Sexo do bebê poderá ser revelado com picada no dedo da mãe, estudo indica

Descoberta foi feita por pesquisador brasileiro e tem mecanismo semelhante ao do exame de sangue tradicional de sexagem fetal. Entenda!

Por Chloé Pinheiro 18 Maio 2018, 18h32

Já imaginou descobrir o sexo do bebê com apenas uma picadinha no dedo? Pois em breve esse método poderá virar realidade! É o que sugere uma pesquisa feita pelo laboratório Sabin, em Brasília, e publicada no Prenatal Diagnosis, importante periódico científico sobre medicina diagnóstica fetal.

A ideia é a mesma da investigação feita por exame de sangue: buscar no sangue da mãe a presença do cromossomo Y, que determina o sexo masculino. Se ele não estiver presente, é uma menina que está a caminho. O que o novo estudo concluiu é que o cromossomo Y aparece inclusive na microcirculação que irriga a ponta dos dedos da mulher, o que torna a análise bem mais simples e rápida, como os testes de glicemia que controlam o diabetes.

Participaram do trabalho 101 mulheres com idade gestacional entre 8 e 20 semanas. Os pesquisadores testaram diversos produtos para esterilizar a pele e garantir que nenhum DNA de fora contaminasse a amostra e, assim, picaram os dedos das participantes. No final, os testes feitos em dedos limpos com hipoclorito de sódio acertaram 100% dos diagnósticos.

Um futuro mais prático

O objetivo do estudo, além de comprovar que o DNA fetal está presente nos vasos capilares, como são chamados esses vasinhos menores, é facilitar a investigação do sexo do bebê, pois, caso seja aprovado, o método poderia ser comercializado em kits e feito em casa. Mas os autores ressaltam que mais estudos, que incluam um número maior de mulheres, são necessários antes de bater o martelo sobre a eficácia do teste.

Atualmente o exame de sangue para sexagem fetal é indicado da 8ª semana em diante e tem precisão de 96%. Além dele, existem o exame de urina, que pode ser feito a partir da 10ª semana, e o ultrassom, mais tradicional, que revela o sexo com certeza só a partir da 16ª semana de gravidez.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade