Após relatos de acidentes, Fisher-Price anuncia recall de cadeira de ninar

O produto está relacionado a morte de 32 bebês nos Estados Unidos e será recolhido tambem no Brasil.

Por Chloé Pinheiro Atualizado em 15 abr 2019, 19h46 - Publicado em 15 abr 2019, 15h34

A Fisher-Price, fabricante de brinquedos e outros itens infantis, anunciou que recolherá todas as cadeiras de balanço modelo Rock’n Play Sleeper. O dispositivo, que pode ser programado para embalar o bebê, causou 32 acidentes fatais desde 2009, segundo a Comissão de Segurança de Produtos para o Consumidor dos Estados Unidos. Mais de 4,7 milhões de unidades do produto já foram comercializadas.

O alerta foi emitido pelo órgão no dia 8 de abril. As mortes ocorreram quando menores de três meses sem o cinto de segurança rolaram no assento, ficando assim presos de barriga para baixo ou de lado — situação que pode favorecer a asfixia e dificuldade para respirar — entre outras circunstâncias.

A empresa afirmou que prioriza a segurança das crianças por meio de nota à imprensa. “No entanto, devido a incidentes relatados, durante os quais o produto foi utilizado de forma contrária às indicações, decidimos convocar um recall voluntário”. A ação é feita em conjunto com a comissão de segurança do consumidor norte-americana.

Sono seguro

A morte súbita infantil, que ocorre geralmente durante o sono e nos primeiros meses de vida, é a terceira causa de mortalidade entre crianças nos Estados Unidos. A Associação Americana de Pediatria (AAP) considera equipamentos como o balanço “mortais” e emitiu um comunicado sobre o assunto, pedindo para os pais não usarem esse ou outros produtos para dormir que restrinjam a movimentação do bebê.

No documento, a entidade recomenda ainda que cadeirinhas de carro e carrinhos de passeio não sejam usados para o sono. “Bebês devem sempre dormir de barriga para cima, em uma superfície isolada, plana e firme, sem nenhum apoiador ou roupa de cama”, declarou à imprensa a pediatra Rachel Moon, que coordena a força-tarefa da AAP contra a morte súbita infantil.

Não há dados brasileiros sobre tema, mas a Sociedade Brasileira de Pediatria também alerta para os cuidados que garantem o sono seguro do bebê. Entre as recomendações, além da ausência de obstáculos na cama, que o quarto seja compartilhado com os pais, mas a cama não, até o sexto mês de vida.

Recall no Brasil

O recall também incluirá clientes brasileiros. A Fisher-Price afirma que reembolsará o valor gasto ou fará a troca do produto por outros, de acordo com a preferência de cada um.

Se você possui o balanço, acesse: https://faleconosco.mattel.com.br/ ou entre em contato através do telefone 0800-550-780 ou do e-mailsac.matteldobrazil@mattel.com.

Continua após a publicidade
Publicidade