Continua após publicidade

Médicas que zombaram dos gritos de criança em hospital são exoneradas

O caso foi apurado após um vídeo filmado e compartilhado pelas próprias profissionais causar indignação. Assista às imagens!

Por Carla Leonardi
9 fev 2023, 12h14

Duas médicas do Amazonas foram exoneradas por rirem de uma criança que gritava de dor enquanto esperava atendimento em um hospital. O caso ganhou repercussão após as imagens serem compartilhadas – pelas próprias profissionais – nas redes sociais na última terça-feira, 7. “Está sendo exorcizada”, diz uma delas.

Publicidade

Elas foram identificadas como Beatriz Almeida e Sofia Rodrigues Gonçalves, e trabalhavam no Hospital Raimunda Francisca Dineli da Silva, na cidade de Maués, que fica no interior do estado. Ambas eram recém-contratadas. Ao fundo do vídeo, é possível escutar os gritos da criança, que possivelmente sentia muita dor. Além do diálogo, há um texto na postagem: “Eu comemorando que tá chovendo na cidade. Minutos depois: criança atingida por raio.”

Publicidade

Reação imediata

Ao causar indignação, o caso foi apurado e as médicas foram exoneradas de forma imediata pela Prefeitura de Maués que, em comunicado, considerou o episódio lamentável.

A Administração Municipal de Maués vem, por meio desta nota, reiterar que preza por uma saúde pública humanizada, bem como repudia e rechaça qualquer postura antiética e desumana de profissionais de saúde. Informa também que determinou imediata exoneração das profissionais de saúde envolvidas nesse lamentável episódio“, diz nota oficial compartilhada nas redes sociais da prefeitura.

Publicidade
Continua após a publicidade

Assista ao vídeo que segue sendo compartilhado no Twitter:

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade
Publicidade