A decoração deste quarto de bebê mostra como aproveitar cômodo de só 9m²

Neste projeto, os pais pediram para que as arquitetas fizessem um cantinho que também pudesse receber a avó e ser home office para a mãe.

Com a descoberta de que um bebê está a caminho, os pais precisam enfrentar o momento desafiador – mas gostoso! – de decidir como vai ser a decoração do quartinho do pequeno. Junto com a indecisão de qual tema ou cores escolher, o planejamento começa com as demandas de cada família, como a de precisar que o mesmo ambiente tenha diferentes funções e possa ser reaproveitado quando o filho crescer.

Foram essas necessidades que as arquitetas Renata Assarito e Camila Marinho, sócias do @studioma_arquitetura, precisaram enfrentar para decorar um quarto de bebê em um cômodo de apenas 9m², em um apartamento em São Paulo.

“A cliente usava o quarto antes como de visita, para receber a mãe. Por isso, ele estava apenas com um guarda-roupa e uma cama de solteiro. Porém, com a novidade da gestação, os pais começaram a pensar que precisariam fazer o quarto do bebê, mas ainda ter o espaço para receber a avó da criança e, ao mesmo tempo, um cantinho de home office”, explica Renata.

 (@studioma_arquitetura/Reprodução)

Junto com esse pedido de que o mesmo ambiente conseguisse agregar diferentes utilidades, a cliente também ressaltou que não gostaria de trocar o guarda-roupa já presente no quarto – especialmente porque a parte de marcenaria tende a ser a de maior custo.

Em seguida, as profissionais procuraram um catálogo de material MDF para encontrar tons e texturas parecidas com as que já estavam no local. E, a partir disso, desenharam os móveis principais do cômodo, como o berço e mesa embutida para o escritório.

 (@studioma_arquitetura/Reprodução)

Para receber a avó na hora da visita, as arquitetas optaram por uma cama embutida embaixo do berço – que, quando não for necessária, fica guardadinha sem atrapalhar a movimentação no quarto.

Ainda levando em consideração essa praticidade, ao lado do cantinho de descanso do bebê foi colocado um trocador. “Ele é um gavetão embaixo que vai virar uma mesa de cabeceira quando o berço for desmontado para ser uma cama de solteiro”, detalha Camila.

Já para o tema do quarto, as profissionais trouxeram a ideia de safári para a cliente, para que pudessem trabalhar com diferentes animais delicados na decoração. “Mas quando a mãe viu a ovelhinha, ficou encantada e quis só ela”, lembra Renata.

 (@studioma_arquitetura/Reprodução)

Com o animalzinho escolhido para ilustrar todo o cômodo, foi possível personalizar e distribuir os itens de decoração por todo o espaço, enquanto os móveis ficaram mais neutros. Por exemplo, o móbile bem no meio do trocador e do berço e o nome da bebê ganharam um tom ainda mais especial pela ligação com o bichinho.

Por fim, mas não menos importante, a poltrona de amamentação costuma ser um item que chama atenção nos quartos de bebê. Já nesta decoração, Renata e Camila optaram por uma cadeira meio termo: que sirva tanto para o aleitamento materno quanto para quando o cantinho for usado como home office. E para que ela ficasse ainda mais aconchegante, uma manta e uma almofada foram colocadas por cima dela.

 (@studioma_arquitetura/Reprodução)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s