até três primeiros nomes, mas o único “sobrenome” dos Príncipes e Princesas é a região de origem do seu título de nobreza. No caso dos filhos de William e Kate, respectivamente Duque e Duquesa de Cambridge,  os nomes são Sua Alteza Real Príncipe George de Cambridge e Sua Alteza Real Princesa Charlotte de Cambridge.

7. A primeira aparição

Embora nos últimos anos o bebê seja mostrado rapidamente na saída da maternidade, a apresentação oficial ao público é feita no batizado, que ocorre dias e até semanas depois do parto. Na ocasião, o pequeno veste uma roupa bem tradicional, que é usada há oito gerações.

8. Certidão de nascimento

Nobres são gente como a gente, pelo menos na burocracia. Eles também precisam registrar o novo cidadão do governo britânico nos primeiros 42 dias de vida.

9. Padrinhos reais

Os príncipes e princesas costumam ter cerca de 6 padrinhos ou madrinhas. George, o mais velho do clã, tem 7, enquanto Charlotte tem 5. Ah, e os escolhidos não podem ser da Família Real.

10. Licença-paternidade

Nas duas primeiras gestações de Kate, Príncipe William se afastou de seus deveres na Força Aérea Britânica para uma licença paternidade não-remunerada. No nascimento de Charlie, foram seis semanas. E ele foi criticado pela imprensa por isso!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s