Projeto que aumenta licença-maternidade para 6 meses é aprovado

A medida foi aceita pela Comissão de Assuntos Sociais e agora será analisada pela Câmara dos Deputados.

As mães são unânimes em dizer que não é fácil conciliar os cuidados com o bebê com a carreira. O desafio começa quando é preciso voltar para o trabalho: onde deixar o pequeno? Como continuar amamentando? Esses são só alguns dos dilemas enfrentados. Hoje, as mulheres com filhos têm apenas 120 dias de licença-maternidade, mas a boa notícia é que essa realidade pode mudar.

Na última quarta-feira, 04, uma proposta que prevê aumentar para 180 dias esse período foi aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Na ocasião, o relator Paulo Paim (PT-RS) falou sobre os benefícios: “De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, os bebês que ficam seis meses ao lado da mãe têm reduzidas as chances de contrair pneumonia, desenvolver anemia e sofrer com crises de diarreia. O Brasil gasta somas altíssimas por ano para atender crianças com doenças que poderiam ser evitadas, caso a amamentação regular tivesse acontecido durante estes primeiros meses de vida”.

Paim aproveitou para elogiar Rose de Freitas, a senadora do PMDB que criou o projeto, e comentou sobre as vantagens do programa Empresa Cidadã, que oferece benefícios para as instituições que valorizam os direitos dos pais e estendem a licença-maternidade. Apesar dos avanços, é importante lembrar que a proposta ainda deverá passar pela análise da Câmara dos Deputados para, posteriormente, ser inserida ao ambiente corporativo.

Durante a discussão da medida, alguns políticos mostraram que têm posições contrárias. O senador Cidinho (PR-MT) apontou que a prática pode prejudicar a contratação de mulheres no mercado. “Aqui na CAS o negócio é jogar a conta para as empresas pagarem, é jogar pra platéia. Avaliam que estão ajudando e podem estar criando mais dificuldades”, opiniou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s