Emocionante: leia a carta completa dedicada ao filho de Marília Mendonça

A cantora sertaneja deixou o filho Léo, de um ano e dez meses, após falecer em um trágico acidente de avião na região de Minas Gerais no da 5 de novembro.

Por Alice Arnoldi Atualizado em 11 nov 2021, 16h43 - Publicado em 8 nov 2021, 12h05

Desde o dia 5 de novembro, quando Marília Mendonça e mais quatro pessoas vieram a falecer após um trágico acidente de avião no interior de Minas Gerais, o Brasil tem se mobilizado em uma leva de homenagens à cantora de apenas 26 anos. A artista era filha, amiga e também mãe de Léo, de apenas um ano e dez meses. 

A dor fez com que famosos se unissem no “Domingão do Huck”, no domingo (7), em um tributo a Marília que terminou com a uma carta escrita por muitas mãos para o filho da cantora e lida por vozes conhecidas, como Simone da dupla com Simaria, Preta Gil, Angélica, Ingrid Guimarães, Lília Cabral e Fátima Bernardes – todas mulheres mães, representando a luta por igualdade que a artista traçava dentro do “feminejo”, vertente do sertanejo liderado por figuras femininas.

Assim como outros artistas que estão retornando aos palcos gradativamente, Marília estava viajando para uma sequência de shows em Minas Gerais, onde iria passar o fim de semana e logo depois voltar ao encontro do filho. A carta lembra este misto de sentimentos vividos pelas mães ao conciliarem suas múltiplas jornadas.

Ela queria voltar cansada, com a sensação de dever cumprido, depois de ter cantado para multidões, que cantariam com ela, que encheriam o coração dela de gratidão e satisfação de ser quem ela sempre foi. Ela queria voltar para se perder nos seus braços, no seu corpo pequeno, mas tão imenso no significado, porque você, Léo, era para ela uma multidão particular”, narra o texto.

View this post on Instagram

A post shared by Marilia Mendonça (@mariliamendoncacantora)

A carta também deixa a mensagem para que o pequeno se lembre, no futuro, de que Marília foi um marco para quem era acalantado e sofria (ao mesmo tempo) com suas letras de músicas tão precisas e que, não importa o tempo que passar, a cantora continuará guardada na memória de quem cruzou o seu caminho.

Leia a carta completa para o Léo: 

“Querido Léo, escrever uma carta para você hoje é mandar uma carta para o futuro. Futuro que a sua mãe já tinha transformado antes mesmo de você nascer, como se ela parasse o futuro para você ou, melhor, como se ela preparasse o futuro para você. Mais ou menos a idade que sua mãe tinha quando, com as palavras dela, entendeu o coração do Brasil.

E sentindo compreendido, o Brasil por ela se apaixonou. Porque a sua mãe não cantava sozinha, Léo. Sua mãe tirava as palavras da boca de um monte de mulheres e botava na boca dela. Dava sentimento a quem nem sabia o que sentia. Quando ela subia no palco para soltar aquela voz, ela, na verdade, cantava com a voz de milhões de brasileiros.

Sua mãe libertou, absorveu, perdoou, compreendeu as mulheres como ninguém, Léo. Ela ensinou a gente a amar sem culpa, mostrou que a gente pode encher a cara e cobrar respeito, que pode ser romântica e da noitada, que pode ser mãe e empresária. Ela ensinou que as mulheres podem ser quem quiser e como quiser, e isso mudou o nosso país para melhor. Essa é uma carta escrita a muitas mãos, Léo, e muitas mães.

Continua após a publicidade

Porque a sua mãe queria ter voltado, ela queria voltar porque você existe. Porque depois que você chegou, o verbo voltar virou sinônimo de amor, de felicidade. Ela queria voltar cansada, com a sensação de dever cumprido, depois de ter cantado para multidões, que cantariam com ela, que encheriam o coração dela de gratidão e satisfação de ser quem ela sempre foi. Ela queria voltar para se perder nos seus braços, no seu corpo pequeno, mas tão imenso no significado porque você, Léo, era para ela uma multidão particular.

Quando você sentir o desejo de revê-la, é só buscar a sua mãe dentro do seu coração. O seu coração vai ser a sala, o sofá, o ponto de encontro de vocês. E para nós ela também vai estar por perto. Porque ela não foi embora. Ela virou esse ar que nos rodeia, que se chama amor, e ninguém pode com o amor, ninguém. Nenhuma distância e nenhum fim.

Então, quando a saudade bater, Léo, lembra que um pedacinho da sua mãe mora em cada um de nós, lembra que a sua mãe não vive somente no passado, ela espera por você também no futuro. Um futuro, Léo, que a sua mãe embalou para que a gente te acolhesse, da mesma forma que ela sempre acolheu tanta coisa que vinha da gente. Se hoje o nosso canto é lágrima e silêncio, quero dizer a você, Léo, que a sua mãe é um farol e o caminho iluminado por ela não se apaga”.

View this post on Instagram

A post shared by Domingão com Huck (@domingao)

A mensagem do pai de Léo para Marília 

Além da homenagem prestada no “Domingão do Huck”, as redes sociais foram palco para outras inúmeras mensagens emocionantes à cantora. Este foi o caso do texto de Murilo Huff, ex-namorado de Marília e pai do Léo, que fez a promessa de cuidar do pequeno como ele havia prometido para a artista antes dela entrar no avião.

“Você foi sem avisar e deixou um buraco dentro de mim. Um buraco que ninguém nunca vai conseguir tapar. Talvez esse pequenininho correndo aqui na sala me ajude a enfrentar sua falta. Ou talvez ele me faça sentir mais falta ainda, porque ele é sua cara. Eu não sei. Eu estou perdido. Mas te prometo que eu vou encontrar o caminho e vou cuidar dele, com todas as minhas forças. Assim como você me pediu na última mensagem que me mandou ontem cedo, antes de entrar naquele avião”, escreveu o cantor sertanejo.

View this post on Instagram

A post shared by Murilo Huff (@murilohuff)

Murilo também participou do “Fantástico”, no domingo (7) e comentou sobre como está sendo os primeiros momentos do pequeno após a morte da cantora. “Agora ele está com a mãe dela. Graças a Deus ele é muito pequenininho para entender. Vai chegar o momento que ele vai sentir falta dela, mas pelo menos essa dor que a gente está sentindo, acho que ele não vai sentir. Ele vai sentir saudade”, comentou o artista emocionado.

Ele ainda refletiu sobre o fim do relacionamento com Marília, dizendo que foi por um motivo pequeno comparado a tudo que havia acontecido. Murilo ainda afirmou que se eles estivessem juntos, as chances eram grandes dele estar no mesmo avião que ela, já que não tinha apresentações no fim de semana e provavelmente a acompanharia neste retorno aos palcos.

Continua após a publicidade

Publicidade