Menina de 2 anos faz sucesso com vídeos de alimentação saudável no YouTube

Em gravações pra lá de fofas e divertidas, Bárbara, filha da nutricionista Tatiana Tomita, mostra que refeições nutritivas e criança feliz é, sim, uma combinação possível - e muito benéfica! Assista a alguns vídeos da pequena e confira dicas da mamãe dela para uma boa educação alimentar.

Quais vitaminas e minerais estão dentro da chicória? E de um cookie de banana? Se você não tem as respostas para essas perguntas, não se preocupe: a pequena Bárbara Tomita, de apenas 2 anos e 8 meses, sabe dizer. Filha da nutricionista Tatiana Tomita, de São Paulo, a menininha tem conquistado milhares de fãs nas redes sociais com vídeos sobre alimentação saudável para crianças. Com desenvoltura, ela cita nutrientes de nomes complicados, como triptofano e betacaronteno – e faz você se derreter com tanta fofura!

O sucesso começou de maneira tímida. Em julho de 2015, Tatiana resolveu compartilhar em seu canal no YouTube, o Mãe Nutricionista, as gravações divertidas da pequena na hora das refeições. “Sempre tive o costume de fazer registros da alimentação da Bárbara, de forma caseira, para guardar como recordação”, conta a nutricionista. Embora o objetivo fosse dividir esses momentos apenas com amigos e colegas de profissão, o carisma da garotinha ganhou muitos outros corações. Para se ter uma ideia, tem vídeo que ultrapassa 145 mil visualizações. E, agora, há até quem a chame de “mininutricionista”!

Para Tatiana, tanta repercussão tem sido algo positivo, já que é um jeito de expandir o seu próprio trabalho. “É possível atingir muito mais gente e mostrar que dá, sim, para fazer uma educação alimentar de forma simples, com muito amor, e que uma criança pode ter uma alimentação saudável e ser feliz”, defende.

A seguir, assista a alguns vídeos da pequena que provam que a sua mamãe está certíssima!

O que tem no prato?

Um dos principais fatores para que uma criança alimente-se bem desde cedo é que as refeições não sejam associadas a algo negativo. “Acho fundamental a hora de comer ser um momento prazeroso, divertido, atrativo e leve, sem tensão ou exigências”, recomenda Tatiana Tomita. Ela conta que isso sempre funcionou muito bem com a filhota. “As brincadeiras nunca atrapalharam, pelo contrário, fizeram com que a Bárbara conhecesse vários tipos de alimentos, cores, texturas, sabores, cheiros e aprendesse a pronunciar palavras”, diz a especialista.

Uma das técnicas utilizadas por Tatiana é estimular a pequena a adivinhar o que tem no prato. “Desde a introdução alimentar, aos 6 meses, sempre expliquei o que ela estava comendo. Com 1 ano e meio, ela já sabia vários nomes e começou a perguntar o que havia dentro desse ou daquele alimento”, relata a mãe da “mininutricionista”. Daí porque a menininha que ainda nem completou 3 aninhos de idade já sabe o nome de aminoácidos, antioxidantes, vitaminas, minerais e afins.

Variedade de alimentos

Abóbora japonesa, batata-roxa, filé de frango, feijão, arroz integral e chicória: esses são os alimentos que a Bárbara identifica neste vídeo. O prato da pequena é um verdadeiro exemplo de como variar ingredientes pra lá de nutritivos. “Quanto mais colorida a refeição, maior a oferta de vitaminas e minerais”, indica Tatiana.

E quem disse que um prato cheio de cor não pode ser também uma brincadeira? “A Bárbara adora ver o prato colorido e com alimentos diferentes”, diz a mãe da pequena. Aliás, desde bebê a menininha gosta de experimentar coisas novas. Entre os itens preferidos dela estão aveia, chia, linhaça, banana, mamão, vagem, batata-doce, alface e tomate-cereja.

Cookie integral de banana

“Esta é uma receita que me agrada como mãe – por saber que estou oferecendo uma opção saudável, não industrializada e que as crianças adoram – e como nutricionista, porque sei que é bastante nutritiva”, afirma Tatiana. Esse cookie é uma ótima fonte de potássio, vitaminas do complexo B, fibras, ômega 3 e o tal triptofano – que a pequena Bárbara sempre pronuncia de uma forma fofíssima. “É um aminoácido essencial que só obtemos por meio da alimentação, pois o nosso organismo não consegue sintetizá-lo”, explica a nutricionista. Segundo ela, esse elemento ajuda na liberação de serotonina, um neurotransmissor que, entre outras coisas, tem ação calmante, dá sensação de prazer e bem-estar e ainda melhora o sono.

Amamentação

Aqui, Bárbara esclarece dúvidas sobre aleitamento materno, como “precisa dar água para o bebê durante a amamentação?” ou “chás estão liberados para crianças menores de 6 meses?”. Tatiana conta que a ideia desse e de outros vídeos que falam sobre o assunto surgiu a partir dos questionamentos mais comuns de suas pacientes e de mães que fazem parte de grupos de maternidade ou que a acompanham pelas redes sociais. 

Entre os fatores que contribuem para que ainda existam esses dilemas, de acordo com a nutricionista, estão a falta de informações sobre como amamentar e o desconhecimento sobre a importância afetiva do vínculo entre mãe e filho e do valor nutricional do leite materno. O apoio familiar também é algo bem importante e que, muitas vezes, as mulheres não recebem. Com isso, as recomendações do Ministério da Saúde de amamentar na primeira hora de vida, do aleitamento materno ser exclusivo até os 6 meses e de estender isso por dois anos ou mais raramente são cumpridas.

Mas na casa da Tatiana, a realidade é outra: com 2 anos e 8 meses, a pequena Bárbara ainda mama no peito. Somando a isso todos os alimentos saudáveis que ela come, não restam dúvidas de que a “mininutricionista” é, de fato, um exemplo a ser seguido. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s