Caso raro: estes gêmeos nasceram em dias, meses e anos diferentes

Os gêmeos Alfredo e Aylin nasceram em dias, meses e anos diferentes na maternidade Natividad Medical Center, nos Estados Unidos, e surpreenderam a família.

Por Isabelle Aradzenka 3 jan 2022, 17h32

Sabemos que a chegada de gêmeos na família é acompanhada por diversas expectativas dos pais e dos parentes. Pode ser sobre o laço de amizade que os irmãozinhos vão criar ao longo do tempo ou até algo mais simples, como as festinhas de aniversário em conjunto.

Com a mãe Fátima Madrigal, que passava pela gestação de dois irmãozinhos, provavelmente não foi diferente. No entanto, o que ela e a família não esperavam é que os dois pequenos fossem nascer em datas completamente diferentes!

fatima madrigal
Natividad Medical Center/Reprodução

A diferença entre a chegada dos irmãos na maternidade norte-americana Natividad Medical Center, na Califórnia, é de apenas 15 minutos, ainda assim, ambos nasceram com o dia, o mês e até o ano diferentes: Alfredo chegou às 23h e 45 minutos do dia 31 de dezembro de 2021 e Aylin à 0h de 1° de janeiro de 2022, o primeiro bebê a nascer neste ano no condado de Monterey.

“Esta foi definitivamente uma das entregas mais memoráveis ​​da minha carreira. Foi um prazer absoluto ajudar esses pequeninos a chegar aqui com segurança em 2021 e 2022” comentou Ana Abril Arias, médica do Natividad que acompanhou o parto.

Continua após a publicidade

 

Um caso raro!

A surpresa da mãe e da equipe médica com a chegada dos irmãos não foi à toa. De acordo a maternidade, apenas 3% dos nascimentos nos Estados Unidos são de gêmeos e a chance de os pequenos virem em anos diferentes é de uma em dois milhões.

gemeos que nasceram em datas diferentes
Natividad Medical Center/Reprodução

Em sua postagem nas redes sociais, o Natividad comemora o feito e ainda pontua a felicidade da família, que já contava com duas meninas e um menino, em receber os novos integrantes. “É uma loucura que eles sejam gêmeos e tenham aniversários diferentes. Fiquei surpresa e feliz por Aylin ter chegado à meia-noite”, contou Fátima.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade