É verdade que existe uma posição sexual melhor para engravidar?

Fernanda Rodrigues, ginecologista especializada em reprodução humana, explica quais fatores podem influenciar uma gravidez.

Por Alice Arnoldi Atualizado em 25 mar 2020, 11h29 - Publicado em 5 mar 2020, 16h02

Ainda que existam estudos sobre o assunto, a resposta predominante entre os especialistas é que não existe uma posição sexual que aumente ou diminua as chances de uma gestação acontecer. Entretanto, outros fatores influenciam fortemente a concepção de um bebê.

O primeiro deles é que o homem esteja com a saúde sexual funcionando normalmente. “É importante que ele tenha uma concentração e uma utilidade de espermatozóides normais para que eles consigam chegar até as trompas uterinas. Se você considerar que eles são microscópicos e tem motilidade própria (que se movimentam por si só), em qualquer posição vai haver a chegada dos espermatozóides nas trompas. Isso é o que vai determinar a chance de gravidez e não a ação da gravidade sobre eles”, explica Fernanda Rodrigues, médica ginecologista e especialista em reprodução humana da Huntington Medicina Reprodutiva. Ou seja, em pé, deitada ou de ladinho, não é isso que será determinante para a concepção do bebê.

  • Além disso, Fernanda cita outros fatores que podem aumentar as chances de casais engravidarem. São eles: ter relações sexuais no período fértil, analisar o impacto da idade da mulher no momento de gerar o bebê e até mesmo a atenção para alguma doença já diagnosticada, como endometriose.

    Publicidade