Entenda as principais transformações no corpo da grávida

Cor das mamas, estrias, celulites, manchas na pele, cabelos diferentes... muita coisa muda durante a gestação. Saiba por quê.

Por Michelle Veronese (colaboradora) Atualizado em 12 Maio 2017, 14h39 - Publicado em 17 jun 2015, 08h55

Quando a barriga desponta, por volta do terceiro mês, não dá mais para esconder. A gravidez se torna para lá de evidente e, a cada semana, deflagra novas mudanças na aparência da futura mãe. As mamas crescem, as pernas incham, o peso aumenta e os hormônios… Ah, eles oscilam o tempo todo, como uma imprevisível montanha-russa, alterando o humor e provocando inúmeras outras transformações. Mamas, pele, cabelo… Tudo na anatomia feminina se modifica um pouco. Entenda por que essa verdadeira revolução vem à tona.

A cor das mamas

O bico dos seios e a aréola estão mais escuros? A culpa é dos estímulos hormonais. Ao longo da gestação, eles provocam não só o aumento das mamas, mas também elevam a concentração de melanina nessa parte do corpo. Na verdade, o pigmento que dá cor à pele tende a se acumular onde já se manifestava de maneira mais intensa, caso do bico dos seios. Isso é bastante normal e não traz nenhuma consequência para a saúde da mulher, garantem os especialistas. Seis meses depois do parto, quando os hormônios se estabilizam, a coloração volta ao normal.

Estrias e celulite

Mais uma vez, as mudanças hormonais estão por trás desses dois problemas. Os indesejados furinhos na pele podem aumentar durante a gestação, principalmente se a mulher mostrar a tendência à celulite. Já as estrias têm mais chance de aparecer quando a futura mãe exagera nas garfadas e não mantém o peso sob controle. A saída, nesse caso, é fazer as pazes com a balança, praticar alguma atividade física e manter a pele muito bem hidratada. Tudo com a devida supervisão médica, é bom lembrar.

Manchas

Na gravidez, a pele também fica mais pigmentada e suscetível às manchas. As mais comuns são conhecidas como cloasmas. Grandes e castanhas, elas surgem nas bochechas, na testa e no lábio superior. E pior: podem se agravar com o Sol. O único jeito de prevenir tais marcas é não abrir mão do protetor solar, faça frio ou calor. Evite também se expor ao Sol após às 10 horas e antes das 16 horas.

Cabelos

Sim, eles também são influenciados pelos hormônios da gravidez. Assim, não estranhe se suas madeixas mudarem de cor ou ficarem mais lisas ou encaracoladas. Para lidar com esse inesperado comportamento dos fios, procure alterar os tipos de xampu. Evite as tinturas. Aquelas com efeito permanente ou que contêm iodo na fórmula podem ser tóxicas para o bebê. Os tonalizantes, que saem com as lavagens, podem ser aplicados depois dos primeiros três meses de gestação.

Continua após a publicidade

Publicidade