O que tem de bom no Disney+? Listamos só o que vai agradar sua família

Um guia para você não ficar perdido no catálogo do novo streaming e poder curtir tudo que a plataforma oferece.

O anúncio do Disney+ no Brasil despertou aquele pensamento de “poxa, mais um streaming pra pagar?”. Mas fato é que, desde o dia 30 de setembro, as produções da Disney, Pixar, National Geographic, Marvel e Star Wars deixaram as outras plataformas e pegaram muitas famílias de surpresa. Afinal, quem aí também já estava com Frozen no “repeat”? Tiveram muitos pais lidando com o chororô dos pequenos, sempre ávidos por rever seus desenhos preferidos.

Com 60,5 milhões de assinantes globais e estreia marcada para 17 de novembro, o Disney+ chega por aqui com todos seus títulos reunidos no mesmo cardápio, mas vale dizer, não se restringe somente ao seus clássicos.

Tem muita novidade aportando no Brasil (veja o preço da assinatura e como assinar) e, em tempos de pandemia, foi a maneira que a marca encontrou de disponibilizar os filmes que sairiam nos cinemas, mas que tiveram um grande delay neste período marcado pelo isolamento. Taí “Mulan” e “Soul” que não nos deixam mentir!

A seguir, separamos os títulos mais interessantes para quem tem filhos pequenos. Vão desde novidades quentinhas até os clássicos que vão agradar os pais saudosistas:

As novidades que todo mundo quer ver

Mulan

O live-action tão esperado da princesa heroína estava prevista para estrear em julho e ser um grande hit, mas o timing foi péssimo. O isolamento fechou os cinemas e o filme, tão aguardado durante toda a sua produção, acabou sem lançamentos bombados ao redor do mundo e fez pouco barulho até na Ásia, onde chegou a ser exibido nos cinemas que retomaram as atividades.

A Disney então, decidiu rever sua estratégia com o filme e com os próximos títulos que seriam lançados e apostou suas fichas em liberar pelo preço padrão no streaming mesmo. Isso porque, mesmo com a flexibilização e a reabertura dos cinemas, o fluxo de público ainda seria baixo. Isso também reforça que os hábitos de consumo, agora com mais plataformas de streaming e mais tempo em casa, mudarão o modo como os produtos serão lançados e oferecidos.

E se você fazia parte dos ansiosos pela versão em carne e osso de Mulan, saiba que ela estará disponível a partir do dia 4 de dezembro na plataforma. A história da garota que vai à guerra no lugar de seu pai foi contada no desenho de 1998, da Disney, e ao que tudo indica, ficou ainda mais emocionante com atores.

Soul

Assim como “Viva- A vida é uma festa!”, “Soul” também é uma trama que fala com delicadeza sobre um tema difícil. Lá, era sobre a morte, e aqui, a trama fala sobre a alma, como bem mostra a tradução do título.

Dirigido por Pete Docter, o mesmo por trás de “Divertida Mente”, o novo desenho narra a jornada de um músico que sofre um acidente e sai de seu corpo. Ele mergulha então em uma aventura para voltar à vida com a ajuda de uma divertida alminha. E sim, você acertou: assim como “Viva”, melhor assistir com a caixinha de lenço ao lado.

O lançamento, que prometia ser grande, também foi remodelado como “Mulan” para ser um dos atrativos de lançamento do Disney+ na América Latina. Você pode assistir a partir do dia 25 de dezembro, ok? Presentão de natal!

A Dama e o Vagabundo

O desenho icônico é de 1955 e marcou até a infância dos nossos pais! Por isso, que tal chamar os vovôs do pequeno para assistir juntinho o esperado live-action do casal de cãezinhos? A trama, você já conhece: Dama é uma cadelinha aristocrata que com a chegada do bebê de seus donos, começa a questionar seu lugar na família.

Algumas situações desagradáveis a levam a conhecer o vira-lata mais charmoso e malandro do bairro. Juntos, eles provam que a lealdade canina realmente existe. E se você está se perguntando se a famosa cena do beijinho com macarrão está lá… A resposta é CLARO QUE SIM! Disponível a partir do lançamento no dia 17 de novembro.

Curtas e série da Pixar

Nós confessamos: amamos demais os curtas da Pixar! Tanto que conferimos antes de sua estreia no Brasil, dois que estarão disponíveis na plataforma:  “Float” e “Loop”. Ambos fazem parte do projeto Sparkshorts, onde a Pixar convida seus artistas a buscarem tramas que tragam mais diversidade e novas abordagens ao catálogo da Disney

São seis no total, porém, estes dois são bem especiais, já que tratam sobre autismo, um tema pouco explorado no universo das animações. Clique aqui para ler o que achamos de cada um deles. 

E por fim, mas não menos engraçadinho, está a série “Garfinho Pergunta”, ganhador do Emmy na categoria “Melhor Série de Animação em Formato Curto”. A série traz o personagem de “Toy Story 4” desta vez como protagonista e respondendo as perguntas mais filosóficas – e maluquinhas – sobre a vida, como “o que é amor?” “o que é um amigo?”, “o que é…queijo?” . Nós também assistimos e é bem hilária! 

Todos os títulos disponíveis desde o lançamento, tá?

Os clássicos que a gente

Sim, de Branca de Neve à Elsa, passando por Nemo e Woody, todos os queridinhos da Disney e da Pixar estão de volta:
*Marcamos entre parênteses as datas dos desenhos originais e os anos de lançamento dos live-actions, continuações e novas versões

  • Mulan (2020 e 1998)
  • Frozen II (2020 e 2013)
  • Dois Irmãos (2020)
  • A Dama e o Vagabundo (2020 e 1955)
  • Toy Story (2019, 2010, 1999 e 1995)
  • Rei Leão (2019 e 1994)
  • Malévola (2019 e 2014)
  • Pinóquio (2019 e 1940)
  • Alladin (2019 e 1992)
  • Dumbo (2019 e 1941)
  • Viva – A vida é uma festa! (2018)
  • Wifi Ralph: Quebrando a Internet e Detona Ralph (2018 e 2012)
  • Os Incríveis (2018 e 2004)
  • A Bela e a Fera (2017 e 1991)
  • Carros (2017, 2011 e 2006)
  • Moana (2016)
  • Procurando Dory e Procurando Nemo (2016 e 2003)
  • O Bom Dinossauro (2016)
  • Mogli: o menino lobo (2016 e 1967)
  • Divertida Mente (2015)
  • Cinderela (2015 e 1950)
  • Valente (2012)
  • Monstros S.A (2013 e 2001)
  • Enrolados (2010)
  • A Princesa e o Sapo (2009)
  • Up – Altas Aventuras (2009)
  • Wall-E (2008)
  • Ratatouille (2007)
  • Procurando Nemo (2003)
  • Irmão Urso (2003)
  • Lilo & Stich (2002)
  • Tarzan (1999)
  • Vida de Inseto (1998)
  • Hércules (1997)
  • O Corcunda de Notre Dame (1996)
  • Pocahontas (1995)
  • A Pequena Sereia (1989)
  • Aristogatas (1970)
  • 101 Dálmatas (1961)
  • A Bela Adormecida (1959)
  • Peter Pan (1953)
  • Alice no País das Maravilhas (1951
  • Bambi (1942)
  • Fantasia (1940)
  • Branca de Neve e os sete anões (1937)

Outras produções que podem agradar

Os filmes da Disney e Pixar a gente já sabe que agradam em cheio, mas existe uma infinidade de programas de TV que, se você nunca teve os canais a cabo Disney Channel ou Disney Jr., talvez já tenha ouvido falar mas nunca tenha assistido. Divertidas, elas também valem o play.

Anotem alguns nomes para dar uma busca na plataforma: as icônicas “Hannah Montana”, “Zack e Cody: Gêmeos em Ação”, “Kim Possible”, “O Clube do Mickey Mouse”, “PJ Masks: Heróis de Pijama”, “Violetta”, “Soy Luna”, “Bia”, “Art Attack”, “Nivis, amigos de outro mundo”, “Junior Express”e “Morko e Mali”.

Ah, e têm também as novidades “Sociedade Secreta dos Segundos Filhos Reais”, “Diário de uma Futura Presidente”,”High School Musical: O Musical: A série”, “O Restaurante de Arnoldo”.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.