Imagem Blog

Coisas de Dinda

Manuela Macagnan (@manuelamacagnan) é jornalista e escritora - mas a função preferida dela é ser madrinha da Caetana e do Heitor
Continua após publicidade

Sobre tradições de Natal com meus afilhados (ou a falta delas)

Um texto para falar dos rituais natalinos que eu não tenho com as crianças

Por Manuela Macagnan
24 dez 2023, 16h15

Eu não tenho nenhuma tradição de Natal com meus afilhados. E só me dei conta disso quando minha editora sugeriu um texto sobre o assunto. Respondi que “sim, vou escrever” e depois pensei: “Gente, sério?”.

Isso é ainda mais estranho para uma pessoa como eu, que adora rituais. Mas, então, decidi: “Ok, vou escrever sobre não ter nenhuma tradição natalina.”

A verdade é que, de uns anos para cá, eu não tenho curtido o Natal. É uma época de tanta correria e tanto trabalho (sem falar no calor), que eu não consigo absorver o espírito natalino e curtir de fato. São dias de ansiedade e, quando chega a noite do Papai Noel, estou esgotada. Todos os anos eu planejo que “dessa vez vai ser diferente” e falho miseravelmente.

É claro que esse meu sentimento a respeito do Natal se reflete nas minhas relações, inclusive com meus afilhados. Mas tudo isso é só para dizer que se você, assim como eu, não tem nenhuma tradição natalina, está tudo certo.

Continua após a publicidade
Família brincando na cozinha com adereços de natal
(AleksandarNakic/Getty Images)

Eu sei que a gente vê ideias incríveis no Instagram, surpresas inacreditáveis, Bons Velhinhos impecáveis e, sim, dá uma vontadezinha de preparar algo para surpreender os pequenos e captar aquela carinha de fascinação. Mas eu vou dizer algo que você provavelmente já sabe: as crianças se encantam todos os dias, com as coisas mais simples do mundo.

Então, se você não criou uma tradição natalina até hoje, mas tem vontade de fazer algo, pode começar a preparar! Afinal, temos Natal todo ano. Mas se não tem, fique tranquila. Parece que você está sozinha, mas eu garanto que não está. Concentre-se em todas as carinhas de surpresa que você viu ao longo do ano, em cada descoberta que fez com os seus afilhados, cada coisa nova que ensinou a eles. É isso que importa: eles saberem que podem contar com a dinda para tudo, independentemente de ser Natal ou não.

Um Feliz Natal para toda a sua família! Que seja de gente querida reunida, muito amor e lembranças inesquecíveis. Até o ano que vem!

Continua após a publicidade

+ LEIA AQUI OUTRAS COLUNAS COISAS DE DINDA

+ Siga a Manu Macagnan no @manuelamacagnan!

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade