Itens essenciais para levar na mala de verão do bebê

Fraldas, chinelos, remédios, documentos... confira a lista e as dicas que separamos para tornar o passeio tranquilo para pais e filhos

Por Laís de Andrade Atualizado em 29 dez 2016, 11h38 - Publicado em 29 dez 2016, 10h54

Na hora de arrumar a mala do pequeno começam a surgir diversas dúvidas sobre o que levar – o que é exagero ou realmente essencial para passar os dias viajando com o bebê? Para ajudar os pais nessa tarefa, conversamos com Danielle Cogo, consultora materna e proprietária da empresa “Assessoria Mamãe” e reunimos algumas dicas importantes. Veja abaixo!

1. Roupas e sapatos:

bebe-na-praia-com-chapeu
Nadezhda1906/Thinkstock/Getty Images

A especialista cita alguns itens que não podem ficar de fora: camisetas, shorts, maiô ou sunga, regatas, pijamas de verão, chapéus e bonés. “Além dessas peças, vale a pena levar calças frescas e pelo menos dois casaquinhos leves, pois às vezes pode esfriar um pouco”, explica Danielle. Em relação a quantidade, o ideal é colocar na mala o dobro de roupas que o bebê está habituado a usar por dia. Se for possível lavá-las durante a viagem, o recomendado é levar o mesmo número de peças que o seu filho veste quando está em casa. Para os pés, conte com chinelos e sandálias para o dia e um tênis caso chova ou não esteja tão quente.

2. Higiene:

bebe-de-fralda-praia
FamVeld/Thinkstock/Getty Images

Leve o dobro da quantidade de fraldas que o bebê utiliza por dia – ainda mais se a viagem for feita de carro ou durar longas horas. Também é importante incluir fraldas para piscina, pomada de assadura, lenços umedecidos, sabonete líquido para corpo e cabelo (de preferência aquele 2 em 1 para não carregar muitas coisas), creme hidratante, escova de cabelo, algodão, cotonete, toalha de banho, banheira inflável, trocador de fralda portátil e cortador de unha. Danielle sugere que as mamães listem e providenciem os produtos de higiene alguns dias antes da viagem para não precisar comprar tudo de última hora.

3. Alimentação:

bebe-comendo-praia
Pawel_Czaja/Thinkstock/Getty Images

Inclua na bagagem para o trajeto água, papinhas, mamadeira, copinho, bolachas ou outros itens que a criança já está habituada a comer e que podem ser armazenados no carro ou na própria bolsa do bebê. “Não se esqueça também de babadores, papel toalha, escova para mamadeira, lancheiras ou potes térmicos e talheres – dê preferência aos que a criança está acostumada, mas também vale a pena levar alguns descartáveis em caso de emergência”, lembra a consultora materna.

4. Sono:

Continua após a publicidade
bebe-dormindo-praia
tatyana_tomsickova/Thinkstock/Getty Images

Viagens podem deixar o bebê naturalmente mais ansioso e desconfortável pelo ambiente desconhecido, então, é essencial manter na mala objetos que ele usa no dia a dia para evitar agitação na hora de dormir. Danielle cita como essenciais a mantinha, travesseiro, naninha, berço portátil, babá eletrônica, além dos brinquedos favoritos do pequeno.

5. Saúde:

bebe-tomando-remedio
hilllander/Thinkstock/Getty Images

Se for possível, consulte o pediatra do seu filho antes de viajar. Ele poderá dar indicações mais precisas sobre quais remédios devem ser levados no caso de emergência. “Vale incluir na mala antitérmico, analgésico, antialérgico e antigases, protetor solar, repelente, pomada para picada de inseto e termômetro”, ressalta a especialista.

6. Documentos:

certidao-de-nascimento
Comstock/Thinkstock/Getty Images

Separe com antecedência a certidão de nascimento ou RG e passaporte (dependendo do local escolhido para passar as férias). Não se esqueça da carteirinha do convênio médico e de vacinação para casos emergenciais. Levar o telefone do pediatra também é muito importante.

7. Outros itens úteis:

bebe-com-boia-na-piscina
FamVeld/Thinkstock/Getty Images

A indicação de Danielle é incluir uma bolsa de passeio de plástico, que seja fácil de limpar e térmica, para não estragar os alimentos e líquidos. “É indicado levar na bagagem um carrinho de passeio pequeno, umas 2 ou 3 boias para piscina e um tapete em que o bebê possa ficar. Sacos plásticos são úteis para trocas de fraldas em lugares onde não há como descartá-las e para roupas molhadas e sujas de areia. Dependendo de onde for se hospedar, vale a pena levar alguns lençóis, pois o xixi pode vazar e acontecerem outros acidentes”, alerta.

A consultora materna ainda listou outras dicas gerais para tornar a viagem mais tranquila e segura para toda a família. Confira:

  • Faça uma lista e comece a preparar a mala alguns dias antes da viagem para não se esquecer de nada;
  • Separe 2 bolsas de passeio para o bebê: uma grande e uma pequena (leve a pequena vazia);
  • A mamãe e o papai devem sempre levar uma camiseta extra para os dois na mala de passeio do pequeno. Assim, eles estarão seguros caso algum imprevisto aconteça;
  • Embale os remédios e itens de higiene que podem vazar em um saco plástico para evitar acidentes;
  • Com as altas temperaturas, alguns bebês transpiram bastante, por isso, as camisetas devem ter tecidos bem leves;
  • Certifique-se de que tenha uma farmácia ou mercado próximo ao local onde vocês vão se hospedar para comprar algum item se for necessário.
  • Continua após a publicidade
    Publicidade