20 fotos que mostram a beleza da amamentação prolongada

Os cliques revelam todo o amor entre mãe e filho nesse momento que só deve ser descontinuado quando os dois quiserem.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno seja exclusivo nos primeiros 6 meses de vida e complementar até os 2 anos de vida ou mais. Apesar disso, não é raro que as mães que escolheram dar de mamar mesmo após essa faixa etária ouçam comentários nada agradáveis. “O seu leite não tem mais nutrientes” e “Você não acha que já está na hora de parar?” são apenas alguns dos palpites com os quais elas são bombardeadas. No entanto, a amamentação prolongada (ou continuada) traz diversas vantagens – entre elas a redução no risco de alergias, de obesidade, hipertensão, diabetes e colesterol alto, além de proteção contra infecções respiratórias. Portanto, se mãe e filho são beneficiados e se é algo que traz bem-estar para os dois, não há motivo para a prática ser interrompida. Esse é um ato de amor e as fotos que reunimos abaixo comprovam isso. Confira: 

View this post on Instagram

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda amamentar exclusivamente por 6 meses e, depois da introdução de outros alimentos, até 2 anos ou mais, sem especificar limite. O tempo médio de aleitamento materno no Brasil é de menos de 1 ano (342 dias), segundo dados do Ministério da Saúde referentes a 2008. Já o índice de aleitamento materno exclusivo de crianças com menos de quatro meses é de 52%. Na outra ponta, cresce o movimento pela amamentação prolongada, que significa dar de mamar por mais que 2 anos. Às vezes bem mais. Na foto Joaquim e sua mamãe @fernanda_heemann_lara que tiveram uma linda trajetória na amamentação, Joa mamou até quase 3 anos de vida! #smam #agostodourado #mesdaamamentacao #amamentar #amamentacaoprolongada #amorliquido #recordaçoes #amoremimagens #flordoser #mairareif

A post shared by Flor Do Ser Fotografia (@flordoser___fotografia) on

View this post on Instagram

Hoje é o dia mundial da amamentação e eu tenho muito orgulho de ainda amamentar meu pequeno que tem 2 anos e três meses. O leite mateno é o melhor alimento que existe para seu filho, pois é nutricionalmente completo, proteje contra doenças além de aumentar o vínculo afetivo entre mãe e filho. A OMS recomenda aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida e recomenda a amamentação até 2 anos ou mais, fase que a criança ainda necessita de leite. A indústria alimentícia tenta com todas suas forças ¨copiar¨a fórmula do leite materno mas nunca o leite de vaca terá os mesmos benefícios e composição, inclusive a introdução precoce do leite de vaca é uma das causas de alergia ao leite de vaca. As crianças que são alimentadas com leite artificial têm maior risco de vir a sofrer de otites, amigdalites, bronquiolites, pneumonias, diarreias, infecções urinárias e sépsis e outras alergias. A amamentação prolongada tem benefícios para mães e filhos como redução de obesidade, diabetes tipo 2, hipertensão arterial e hipercolesterolemia para as crianças e para as mães aproteção contra o câncer de mama e de ovários, ajuda a mulher a perder peso, diminuição dos índices de artrite reumatóide, proteção contra osteoporose e anemia Diante de tantos benefícios fica difícil entender como ainda existe tanto preconceito em relação a amamentação, muitas vezes dentro da própria família. Eu mesma já ouvi comentários como: Você não se preocupa com a dependencia psicológica do seu filho? Você não se sente constrangida em colocar o peito para fora? Não, não me sinto constrangida e é por este tipo de comportamento que recentemente foi aprovado o Projeto de Lei nº 414/2015, que impede que estabelecimentos impeçam mulheres de amamentar em público e garante que a liberdade para amamentar o bebê está assegurada. Amamentar é um ato de amor e não é por isso, tenho mais que certeza, que meu filho terá problemas psicológicos ou de desenvolvimento. Mãe amamente, se informe, empodere-se, busque ajuda, não deixe de amamentar seu filho!

A post shared by Nutri Lica Stefani CRN 0949 (@nutrilicastefani) on

View this post on Instagram

Hoje começa a Semana mundial do aleitamento materno 2017, e é claro que eu apoio essa campanha. Amamentar é algo que somente a mãe pode fazer pelo filho, mas muitos ao seu redor podem e devem apoiar essa mãe pra que isso aconteça. Eu tenho certeza que eu e Lucca só completamos 2 anos e 1 mês de amamentação, porque eu tive todo apoio e suporte necessário pra chegar até aqui! Incentive, motive, apoie, ajude as mães ao seu redor, pra que elas consigam amamentar e oferecer aos seus filhos um dos maiores presentes da vida! E pra seguir as comemorações desse mês dourado, do aleitamento materno, eu volto com uma nova temporada no meu canal do YouTube, uma temporada inteirinha dedicada a amamentação, contando como foi a nossa jornada até aqui, todos os desafios, superações, dores e maravilhas que eu vivi nessa extraordinária jornada de 2 anos de amamentação. Acompanhe!!!! #semanamundialdoaleitamentomaterno #worldbreastfeedingweek #amamentação #breastfeeding #normalizebreastfeeding #realfemachadotv

A post shared by Fernanda Machado (@realfemachado) on

View this post on Instagram

What's your superpower? 🍼

A post shared by Ivette Ivens (@ivetteivens) on

View this post on Instagram

Beauty in the chaos.

A post shared by Ivette Ivens (@ivetteivens) on

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s