Prematuridade: a história de um bebê com cardiopatia congênita

Mãe relata as cirurgias pelas quais o filho precisou passar para hoje, aos 5 anos de idade, ter mais qualidade de vida.

Por Nathália Florencio Atualizado em 3 set 2020, 12h43 - Publicado em 31 jul 2018, 22h29

A mãe Renata Ceolin abriu o coração – e a sua casa – para falar sobre a chegada antes do tempo dos gêmeos Vitor e Miguel, hoje com 5 anos de vida. Ela contou, também, como enfrentou a descoberta da cardiopatia congênita em um dos bebês. Assista!

  • Publicidade