Cozinhar com os filhos é caminho para contornar dificuldades alimentares

Levar os filhos para a cozinha desde a mais tenra idade ajuda a criar momentos felizes e saudáveis em família. Veja dicas e coloque a mão na massa.

Está com os filhos em casa nessas férias? Que tal aproveitar para começar a criar o hábito de cozinhar? Para os especialistas, essa é uma estratégia certeira para criar logo cedo uma boa relação com a comida, e inclusive superar questões como a seletividade e a neofobia, o medo de experimentar alimentos novos.

Não é preciso esperar a criança crescer para começar e nem criar uma “hora de apresentar a cozinha”. “O filho deve participar do processo desde sempre e da forma mais natural possível. Na introdução alimentar, leve junto para a cozinha na hora de amassar as frutas, descasque na frente dele”, comenta a nutricionista Gabriela Kapim, apresentadora do programa Socorro! Meu Filho Come Mal, do canal GNT.

Por volta dos dois anos, quando a criança descobre a própria autonomia e poder do “não”, ela também costuma receber o prato pronto. A familiaridade com a cozinha pode começar nesse momento. “Algumas crianças pequenas que atendo não sabem como é uma fruta inteira, nem que tem semente no mamão”, aponta Raquel Ricci, nutricionista do Instituto PENSI.

Quando o pequeno participa do preparo de um vegetal, a chance de se interessar por ele é muito maior. Fora isso, a cozinha ensina sobre a origem dos alimentos, o ciclo produtivo e o respeito à natureza, aumentando as chances de formar um adulto mais consciente.

Treinamento gradual

Quando a criança já tem mais coordenação motora, pode começar com tarefas super simples, como colocar os ingredientes numa travessa, lavar um legume ou rasgar folhas com a mão para uma salada. Elas adoram colocar a mão em massas e ter experiências com texturas diferentes.

“Com cerca de quatro anos, ela já pode montar a mesa, um sanduíche, quebrar ovos e até cortar alimentos mais molinhos com faca sem ponta”, explica Luciana Carvalho, nutricionista especialista em alimentação infantil, que mantém o perfil Nutricionista Pediatra no Instagram.

Os afazeres evoluem com o pequeno. Aos cinco ou seis, dá para apresentar o micro-ondas, ensinar a medir ingredientes, usar forminhas de plástico. Só o fogo e as facas com ponta que devem ficar para mais tarde, depois dos oito ou nove, de preferência – pode variar de acordo com o nível de desenvolvimento de cada um, mas sempre com supervisão.

Falta de tempo não é desculpa

É quase  impossível cozinhar todos os dias, principalmente em grupo, mas é bacana estabelecer uma certa rotina para colocar a mão na massa – uma vez por semana, por exemplo. Se a criança não demonstra muito interesse, você pode começar com pratos que ela goste, mesmo que não sejam tão saudáveis.

Se ela não come cenoura, por que não começar com um bolo de cenoura? A partir daí ela pode ir aparecendo de outras maneiras no prato. Mas a aceitabilidade da criança surpreende os adultos. “Guacamole, por exemplo, é algo que você não imagina, mas elas amam comer”, destaca Gabriela.

O desafio e a sensação de dever cumprido colaboram muito para isso e dão ares lúdicos ao preparo. Para tornar a ocasião ainda mais divertida, faça um rodízio de sugestões, cada semana um membro da família escolhe a receita. Fora destes momentos, inclua a criança nas pequenas coisas, como o preparo da lancheira e a montagem do prato.

Oportunidade para transmitir valores

Além do aspecto nutricional, o hábito ajuda a desenvolver habilidades importantes, como a paciência de esperar algo ficar pronto, trabalho em equipe e organização. Até por isso, é bacana que ela participe de todas as etapas. “Cozinhar com as crianças é bom, mas quando acaba está aquele caos na cozinha e sobra a arrumação para os pais ”, destaca Kapim.

Eles precisam entender que há o antes, durante e depois, e cada um pode fazer uma coisa: um varre, outro recolhe as cascas, os mais velhos lavam a louça e por aí vai. “Meus filhos costumam dizer para mim ‘eu gosto quando você faz isso mamãe, porque quando formos morar sozinhos já sabemos o que fazer’”, comemora Kapim.

Por último, a cozinha é um ambiente perfeito para estreitar vínculos, tentar, errar e se divertir em família. Uma saborosa experiência em tempos tão corridos.

Receitas para fazer em família

Para decorar, bananinhas cortadas com ajuda de uma forma de estrela

Para decorar, bananinhas cortadas com ajuda de uma forma de estrela (olgadrach/Getty Images)

As sugestões abaixo foram enviadas ao Bebê.com.br pelas nutricionistas ouvidas na reportagem. Confira e distribua as tarefas conforme a capacidade de cada filho.

Panqueca de banana

Ingredientes:

  • 1 colher de sobremesa de aveia
  • 1 ovo
  • 1 banana bem madura
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 colher de sobremesa de cacau em pó (opcional)

Modo de preparo:

  • Amasse a banana com a ajuda de um garfo. Acrescente a canela e reserve;
  • Em outro refratário, bata o ovo com a ajuda de um garfo e acrescente a aveia, o cacau caso utilize e misture bem;
  • Junte aos demais ingredientes;
  • Unte a frigideira com um fio de óleo e leve ao fogo até dourar

Bolo integral de banana

Ingredientes:

  • 6 bananas
  • 3 ovos
  • ½ xícara de leite
  • ½ xícara de óleo
  • 2 xícaras de açúcar mascavo ou demerara
  • 1 xícara de aveia
  • 1 xícara de farinha de trigo integral
  • 1 colher de sopa de fermento

Modo de preparo:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Bata no liquidificador 1 banana, os ovos, o leite e o óleo;
  • Acrescente o açúcar e bata mais um pouco;
  • Em outro recipiente, misture a farinha de trigo, a aveia e o fermento e em seguida, acrescente a mistura do liquidificador, mexendo bem;
  • Em uma forma untada, coloque metade da massa e acrescente as demais bananas cortadas em rodelas finas. Por fim, coloque o restante da massa e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos.

Torta de Maçã

Ingredientes massa:

  • 1 xícara de chá farinha de trigo branca
  • 1 xícara de chá farinha de trigo integral
  • 2 colheres de sopa manteiga
  • 3 colheres de sopa de óleo de coco
  • 2 colheres de sopa de açúcar demerara
  • 1 colher de sobremesa de canela
  • 1 limão (raspa)

Ingredientes recheio:

  • 1⁄2 xícara(s) de chá açúcar demerara
  • 3 colher(es) de sopa canela em pó
  • 1 limão (sumo)
  • 4 maçãs

Modo de Preparo:

  • Descasque e corte as maçãs em “orelhas”. Deixe de molho na água com o suco limão.
  • Em uma vasilha, junte os ingredientes da massa: as farinhas, o açúcar, a canela, e a raspa de limão, a manteiga, vá adicionando o óleo de coco ate dar a liga.
  • Unte a forma e forre com a massa.
  • Faça uma mistura de 2 colheres de sopa de açúcar com o restante da canela. Polvilhe, metade dessa mistura por cima da massa.
  • Arrume as maçãs e polvilhe o restante da mistura (açúcar e canela).
  • Coloque pra assar em um forno pré aquecido por aproximadamente 40 minutos.

 (Lilechka75/Getty Images)

Omelete de forno

Ingredientes:

  • 6 claras de ovo
  • 4 gemas de ovo
  • 1 tomate
  • 1/3 cabeça de brócolis
  • 1 colher de sopa de orégano
  • Sal a gosto
  • Manteiga ou margarina suficiente para untar

Modo de preparo:

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC;
  • Unte uma forma refratária, espalhando a manteiga ou margarina com a ajuda de um pincel ou papel toalha;
  • Corte o tomate em cubinhos e o brócolis em ramos bem pequenos;
  • Em uma batedeira, bata as claras em neve e em seguida, desligue a batedeira e misture as gemas, delicadamente, com a ajuda de uma espátula;
  • Acrescente o sal e leve ao forno para assar até dourar

Guacamole

Ingredientes:

  • 1 abacate
  • 1 cebola roxa
  • 1 limão (sumo)
  • 1 dente de alho
  • 2 tomates
  • Cheiro-verde e/ou coentro
  • Azeite de oliva extravirgem
  • Sal e pimenta (a gosto)

Modo de preparo:

  • Retire o abacate da casca e amasse-o com um garfo.
  • Pique a cebola, o tomate (sem semente) e as ervas.
  • Amasse o alho.
  • Misture todos os ingredientes e tempere com as ervas, o sal, a pimenta, o azeite e o limão.

Lasanha de Legumes

Ingredientes:

  • 1 pacote massa para lasanha, direto no forno
  • 1 abobrinha,
  • 1 berinjela,
  • 1 brócolis;
  • 500ml de molho de tomate caseiro
  • 400 gramas de queijo mussarela, ralado ou fatiado
  • 100 gramas de queijo parmesão, ralado

Modo de Preparo:

  • Prepare o molho de tomate.
  • Passe no processador (triturar) todos os legumes e o queijo, separadamente.
  • Adicione os legumes já triturados ao molho de tomate.

Montagem:

Pegue uma travessa, coloque 1 concha de molho com legumes, acrescente a massa, molho, depois o queijo, coloque novamente a massa, e aplique o molho de tomate por cima da massa, repita esse processo até completar a travessa. Finalize com o molho de tomate. Salpique o queijo parmesão.

Molho de Tomate Caseiro

Ingredientes:

  • 1 kg de tomate molho
  • 2 cenouras
  • 1 cebola, pequena
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem
  • Sal à gosto

Modo de Preparo:

  • Bata os tomates, 1/2 cebola e a cenoura no liquidificador. Peneire.
  • Em uma panela, refogue o alho e o restante da cebola.
  • Adicione o molho, assim que ferver abaixe o fogo e deixe cozinhar até o ponto que desejar.

     Já conhece nosso podcast? Dá o play! 

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s