Mãe que levou gravidez adiante para doar órgãos do bebê dá à luz

"Nós dissemos olá e adeus para a nossa doce Eva ontem", revelou o pai da garotinha.

Por Luísa Massa 24 abr 2017, 20h14

Nove meses é o tempo que um bebê leva para se desenvolver e finalmente chegar ao mundo. Para a maioria das grávidas, essa espera é marcada por expectativas, idealizações e ansiedade. Mas imagina como uma mãe se sentiria ao levar a gestação até o fim só para doar os órgãos da sua filha que é anencéfala? Foi essa atitude que Keri Young tomou para salvar vidas e oferecer para outras mães a oportunidade de viver com os seus pequenos.

Em fevereiro, o marido da americana, Royce Young, publicou um post que viralizou nas redes sociais, falando sobre a escolha da esposa. Na mensagem, ele ressaltou o quanto admirava Keri que, mesmo diante de uma situação tão difícil, conseguiu pensar no próximo. Na época, a mamãe também se pronunciou: “Essa não foi uma decisão fácil. Pelas próximas 20 semanas eu vou senti-la chutar, ter soluço e a gente vai poder ouvir as batidas perfeitas do coração enquanto sabemos que só teremos algumas poucas horas com ela após o nascimento. Eva vai ter uma vida, ainda que seja curta. Ela vai doar tudo que puder e vai fazer mais durante seu tempo na Terra do que eu jamais farei“.

E na última segunda-feira, 17, essa pequena guerreira nasceu e Royce compartilhou uma foto com a filha no colo para fazer um anúncio. “Nós dissemos olá e adeus para a nossa doce Eva ontem”, escreveu o papai. Keri Young também falou sobre o momento: “Ela foi perfeita no seu próprio caminho. Depois, eu vou dividir mais [detalhes] sobre essa inacreditável história”. A mamãe agradeceu o carinho que tem recebido e disse que tem um adorável garotinho de dois anos, que é responsável por fazer a família toda sorrir.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

We said hello and goodbye to our sweet Eva Grace yesterday. Eva Grace Young — 4-17-17

A post shared by royceyoung (@royceyoung) on

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade