Por que tantos bebês têm icterícia?

Ter um pouco de icterícia ao nascer é normal, mas preocupa quando o quadro é mais intenso e demora para melhorar.

Por que tantos bebês tem icterícia ao nascer?

“Um pouquinho de icterícia é normal; é o que chamamos de icterícia fisiológica. Praticamente 100% dos bebês a desenvolvem por volta do segundo ou terceiro dia de vida. Quando a criança está na barriga, absorve o oxigênio pela mãe e a hemoglobina é de um jeito, específica do feto. Ao nascer, ela vai sendo destruída pelo próprio organismo e substituída pela hemoglobina normal – e é isso que gera a tonalidade amarela na criança. Como o fígado do recém-nascido não está totalmente maduro, é esperado que ele tenha uma forma leve desse quadro clínico. O que preocupa é se ele for mais intenso e demorar para melhorar. A icterícia fisiológica pode durar até um mês e meio. Às vezes, ela ocorre por causa da metabolização do  leite materno. Em geral, dura de 12 a 15 dias. Em 85% dos casos, regride espontaneamente. Desde que o pediatra acompanhe, a família pode ficar tranquila”, explica Maria Amparo Martinez, pediatra do Hospital Santa Catarina, em São Paulo.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s