“Não iria de jeito nenhum romantizar a maternidade”, diz Andréia Sadi

Em entrevista à CLAUDIA, a jornalista da GloboNews falou sobre sua rotina (na real) como mãe dos gêmeos João e Pedro

Por Da Redação 20 jun 2022, 17h09

“Coloquei como meta que sempre que alguém me perguntasse algo, eu sempre falaria a realidade”. É assim, de um jeito transparente, que Andréia Sadi pretende tratar a maternidade. Em entrevista à CLAUDIA, a jornalista da GloboNews refletiu sobre seu atual momento profissional e sobre como o fato de ser mãe se insere nesse contexto.

Andreia Sadi grávida e sorrindo diante de uma árvore de Natal
Andréia Sadi grávida dos gêmeos João e Pedro @andrerizek/Instagram

Especialista na cobertura política da emissora, Andréia teve a gravidez dos gêmeos João e Pedro (seus filhos com o jornalista esportivo André Rizek) acompanhada pelo público. “Desde o início eu institui pra mim mesma que eu não iria de jeito nenhum romantizar a maternidade. É a melhor coisa do mundo? Sim, mas é difícil e cansativo, você precisa se organizar e ter ajuda”, disse. O resultado? Muitas mensagens de agradecimento pela postura.

View this post on Instagram

A post shared by Andréia Sadi (@sadiandreia)

Na conversa, a paulistana de 35 ainda relembrou sua revolta ao opinar sobre uma declaração do ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, que afirmou que “mulheres recebem salários menores porque engravidam, cuidam dos filhos, vão mais ao médico e preferem jornada de trabalho menor”. “Depois que virei mãe, percebi que a licença-maternidade traz essa segurança de que você está empregada e tem uma rede de apoio”, comentou.

A estreia no comando do Estúdio i (em pleno ano eleitoral!) e as curiosidades sobre o jornalismo ao vivo também foram assuntos abordados no papo.

Clique aqui para ler o conteúdo de CLAUDIA na íntegra!

Continua após a publicidade

Publicidade