9 livros infantis para incentivar meninas a serem o que elas quiserem

No Dia Internacional da Menina, esta seleção de livros traz títulos que contribuem para a luta contra a desigualdade de gênero ainda na infância.

Desde de 2012, 11 de outubro é conhecido como o Dia Internacional da Menina. A data instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) luta para que a desigualdade de gênero seja cada vez menor, fortalecendo medidas que garantem direitos para meninas e jovem mulheres, como a educação.

Em parceria com o trabalho realizado pelas escolas para que garotas sejam valorizadas desde cedo, a missão de incentivo também precisa acontecer dentro de casa, especialmente com o diálogo. Ele é uma das ferramenta mais poderosa para lembrá-las de que podem ser e fazerem o que quiserem. É importante, no entanto, encontrar uma forma de levar a mensagem de acordo com cada faixa etária. E neste âmbito, a leitura é um caminho bacana, porque histórias ajudam a entender temas complexos e trazem identificação.

Veja também

Separamos, a seguir, nove livros que trazem como protagonistas meninas. São figuras femininas essenciais para a construção da nossa história, narrativas que questionam o que é “ser de menina”, além de títulos que reforçam a importância de não ignorarmos os recortes raciais quando o assunto é igualdade de gênero.

Para poder adicionar o livro na estante da família, é só clicar na imagem dele ou no link do preço para comprá-lo, tá? Boa leitura!

1. Grandes mulheres que mudaram o mundo – Kate Pankhurst

Uma boa visita à história pode ajudar meninas a entenderem que todos os caminhos profissionais são possíveis, independente do gênero. Nesta obra de Kate Pankhurst, a autora mostra os feitos de figuras femininas como a cientista Marie Curie – quem descobriu os elementos químicos rádio e polônio – e a compositora brasileira Chiquinha Gonzaga. Ela foi a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil e autora da primeira marcha de Carnaval com letra. Quem sabe o nome da sua filha não é o próximo a estar em grandes obras como esta?

Preço: R$30,88

2. Amoras – Emicida

No primeiro livro idealizado pelo rapper Emicida, ele traz para o mundo infantil a música de mesmo nome do livro, lançada no álbum de 2015, “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa…”.

A história narra um diálogo que aconteceu entre ele e a filha mais velha, Estela, hoje com dez anos. Como na canção, eles estavam embaixo de um pomar em que Emicida explicava para a primogênita que as amoras mais escuras são as mais docinhas. Em um estalo, ela o surpreendeu com uma resposta de muita personalidade: “papai, que bom, porque eu sou pretinha também!”.

Junto com o lançamento do livro, ele ganhou uma versão ilustrada com a narrativa na voz do próprio cantor.

Preço: R$20,90

Veja também

3. Coisa de menina – Pri Ferrari

A discussão de que rosa é cor de menina e azul é de menino ainda acontece, mesmo sendo tão retrógrada. Mas é com obras como a de Pri Ferrari que crianças começam a ser ensinadas que gênero não é um fator delimitador de sonhos e vontades. Sem perder o tom lúdico, a autora mostra que meninas podem ser empreendedoras, pilotar aviões (e dragões) e, quem sabe, viver no mundo da lua – quem nunca sonhou em ser astronauta, né?

Preço: R$22,70

4. Malala, a menina que queria ir para a escola – Adriana Carranca

A jovem paquistanesa Malala Yousafzai tinha apenas 15 quando foi baleada na cabeça por talibãs na saída da escola. O ataque foi cometido após a luta na qual travava contra o decreto do grupo talibã de que mulheres estavam proibidas de estudar na região de Mingora, no vale do Swat, Paquistão. Quando o grupo começou a perder o poder no local, houve o ataque contra Malala com a justificativa de que ela era uma ameaça à religião islâmica. Mesmo com a gravidade do ataque, ela não desistiu do seu propósito e ficou conhecida como a pessoa mais jovem a ganhar o Prêmio Nobel da Paz.

A importância de sua história fez com que ela ganhasse muitos livros em versões para adultos e, mais tarde, também para as crianças. A jornalista Adriana Carranca visitou a cidade onde Malala foi baleada, e traçou com detalhes a história da jovem ativista que ganhou ilustrações delicadas para representarem os desafios enfrentados por ela e a perseverança de buscar os sonhos em que acredita.

Preço: R$26,52

5. A Cinderela mudou de ideia – Nunila Lopez e Myriam Sierra

Fada madrinha? Que nada! Esta Cinderela estava exausta da realidade que havia escolhido pensando ser o melhor, mas que se mostrou sufocante. Tudo muda quando ela encontra a fada do Chega! Com o entendimento de que ela não precisa traçar uma jornada apenas para agradar o outro, ela tira os sapatos de cristal e embarca na missão de que mulheres podem ser e fazerem o que quiserem.

Preço: R$15

6. Sulwe – Lupita Nyong’o

Para falar sobre representatividade e amor próprio, a atriz Lupita Nyong’o criou a história de Sulwe. O desejo da garotinha negra de pele retinta é que ela possa ser reluzente como a mãe, e tratada bem na escola como a irmã. Para isso, ela tenta muitas alternativas: passar borracha pelo corpo, comer apenas alimentos claros e até mesmo tentar maquiagens mais claras. Só que nenhuma das tentativas mudam o seu tom de pele.

No fim da noite, ela ajoelha e pede mais uma vez que a sua realidade seja transformada. Até que uma estrela cadente surge no céu e leva Sulwe para um passeio em que ela conhece as irmãs A Dia e A Noite. No desfecho desta viagem especial, a garotinha entende que o seu poder está além do que os outros pensam sobre ela. O mais precioso é aprender a ser gentil consigo, e valorizar as suas próprias vitórias.

O livro também traz um depoimento singelo da própria Lupita no final, que vale a pena ler para a pequena.

Preço: R$36,30

7. Meu crespo é de rainha – Bell Hooks

O livro de Bell Hooks é uma escolha especial para as meninas que adoram a sonoridade das palavras rimadas. Em cada página, a literatura mostra para as pequenas como o cabelo crespo pode ser tratado com carinho e a diversidade de penteados que saudam uma ancestralidade carregada de empoderamento. Com um linguajar lúdico, a obra mostra a completude da beleza do fenótipo negro e trabalha para que o diálogo sobre raça comece ainda na infância, a fim de que estejamos engajados em formar crianças antirracistas.

Preço: R$27,30

Veja também

8. Ana levada da breca – Maria de Lourdes Ramos Krieger

Criança merece ser… criança! Conhecida como uma garotinha feliz e que tinha até o apelido de “levada da breca”, Ana vivia imersa na diversão de ainda ser pequena. Só que isso muda quando ela decide que vai seguir a vida de adulto, tornando-se o que as pessoas chamam de “boazinha”, quietinha e sem dar a opinião para nada.

O problema é que ser assim não parece tão interessante na prática quanto a vida de antes, e até mesmo os resultados não são dos melhores. O livro é importante para lembrar às meninas de que elas não precisam se anular para serem aceitas. Pode brincar, correr e pular a vontade!

Preço: R$29,24

9. Clarice Lispector para meninas e meninos – Nádia Fink

E como no início das nossas indicações, a última delas é de uma mulher real que fez a diferença na história brasileira. Clarice Lispector foi uma escritora que rompeu com os conceitos que rondavam e limitavam as figuras femininas em sua época. Nos seus escritos, ela se destacou pela narrativa intimista que narrava o psicológico dos personagens, com um dia a dia trabalhado em subjetividade. Na coleção Antiprincesas, sua vida é retratada ilustrada, rodeada pelos filhos e um cachorro louco que insiste em comer os seus cigarros enquanto ela explora todo seu talento na literatura.

Preço: R$25,65

*A redação selecionou produtos em outubro de 2020. Nós podemos receber uma comissão por compras realizadas na Amazon. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s