Pais fazem ‘berço elétrico’ para levar filho em bloco de Carnaval

"Foi ótimo porque curtimos sem precisar ficar com ele no colo ou deixá-lo no chão. Ele podia sentar, dormir, brincar", comentou a mãe.

Diferente do que algumas pessoas pensam, ter filhos não é motivo para deixar de curtir o Carnaval. No último domingo, 04, um casal de São Paulo teve uma ideia bem criativa: montar um “berço elétrico” (inspirado nos tradicionais trios elétricos) para que o pequeno Pedro, de 1 ano, pudesse se divertir com os pais em um bloquinho da cidade.

Os empresários Júlia Maturana e Diogo Rios colocaram rodinhas e um guarda-sol no móvel para garantir o conforto do menininho durante a festa. E é claro que a criação fez o maior sucesso: apesar do berço quase ter sido barrado na entrada do evento que aconteceu em frente ao Parque Ibirapuera, os foliões incentivaram os seguranças a aprovarem a liberação.

Em entrevista ao Extra, a mamãe disse que a ideia foi executada de um dia para o outro e falou sobre a personalidade do filho: “Ele sempre foi muito animado com música, desde que começou a ficar de pé. Ele gosta de brincar e dançar. Por isso, quando chegou o Carnaval, pensamos em uma maneira segura de levá-lo para brincar”.

Ela contou, ainda, que a família passou cerca de duas horas no bloco e que o móvel chamou a atenção de todos. “A gente viu que ele realmente gosta. O berço foi ótimo porque curtimos o bloco sem precisar ficar com ele no colo ou deixá-lo no chão. Ele podia sentar, dormir, brincar, sem nenhum problema”, revelou ao jornal.

Nos últimos dias, vídeos que mostram o pequeno Pedro se divertindo na rua viralizaram nas redes sociais. Um deles foi compartilhado na página do Facebook Cinderela Solteirona e recebeu mais de 10 mil curtidas. Nos comentários, a opinião dos internautas divergiu: enquanto uns acharam a ideia encantadora, outros defenderam que a proposta pode ser perigosa.

“O bebê no berço é muito fofo. Mas, mesmo assim, não levaria o meu filho para a muvuca. Vai que rola correria, tiro e tudo mais. Antes eu me dar mal, do que o meu rebento”, comentou uma usuária da rede social. “Amei a ideia, mas para a minha filha não daria certo nem mesmo quando ela tinha meses. Parabéns aos papais pela criatividade”, escreveu outra pessoa.

Assista aos vídeos:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s