7 perguntas que as mães jovens não gostam de ouvir

Confira a lista dos comentários que não devem ser feitos para as mulheres que descobriram a maternidade com pouca idade.

Além de lidar com as alterações hormonais típicas da gravidez e com os desafios de se tornar mãe jovem, muitas mulheres ainda enfrentam olhares de reprovação e ouvem comentários preconceituosos de pessoas quem não entendem que a idade não é determinante. Afinal, o que define a capacidade de uma mãe é a responsabilidade, dedicação, amor e carinho que ela tem com o filho. Em uma enquete no Facebook, perguntamos às nossas leitoras quais são os palpites que mais incomodam quem encarou a maternidade precocemente. Confira o que elas responderam!

1. Você engravidou por que quis?

Essa é uma das perguntas que as mães jovens ouvem com frequência. Para piorar a situação, na maior parte das vezes quem faz o questionamento não tem intimidade com a grávida. Karine Rodrigues passou por isso e teve que encarar palpites indesejados. “Me perguntam se eu casei porque engravidei, mas a verdade é que eu casei quando tinha 16 anos e aos 18 tive o primeiro filho. Muitos acharam que eu não seria uma boa mãe, mas hoje ouço elogios do pequeno, que vai completar quatro anos”, revela.

2. Cadê o pai? Ele vai assumir o filho?

As mães jovens ficam incomodadas quando percebem que as pessoas querem saber esse detalhe principalmente para fazer julgamentos. Como ainda vivemos em uma sociedade com valores machistas, muitas vezes essas mulheres não são vistas da mesma maneira que os pais jovens – e são apontadas como as únicas responsáveis pela gravidez precoce e pelos cuidados com o bebê.

3. O que os seus pais fizeram quando descobriram a gravidez?

Mais uma vez, a curiosidade toma conta. Pessoas que não conhecem bem a mãe querem saber a reação que os pais dela tiveram quando receberam a notícia. Antes de fazer perguntas indiscretas, reflita se você realmente deve abordar um assunto que só diz respeito à família.

4. Você é tão nova! Quem vai cuidar da criança?

O preconceito de que as mães jovens não darão conta de educar o filho ainda existe e, com isso, muitos questionam se os avós assumirão a tarefa. “Depois que tive a minha filha, escutei coisas como: ‘é uma criança cuidando de outra’, ‘não deixe essa responsabilidade para a sua mãe porque já que você fez, você que cuida’, disse Danny Castro. Não subestime a capacidade de uma mãe por conta da sua idade.

5. Você não sabia que existia camisinha?

Sim, muitas pessoas são indiscretas e chegam a perguntar se a mãe não usou métodos contraceptivos para impedir a gravidez. “Isso me deixou muito irritada, ainda mais porque veio de uma pessoa que não tinha o mínimo de intimidade comigo. Totalmente sem noção”, conta a mamãe Darlim Spies Cemin.

6. Como assim? Você e o pai do bebê não estão juntos?

Ser mãe jovem e solteira ainda é um tabu. Muitas mulheres que estão nessa situação lidam com julgamentos e palpites desnecessários. Viviane Almeida é uma delas: “eu já cheguei a escutar: ‘nossa! Você não é casada e vai ter filhos gêmeos? Já que vai ter dois, doa um para mim'”. Se a pessoa com quem você está conversando não deu abertura para vocês falarem sobre o assunto, evite abordá-lo. O fato dos pais ficarem juntos não é fator imprescindível para que a criança seja feliz, pois o que importa é o cuidado, participação e amor que ambos demonstram por ela.

7. Nossa, você já vai ter outro filho?

Vários fatores envolvem a decisão de aumentar a família, mas eles são particulares e só interessam ao casal. Se os pais acreditam que chegou a hora de ter o segundo filho, qual é o problema? O importante é eles estarem conscientes e felizes com a escolha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s