Mãe compartilha sua frustração com as dificuldades em amamentar

Ao perceber que o aleitamento é um verdadeiro desafio para muitas mulheres, Leah resolveu desabafar e apoiar quem passa pela mesma situação.

Ao dar à luz, muitas novidades acompanham o nascimento do bebê – algumas instintivas, mas outras que demandam técnicas e cuidados, principalmente para as mães de primeira viagem. A amamentação, que pode parecer tão simples e natural para algumas pessoas, talvez seja a principal delas. Pega incorreta, leite empedrado, mastite… São tantos os problemas que podem decorrer do aleitamento materno que, às vezes, o que fica é um sentimento de frustração.

Foi ao passar por essa experiência que a americana Leah resolveu falar abertamente sobre as suas dificuldades que enfrentou para amamentar. Mãe da pequena Penelope, ela comanda a conta no Instagram The Nashville Bump, na qual compartilha fotos e textos relacionados à maternidade. “Eu tinha visto tantas fotos nas redes sociais de mães amamentando seus bebês com tanta alegria que eu não me dei conta de que nem sempre é daquele jeito. Parecia tão fácil e natural para elas, mas mesmo coisas que são fáceis e naturais podem ser uma experiência de aprendizado para muitas pessoas”, escreveu.

Leah começou a se questionar em relação à amamentação e acabou percebendo que muitas das suas amigas se sentiam da mesma forma – o que a motivou a tornar sua experiência pública. Ao escrever sobre o assunto no Instagram, a americana tinha como objetivo encorajar outras mulheres que poderiam, assim como ela, estar inseguras ao darem de mamar.

Em entrevista ao Huffington Post, Leah contou que, antes do nascimento da Penelope, ela não tinha ideia do quanto isso poderia ser um verdadeiro processo de aprendizado para muitas mães. E acabou encontrando ajuda com um consultor de aleitamento que a incentivou a desenvolver mais segurança – por isso, ela estimula outras mães a buscarem ajuda. “É preciso mais do que um peito para amamentar um bebê! É preciso tempo, paciência, suporte, nutrição adequada, segurança e, às vezes, ajuda profissional para superar suas dificuldades”, afirmou.

O post teve milhares de curtidas e contou com centenas de comentários de mulheres que se reconheceram naquele depoimento. Confira a publicação original e, em seguida, a tradução:

Ok, I'm going to say it for us all. Breastfeeding is hard. It's really, really hard. Sometimes I can't even explain what makes it so difficult. The uncertainty, second guessing, responsibility, commitment, discomfort…just to name a few. We trusted our bodies to grow our babies for 9 months and now we have to trust our body to supply the nourishment for our babes growth & development. Talk about pressure😳 Breastfeeding is full of unanswered questions. You truly don't know what's going on down there. Too much? Too little? Too intense? Not enough hindmilk? Not enough time? Plugged duct? Mastitis? WTF!!! As if it wasn't hard enough😓And of course the biggest way to know if you're doing well is if the baby is gaining weight…great, let me just whip out my handy dandy baby scale😑..But, even with all of that. We all so desperately want to survive and push through. We so badly want to have our baby thrive. We want that relationship. We want the experience. In the end, fed is best. That's what matters. But all I know right now is that breastfeeding is hard. I am doing my very best but always have a question in the back of my mind. Always second guessing myself. Always wondering if I'm doing OKAY. I'm determined to tough it out. I want to do this. Mamas really do need all the support they can get. So mama, you're hearing it from me, you're not going crazy, it is hard, but you're doing good. Keep going!! There's a rumor going around that it gets easier😌 • • • #motherhoodrising #motherhood #motherhoodunplugged #postpartum #breastfeeding #ebf #fedisbest #baby #newborn #mom #mama #momlife #fitpregnancy #pregnant #pregnancy #babygirl #letthembelittle #laleche #momstrong #fitmom #mommy #daughter #ig_baby #ig_motherhood #newmom #healthypregnancy #strongmom

A post shared by Hi, We are Leah & Pbunny (@thenashvillebump) on

Ok, eu vou dizer isso por todas nós. Amamentar é difícil. É muito, muito difícil. Às vezes eu nem consigo explicar o que torna isso tão complicado. As dúvidas, as suposições, a responsabilidade, o compromisso, o desconforto… Só para citar algumas coisas. Nós confiamos no nosso corpo por nove meses para que o nosso bebê se desenvolvesse e, agora, nós temos que confiar que ele vai suprir as necessidades de nutrição dos nossos pequenos, para que eles cresçam e se desenvolvam. Sobre a pressão: amamentar é algo cheio de perguntas sem respostas. Você realmente não sabe o que está acontecendo ali embaixo. Muito leite? Pouco? Muito intenso? Pouco tempo? Leite empedrado? Mastite? Como se já não fosse difícil o suficiente! E é claro que o melhor jeito de saber se você está indo bem é verificar se o bebê está ganhando peso… Claro, deixa eu só pegar aqui minha balança portátil. Mas, mesmo com todas essas coisas, a gente quer desesperadamente sobreviver e atravessar isso. A gente quer tanto que o nosso bebê se desenvolva. A gente quer aquela ligação. A gente quer a experiência. No fim, o que importa é ele estar alimentado. Mas tudo o que eu sei agora é que amamentar é difícil. Eu estou fazendo o meu melhor, mas sempre fica uma pergunta lá no fundo da minha cabeça. Sempre estou me questionando. Sempre me perguntando se estou fazendo direito. Eu estou determinada a ser forte. Eu quero fazer isso. Mães precisam de verdade de todo o apoio que elas puderem ter. Então, você, mãe, que está ouvindo isso de mim: você não está louca. É difícil, mas você está indo bem. Continue assim! Dizem por aí que vai ficando mais fácil.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s