Mãe de Leão e bebê de Libra: saiba como será a relação de Tatá com a filha

A pequena nasceu na manhã desta quarta-feira (23), poucas horas antes da virada para o signo de Escorpião. Confira o que diz a astrologia.

Por Flávia Antunes Atualizado em 23 out 2019, 17h52 - Publicado em 23 out 2019, 17h41

Quem apostou que a filha de Tatá Werneck seria escorpiana, errou por pouco! Apesar desta quarta-feira (23) marcar o início de Escorpião, a menina nasceu no período da manhã, horas antes da virada do signo. Portanto, podemos afirmar: a pequena é libriana, sim!

“No horário que ela nasceu, no período da manhã, o Sol ainda estava em Libra. Ele só ingressou em Escorpião no período da tarde”, explica a astróloga Sílvia Bacci. De fato, a virada aconteceu apenas às 14h19.

A questão da transição dos signos costuma despertar dúvidas nos leigos – e às vezes até em quem entende do assunto. Isso porque os planetas estão em constante movimento, e a cada ano os ciclos começam em horas diferentes.

“As tabelas que determinam o início e fim dos signos são apenas uma referência. Temos que verificar, a cada ano, qual foi o horário que o sol ingressou naquele signo”, esclarece a especialista.

Continua após a publicidade

Depois do anúncio do nascimento pela apresentadora, o tema virou até debate no Twitter. “Escorpiana”, disse uma fã. “Não. O sol ainda está em libra”, respondeu outra internauta.

Twitter/Reprodução

Como ela bem afirma, o mapa astral deve ser considerado como um todo para interpretações mais precisas, mas “o signo solar é que dá a grande influência, que define as características mais marcantes da personalidade da pessoa”.

Mas, afinal, como será a relação de Tatá com sua filha segundo a astrologia?

  • Mãe de Leão, Bebê de Libra

    Apesar de a mãe representar o elemento Fogo e a bebê o Ar, os dois signos do zodíaco não são de todo diferentes. “Libra e leão são dois signos muito charmosos, que gostam do que é bonito, sofisticado – cada um ao seu estilo. O Leão pela necessidade de se diferenciar, de se sentir único e insubstituível. E Libra pelo desejo de agradar, de estar em harmonia – não estar em atrito ou conflito”, diz Sílvia.

    Porém, eles podem contrastar na relação com o espaço em que vivem. “A leonina quer da vida o melhor. Isso se refere aos amigos, ao amor, ao trabalho e aos objetos que a cercam. Para seu bebezinho, estar num ambiente agradável é, mais do que um luxo, uma necessidade”, aponta a profissional.

    “No caso da criança de Libra, crescer em um ambiente em que as pessoas se relacionam bem, em que haja harmonia entre os pais ou entre as pessoas mais próximas que prestam os cuidados, é super importante”, acrescenta.

    Os comportamentos também têm lá suas particularidades. “O signo de Leão é mais impositivo em alguns aspectos. Tem aquela famosa personalidade forte, liderança, e é mais centralizador, autorreferente. Libra já é mais conciliador, colaborativo – uma pessoa que vivencia mais o ‘nós’, a necessidade de estar associada a alguém”, conta ela. Saiba mais sobre a mãe de Leão.

    De acordo com a astróloga, uma terá muito a aprender com a outra. A mãe, principalmente no que diz a ser mais flexível, já que Leão é um signo fixo. “O filho de Libra pode ensinar ao pai leonino a considerar os outros pontos de vista”.

    Já a pequena, poderá absorver um pouco do espírito de liderança típico de Leão. “A mãe vai ensinar para o libriano que ele não precisa se esforçar o tempo todo para agradar os outros, se não ele acaba perdendo a autenticidade. Também ensinará a ter orgulho de si mesmo e de suas qualidades, e a ter uma boa auto-estima”, completa Sílvia.

    Continua após a publicidade
    Publicidade