Verão: como resolver problemas de saúde comuns que as crianças enfrentam

Elaboramos um guia rápido para você saber o que fazer se o pequeno se machucar, tiver febre, diarreia ou vômito.

 

1. O que fazer quando a criança se queima com água-viva?
Lave o ferimento com a água do mar, que ajuda a soltar algum tentáculo que por ventura tenha ficado preso na criança. Não passe nenhuma pomada e, de forma alguma, utilize fórmulas caseiras, como lambuzar a pele com pasta de dente. Se a queimadura for muito extensa, leve o pequeno para o pronto-socorro.
 
2. É comum que os pequenos tenham mais diarreia e vômito durante o verão? Como tratar?
Sim, as doenças gastrointestinais são mais comuns no verão e, normalmente, estão relacionadas a vírus. Quando a criança apresentar um quadro de vômito e diarreia, o primeiro passo é avaliar se ela consegue se hidratar sem vomitar. Ofereça bastante água, água de coco, sucos naturais e frutas. Lembre-se de que os refrigerantes não hidratam! Se o pequeno não melhorar, procure um médico.
 
3. O que os pais devem fazer se, depois de um dia brincando no sol, a criança tem febre sem nenhum motivo aparente?
Febre não é doença. É um sintoma de que algo não está bem. Normalmente, ela aparece para denunciar alguma infecção. Se a criança não estiver vomitando e não apresentar alterações na pele, medique-a com um antitérmico comum, como paracetamol, e observe. Se a febre baixar e a criança continuar apática, quietinha ou amuada, procure a orientação do pediatra.
 
4. Existe alguma forma de proteger as crianças das viroses?
A criança deve ter as vacinas em dia, mas não há nada que possa ser feito, além de prevenir. Os vírus comuns no verão são extremamente resistentes – eles suportam gelo, água e até altas temperaturas. Para evitar a contaminação, lave bem as mãos, tanto as suas como as do seu filho e, se for fazer passeios demorados, leve comida de casa armazenada em um isopor. Evite consumir alimentos na praia e beba apenas água mineral.
 
5. A partir de que idade a criança pode passar o filtrar solar?
A partir dos 6 meses. Antes disso, o bebê deve tomar meia hora de sol por dia e sempre antes das 10 horas da manhã ou no final da tarde.
 
6. Como agir quando a criança se queima no sol?
Passe um creme calmante ou um hidratante o mais natural possível. Além disso, ofereça bastante água para ele beber. É muito importante mantê-lo hidratado.
 
7. De quanto em quanto tempo deve-se repassar o filtro solar?
Sempre que a criança entrar na água, reforce o protetor solar. Além disso, repasse a cada duas horas, mesmo que o pequeno fique seco. Lembre-se de que mesmo na sombra, brincando na areia, a criança pode se queimar.
 
8. O que fazer se o pequeno espetar o pé num ouriço ou numa concha?
Lave bem com água e sabão. Se o ferimento for extenso ou sangrar muito, procure um pronto-socorro.

Fontes:

Roberto Tozze, pediatra do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo; Sueli Aparecida Bispo de Souza, professora de neonatologia da Faculdade de Medicina do ABC Paulista.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s