Entenda quando crianças devem testar para Covid-19 ao entrarem no Brasil

Para controlar os casos de coronavírus em território brasileiro, viajantes precisarão realizar o exame. Só que a medida funciona diferente para os menores.

Por Alice Arnoldi Atualizado em 30 dez 2020, 17h25 - Publicado em 30 dez 2020, 17h09

Tradicionalmente, famílias ao redor do mundo planejam viagens internacionais para celebrarem as festas de final de ano. Entretanto, pela pandemia causada pelo novo coronavírus, o cenário é um pouco diferente em 2020. Para reabrirem suas fronteiras, países começaram a adotar medidas de controle com o intuito de reduzir o número de viajantes possivelmente infectados, como é o caso do Brasil.

A partir de quarta-feira (30), todos os passageiros adultos que têm como destino o território brasileiro deverão ter colhido o teste RT-PCR (que detecta a infecção respiratória na fase aguda) em 72 horas e, para que a sua chegada seja liberada, o resultado deve ser negativo. Já para as crianças, as diretrizes são diferentes.

De acordo com a decisão governamental, os menores de dois estão liberados do exame. Já os pequenos que têm entre dois e 12 anos não precisarão realizá-lo desde que todos os seus acompanhantes tenham feito o teste e comprovem que não estejam contaminados pela Covid-19.

  • Mas há uma exceção…

    Ainda que a análise laboratorial não seja imposta para a faixa etária descrita acima, ela torna-se obrigatória quando as crianças de dois a 12 anos viajam sem acompanhantes, podendo ser transmissoras da doença.

    Nesta situação, as regras são as mesmas aplicadas para os adultos: o exame deve ser realizado em laboratórios reconhecidos pelo governo do país de embarque, 72 horas antes da chegada do viajante em território brasileiro. Já sobre o idioma do teste, ele é válido em três idiomas: português, inglês ou espanhol.

    Crianças e adultos também estarão isentos de apresentar o exame quando a passagem pelo Brasil não envolver transitar para fora da área internacional do local ou passar pela imigração.

    Continua após a publicidade
    Publicidade