Nem os amigos do príncipe George escapam da segurança do Palácio

Filho de Kate Middleton e príncipe William convidou os amigos para brincar em Kensington. E eles tiveram que ser investigados antes de entrar.

Por Flávia Antunes Atualizado em 18 set 2019, 16h19 - Publicado em 18 set 2019, 16h11

Notícias da família real britânica sempre despertam nossa curiosidade! Como é a rotina lá dentro? Como recebem visitas? As crianças têm uma vida normal?

A situação inusitada da vez aconteceu com o príncipe George, filho de Kate Middleton e príncipe William. O menino, de 6 anos, convidou colegas de sua escola para brincar no Palácio de Kensington e teve seus amigos investigados pela segurança real. 

Segundo o Daily Mail e o The Sun, o protocolo de rigorosa investigação é aplicado a qualquer pessoa que queira entrar no Palácio e não seja da família. Apesar da burocracia, fontes próximas à realeza afirmam que os duques de Cambridge estão felizes com o filho fazendo amizades e levando uma rotina normal – dentro do possível, claro.

George e sua irmã Charlotte estudam na escola Thomas’s Battersea. A instituição de elite fica em Londres, na Inglaterra, e custa mais de 91 mil reais por ano. Os dois têm no currículo aulas de balé, artes e poesia. 

A escola Thomas’s Battersea, apesar de ter a realeza entre os alunos, possui algumas regras de convivência que valem para todos. Por exemplo, nenhuma criança pode chamar a outra de “melhor amigo” para que haja mais convivência entre todos e menos exclusão. 

Continua após a publicidade

Publicidade