#PõeNoRótulo: famosos apoiam campanha após indústria pedir mais tempo para se adequar às regras

Neste domingo (3), as empresas do ramo alimentício são obrigadas a colocar nos rótulos informações sobre a presença de ingredientes alergênicos. O movimento foi conturbado e contou com o apoio de muitos ativistas e celebridades.

Por Luiza Monteiro Atualizado em 28 out 2016, 18h09 - Publicado em 19 Maio 2016, 17h02

Você já ouviu falar do movimento Põe no Rótulo (#poenorotulo)? Ele foi criado em fevereiro de 2014 com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de os rótulos dos alimentos destacarem a presença de itens alergênicos – como trigo, leite, soja, ovo, peixe, crustáceos, amendoim e outras oleaginosas. Se comidos por engano (ou desconhecimento), esses ingredientes podem desencadear reações gravíssimas em adultos e crianças que sofrem com a alergia alimentar.

A iniciativa deu certo: no mesmo ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu início a uma discussão para criar um projeto de normatização da rotulagem de alérgenos em embalagens. A ação teve tanta repercussão que, em maio de 2015, o órgão promoveu uma audiência pública que reuniu diversos interessados no tema – sociedade civil, representantes do Governo, da indústria alimentícia e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na ocasião, a Anvisa defendeu que a causa é, sim, uma questão de saúde pública.  

O próximo (e grande) avanço veio no dia 24 de junho de 2015, quando a proposta de regulamentação foi aprovada pela Diretoria da Anvisa. No dia 3 de julho do mesmo ano, a norma foi publicada no Diário Oficial, estabelecendo um prazo de 12 meses para que a indústria se adequasse inserindo nos rótulos informações sobre a presença de itens alergênicos nos alimentos. E, no dia 3 de julho de 2016, ela começou a valer. Logo abaixo da lista de ingredientes deve estar escrito em caixa alta, negrito e com caracteres legíveis avisos como “Alérgicos: Contém ovo”, “Alérgicos: Contém derivados de leite” ou “Alérgicos: Contém leite e derivados”.

Pedido de prorrogação

No dia 4 de maio de 2016, representantes da indústria de alimentos se reuniram com a Anvisa para propor uma extensão do prazo estabelecido. No entanto, no dia 1o. de junho, o órgão se posicionou contra o pedido e vetou qualquer adiamento. 

Antes da decisão formal da agência, contudo, representantes do movimento Põe no Rótulo começaram a protestar contra qualquer possibilidade de prorrogação. Nas redes sociais, os organizadores passaram a divulgar imagens de crianças com reações alérgicas acompanhadas da mensagem “Minha vida não tem prorrogação”.

No Instagram e no Facebook, usuários também se posicionaram contra um possível prolongamento e começaram a postar fotos e mensagens sobre a importância dessa medida. Celebridades como Fernanda Rodrigues, Carolina Kasting e Felipe Simas embarcaram na manifestação. Veja o que eles e outros artistas compartilharam:

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

 

Continua após a publicidade

 

 

Continua após a publicidade

 

 

View this post on Instagram

Galera é pra já #poenorotulo ! Por favor!!

A post shared by Cauê Campos (@cauecamposs) on

Continua após a publicidade

 

 

Continua após a publicidade

 

 

https://www.instagram.com/p/BFbnRBTiSXs/

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade