12 jeitos fofos e criativos de eternizar as memórias com as crianças

Selecionamos ideias que vão fazer com que os momentos com os seus filhos perdurem e, de quebra, fiquem de lembrança para o futuro deles

Uma queixa comum entre pais e mães é a de que, em um piscar de olhos, as crianças crescem e ficam só as memórias da infância. Isso não precisa ser um problema, viu? Controlar ou voltar no tempo não é possível, mas manter as lembranças vivas, imortalizar parentes por meio de memórias e até deixar conselhos aos quais os pequenos terão acesso no futuro é uma forma de amenizar os efeitos do relógio.

Para que seus filhos não se esqueçam de onde vieram, reunimos 12 sugestões personalizáveis e divertidas que vão te ajudar a eternizar as memórias com as crianças. Que tal convidá-las para colocar a mão na massa?

1. Faça um scrapbook

Diferente dos tradicionais e populares álbuns de fotografias, o scrapbook é um pouco mais completo. Trata-se, basicamente, de um grande livro em branco que pode ser decorado e preenchido de acordo com as suas preferências. Você pode personalizar a capa e recheio do livro, colocar fotos da infância, adolescência e até da vida adulta das (então) crianças, registrar memórias, viagens, momentos especiais, frases que te fazem lembrar dos filhos, letras de música… Não se esqueça de colocar datas nas páginas, mesmo que elas não sigam uma ordem cronológica, e guardar tudo o que fizer sentido para você.

2. Monte uma cápsula do tempo

Esta sugestão é para quem quer que os filhos se lembrem de um momento ou fase específica da vida deles. Por exemplo, se fôssemos montar uma cápsula do tempo referente ao ano de 2020, não poderíamos esquecer de incluir nela objetos que indicassem o contexto histórico no qual vivemos hoje – por exemplo, uma máscara facial, uma embalagem de álcool em gel, fotos em família tiradas durante a quarentena, indícios sobre como vocês aproveitaram o tempo de isolamento juntos. Monte a sua da maneira que preferir, sempre indicando as datas, e escolha materiais e recipientes resistentes para a sua cápsula. Guarde-a em local seguro e coloque uma data limite para que ela seja aberta pelas crianças.

3. Escreva cartas, um diário ou, quem sabe, até um livro

Para quem sempre quis ser escritor ou escritora, que tal transformar a experiência da maternidade ou paternidade em livro que as crianças poderão ler no futuro? Pode ser um compilado de pensamentos, um livro autobiográfico sobre a sua transformação ao se tornar pai ou mãe, uma história de ficção inspirada na personalidade dos filhos, ou até um diário mais descritivo. A nossa editora, Fernanda Tsuji, por exemplo, sempre escreveu cartas para que a filha lesse no futuro, hábito que virou coluna aqui no Bebê.com.br, e também pode servir de inspiração para você.

4. Deixe uma mensagem na garrafa

Um clássico dos filmes e livros, a mensagem na garrafa também pode ser um jeito divertido de relembrar alguma memória com as crianças. Ah e nada de jogar o mar para não contribuir com a poluição, hein? Você pode fazer com que cada um escreva a sua, guardar as garrafas em casa mesmo e abri-las só daqui a alguns anos (sempre coloque a data que você gostaria que o objeto fosse aberto), deixando palavras de carinho para os filhos e pedindo para que eles escrevam o que estão sentindo naquele momento. Outra ideia é escrever a mensagem em uma data comemorativa, como no aniversário, e abri-la novamente apenas no ano seguinte.

5. Grave uma música

Para os apaixonados e apaixonadas por música, uma das coisas mais legais e inesquecíveis de se fazer para as crianças é escrever ou gravar uma canção. Com a tecnologia de hoje, basta soltar o gogó em um aplicativo de celular que funcione como gravador de voz, transformando a música em arquivo. Vale, também, registrar o número musical em vídeo, que pode tanto ser de uma canção que já existe ou de uma pensada do zero. Se a empolgação e a criatividade permitirem, por que não transformar a ideia em um álbum musical completo?

6. Mande um e-mail ou carta para o futuro

Existem diversas formas de mandar uma carta para o futuro, e usar a internet é um jeito fácil de fazer isso. O site https://www.futureme.org/letters/new, por exemplo, permite que você escreva mensagens em um determinado dia e programe quando elas serão lidas novamente (daqui a um, dois, três, cinco anos ou quando você decidir). Como a carta chega no seu e-mail ou, no caso, no e-mail dos seus filhos, é bom lembrar-se disso antes de trocar de endereço eletrônico.

7. Monte um álbum

Prefere o tradicional? Sem problemas! Montar um álbum de fotos é sempre interessante quando a intenção é deixar lembranças físicas para os filhos, além de incluir imagens de parentes que já não estão mais entre nós. Você pode tanto construir esse álbum com fotos em ordem cronológica – da gravidez à primeira infância, passando pela adolescência e momentos da vida adulta – quanto misturar tudo e colocar apenas as datas nas cenas. Outra sugestão é montar um álbum temático, por exemplo, apenas com fotos tiradas nos aniversários das crianças, ou fazer diferentes álbuns para diferentes viagens que você fez ao lado dos pequenos. Incremente seu álbum de fotos escrevendo mensagens atrás delas, ou pedindo para que as crianças usem a criatividade por meio de desenhos e colagens.

8. Faça um curta-metragem ou reúna filmagens em um compilado

Já se você costuma gostar mais de vídeos do que de fotos, mas não quer que as imagens fiquem perdidas na galeria do celular, vale usar um aplicativo de edição e juntar os takes favoritos que tenham as crianças como destaque. Para quem sabe filmar e gosta de algo mais elaborado, também é possível fazer o próprio curta-metragem caseiro. Chame as crianças para que vocês possam criar um roteiro juntos, filmem a história e pronto! Com ou sem edição, essa é mais uma ideia das mais criativas para celebrar e guardar os momentos com os filhos.

9. Crie uma playlist

Um jeito fácil e prático de eternizar momentos com as crianças é montando uma playlist que faça você se lembrar dos pequenos por algum motivo. Para não perder a lista de músicas, anote-as em um papel, em um documento de computador e guarde-o em local seguro, o que permite que você registre o porquê daquela canção ser importante. Vale tudo: músicas que as crianças gostam de dançar ou cantar, a sua música favorita durante a gravidez, canções com letras que possuem algum significado especial e até artistas e sons que você quer que seus filhos conheçam em algum momento da vida.

10. Pinte, desenhe e faça arte!

Se você ou seus filhos curtem pintar e desenhar, nada melhor do que criar pequenas obras de arte que ficarão para o futuro! Vocês podem pintar uma tela juntos e transformá-la em um quadro para decorar a casa, criar um álbum de desenhos temáticos, se jogar em artes mais abstratas… O importante é não se esquecer de guardar tudo com carinho. Fazer uma pastinha reunindo todas as artes feitas pelas crianças ao longo dos anos também funciona.

11. Registre as frases mais diferentes faladas pelos pequenos

Autoexplicativo, este item consiste em transformar as frases faladas pelas crianças em uma lista divertida. Anote todos os absurdos, as perguntas inconvenientes, as falas doces e as palavras que não fazem o menor sentido para você, acompanhadas das datas e ocasiões em que foram ditos. Vai ser um dos objetos mais legais para se ter no futuro!

12. Monte uma caça ao tesouro

Se possível, ou seja, se a sua casa permitir, crie um tesouro e esconda para que as crianças só o abram em uma data específica. Faça um mapa para a caça ao tesouro e, se você não quiser colocar um prazo muito longo, vale usar a ideia em uma data comemorativa, e registrar tudo por meio de fotos e vídeos. Mesmo assim, é legal deixar memórias escondidas e, por meio de um lembrete, fazer com que as crianças só tenham acesso a elas daqui a algum tempo.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.