#PõeNoRótulo: famosos apoiam campanha após indústria pedir mais tempo para se adequar às regras

Neste domingo (3), as empresas do ramo alimentício são obrigadas a colocar nos rótulos informações sobre a presença de ingredientes alergênicos. O movimento foi conturbado e contou com o apoio de muitos ativistas e celebridades.

Você já ouviu falar do movimento Põe no Rótulo (#poenorotulo)? Ele foi criado em fevereiro de 2014 com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de os rótulos dos alimentos destacarem a presença de itens alergênicos – como trigo, leite, soja, ovo, peixe, crustáceos, amendoim e outras oleaginosas. Se comidos por engano (ou desconhecimento), esses ingredientes podem desencadear reações gravíssimas em adultos e crianças que sofrem com a alergia alimentar.

A iniciativa deu certo: no mesmo ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu início a uma discussão para criar um projeto de normatização da rotulagem de alérgenos em embalagens. A ação teve tanta repercussão que, em maio de 2015, o órgão promoveu uma audiência pública que reuniu diversos interessados no tema – sociedade civil, representantes do Governo, da indústria alimentícia e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na ocasião, a Anvisa defendeu que a causa é, sim, uma questão de saúde pública.  

O próximo (e grande) avanço veio no dia 24 de junho de 2015, quando a proposta de regulamentação foi aprovada pela Diretoria da Anvisa. No dia 3 de julho do mesmo ano, a norma foi publicada no Diário Oficial, estabelecendo um prazo de 12 meses para que a indústria se adequasse inserindo nos rótulos informações sobre a presença de itens alergênicos nos alimentos. E, no dia 3 de julho de 2016, ela começou a valer. Logo abaixo da lista de ingredientes deve estar escrito em caixa alta, negrito e com caracteres legíveis avisos como “Alérgicos: Contém ovo”, “Alérgicos: Contém derivados de leite” ou “Alérgicos: Contém leite e derivados”.

Pedido de prorrogação

No dia 4 de maio de 2016, representantes da indústria de alimentos se reuniram com a Anvisa para propor uma extensão do prazo estabelecido. No entanto, no dia 1o. de junho, o órgão se posicionou contra o pedido e vetou qualquer adiamento. 

Antes da decisão formal da agência, contudo, representantes do movimento Põe no Rótulo começaram a protestar contra qualquer possibilidade de prorrogação. Nas redes sociais, os organizadores passaram a divulgar imagens de crianças com reações alérgicas acompanhadas da mensagem “Minha vida não tem prorrogação”.

No Instagram e no Facebook, usuários também se posicionaram contra um possível prolongamento e começaram a postar fotos e mensagens sobre a importância dessa medida. Celebridades como Fernanda Rodrigues, Carolina Kasting e Felipe Simas embarcaram na manifestação. Veja o que eles e outros artistas compartilharam:

 

 

 

View this post on Instagram

Participo da campanha @poenorotulo e acompanho a luta dessas mães/mulheres incríveis desde a gravidez do Martin. Há 1 ano elas conseguiram com votação unânime na Anvisa, que as indústrias adequassem seus rótulos fracos e incompletos. Hoje, Martin com 1 ano e 10 meses e grávida de 6 meses do Theo, com muita surpresa, recebo a triste notícia que há menos de 2 meses do fim do prazo para adequamento da norma, as indústrias pediram adiamento!!! Oi?! Como assim??? E a responsabilidade social dessas indústrias e o comprometimento com a justiça, onde ficam??? Vergonha!! Alô, Anvisa, permite isso não!!! Vamos cumprir com o que foi votado e ganho por unanimidade, por favor!!! #poenorotulo #naoadiaanvisa

A post shared by Bárbara Borges🌻 (@barbaraborgesoficial) on

 

 

View this post on Instagram

Em 2014 algumas mães de filhos alérgicos lançaram uma campanha a #poenorotulo, que desde 2014 luta pela rotulagem clara de alimentos alergênicos. Alexandre Nero, Mateus Solano, Ziraldo, Adriana Esteves, Marco Nanini, Zico, Bela Gil, Fatima Bernardes, Juliana Paes, Nathalia Thimberg, entre muitas outras pessoas públicas, conhecem. E ajudaram na divulgação do movimento posando com a hashtag do #poenorotulo em suas redes sociais. Como a indústria tem até julho deste ano para colocar em prática as normas determinadas pela Anvisa em julho do ano passado. Essa conquista importante veio da pressão social – motivada pela campanha e por seus desdobramentos. #poenorotulo

A post shared by Sheila Mello♌️👩‍👧💃🏼 (@sheilamello) on

 

 

View this post on Instagram

Galera é pra já #poenorotulo ! Por favor!!

A post shared by Cauê Campos (@cauecamposs) on

 

 

 

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s