14 atividades divertidas para estimular os filhos de 0 a 6 anos em casa

As brincadeiras são divididas para cada fase e o objetivo é que o pequeno possa se divertir enquanto aprende!

Entreter as crianças em casa não é fácil, especialmente depois de tanto tempo em isolamento social para combater o novo coronavírus. Mas a consciência de que a medida continua a ser a mais efetiva para proteção das famílias tem levado instituições a organizarem materiais gratuitos de atividades para que pais possam receber apoio mesmo de longe.

Recentemente, a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV) com apoio da Sociedade Brasileira de Pediatra (SBP) desenvolveram o “Guia de brincadeiras para famílias com crianças do nascimento aos 6 anos”. Como o documento reforça, a ideia não é que pais e cuidadores substituam creches ou pré-escolas. Mas possam contribuir para o desenvolvimento da criança como ser humano.

“Promover a brincadeira, dar afeto, interagir e se comunicar com o bebê ou a criança é o que de melhor você pode fazer por eles neste momento para continuar incentivando o desenvolvimento em casa. O que mais eles precisam é de você junto deles neste momento”, enfatiza o guia.

Principalmente para as crianças menores, vale ter em mente que está tudo bem se ela não quiser brincar naquele momento com o que você indicou. Mas amanhã ou na próxima semana, pode ser que uma nova oportunidade apareça. Sempre que puder, ofereça novas ideias e também observe quais têm sido as escolhas do seu filho. Percebê-lo como uma pessoa em formação que também tem suas preferências é essencial.

Com este cuidado, as instituições liberaram 20 brincadeiras diferentes para cada faixa etária, mas sinta-se livre para tentar as atividades de outra fase também. O importante é levar o pequeno em consideração e se divertir!

Veja só algumas ideias:

Para bebês de 0 a 18 meses

  • Prendedores divertidos: Para incentivar a coordenação motora fina, o abrir e fechar dos pregadores podem ser bons aliados para treinar o movimento de pinça. Em uma bacia, coloque os itens e mostre para a criança que o objetivo é prendê-los em volta de toda a borda. Vale também deixar alguns já fixados para que ela treine o processo inverso, de tirar. Se eles forem coloridos, melhor ainda!
  • Hora do martelinho: Se as cascas de ovo iam direto para o lixo, nesta brincadeira tem espaço de sobra para elas. Lave-as para tirar qualquer resíduo e deixe-as secar bem. Em seguida, indique que o pequeno use uma colher ou martelinho de brincadeira para quebrá-las. E caso queiram adicionar mais uma etapa ao processo, vale colocar água mistura com tinta guache dentro e quebrá-las em cima de um papel, formando um desenho especial.
  • Descoberta do tesouro: Para os menores, as novidades estão por todos os lados, até nos itens mais simples. Em uma caixa com tampa, coloque utensílios do dia a dia da criança – como seus próprios brinquedos e itens não quebráveis da casa – e dê para ela se aventurar em abrir o pote e tocar cada um dos objetos. Quanto mais produtos, mais entretenimento!
  • Eu vou, eu vou…: Quando o pequeno começa a dar indícios de que os primeiros passos estão por vir, esta brincadeira pode ajudá-lo. Posicione as cadeiras de casa em linha, mas com espaço entre elas. Em cima de cada uma, coloque um objeto favorito da criança. Ela terá suporte para investir no andar e ainda terá a recompensa de ter encontrado o seu brinquedo queridinho.
  • Sumiu?: Diferente das outras opções, esta não pede nenhum item a não ser… sua mão! Desenhe um rostinho em cada um dos dedos e brinque com o bebê de escondê-los e aparecer, trazendo entusiasmo para os momentos. Esse processo ajuda a criança a entender o mecanismo do que é mostrar e esconder e até como interferir para que o dedo não suma, segurando-o. Simples, mas importante, né?

Para crianças de 17 meses a 3 anos e 11 meses

  • Cole os grãos: É hora de pegar um punhadinho de feijão, milho e macarrão. Em um pedaço de papel adesivo, desenhe um triângulo, um círculo e um quadrado. Em seguida, peça para que ela preencha cada um dos desenhos colando os grãos misturados. Para finalizar, faça o processo inverso de desgrudar e separá-los.
  • Tampas e mais tampas: Forme uma fila com garrafas de plástico com tampas diferentes e as misture. Tire as tampas e oriente para que o pequeno tente encaixar a correspondente em cada frasco. E só pode passar para o próximo quando estiver bem rosqueado, tá? Ótimo para a coordenação!
  • Qual é a cor?: Para ajudar as crianças a explorarem os tons, coloque cinco cartolinas coloridas (ou a quantidade que você tiver por aí!) pelo chão da sala. Pergunte se ela conhece qual é aquela cor e explique que a atividade é encontrar objetos pela casa que sejam do mesmo tom e trazê-las para colocar em cima da cartolina. Para os maiores, vale fazer uma contagem divertida para incentivá-lo.
  • Para falar sobre as emoções: As subidas e descidas dos sentimentos são esperadas depois de tanto tempo dentro de casa. Mas é preciso que se tenha um diálogo sincero, apresentando cada uma das emoções. Para isto, desenhe dois quadrados numa folha – uma para você e outra para o seu filho -, com cinco círculos diferentes. A ideia é dizer uma emoção e pedir para que a criança expresse como ela imagina o que é o sentimento fazendo rostinhos no círculo. O momento é ótimo para perguntar como ela está, se já se sentiu daquela forma e em qual situação.

Para crianças de 4 a 5 anos e 11 meses

  • Não deixe a bexiga cair: Em vez de usar as mãos para fazer um jogo divertido com balões, a ideia é usar um cobertor da família. Coloque diferentes bexigas dentro dele enquanto cada integrante da brincadeira fica responsável por uma ponta do pano. O objetivo é não deixá-las escapar enquanto tentam jogá-las para cima.
  • Música no copo: Com seis copos enfileirados, preencha-os com quantidades diferentes de água e use corantes para variar os recipientes. Para as crianças maiores, dê preferência para os de vidro para o som sair melhor. Já para os menores, prefira os de acrílico ou plástico firme. Já para tocá-los, use uma colher de madeira ou outro item que pode servir como baqueta. Acredite, o pequeno vai achar até que é mágica os sons!
  • Pescaria em casa: A coordenação motora fina mais apurada nesta faixa etária permite trabalhar com itens menores. Pensando nisso, coloque cubos de gelo dentro de uma bacia com água e explique para as crianças que o objetivo é pescá-los com uma colher no menor intervalo de tempo que eles conseguirem. A brincadeira fica ainda mais divertida com as pedras desaparecendo ao derreterem.
Veja também
  • Recordar é viver: Para ajudar os pequenos a lidarem com a saudade da família e amiguinhos, monte um álbum virtual de fotos e passe na TV de casa. Além de lembrar de quem a gente ama, a ideia é entreter as crianças contando as histórias daqueles cliques. Vale também apostar nos registros feitos nos últimos meses pelos celulares dos pais. Um bom jeito de processar que, mesmo dentro de casa, boas memórias também se formaram na quarentena, né?
  • Cliques abstratos: Esta é para os que querem deixar as fotos tradicionais de lado e buscar registros mais artísticos. Use itens aleatórios da casa em frente ao rosto, como chapéus, pratos, canecas e até desenhos de revistas para criar fotos como se vocês fossem artistas abstratos. Ah, e não se esqueça de aproximar e distanciar a câmera para trabalhar com planos e ter resultados ainda mais legais!
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s