É perigoso tomar a picada da anestesia por cima de uma tatuagem?

Entrar em contato com a tinta pode ser prejudicial e, nesse caso, a peridural deve ser evitada. Entenda por que!

Por Redação Bebê.com.br Atualizado em 7 jul 2017, 17h50 - Publicado em 1 jul 2015, 17h41

Mulheres que possuem uma tatuagem no local onde é aplicada a anestesia peridural podem receber este tipo de analgesia?

“Mesmo sem nenhuma comprovação científica, é possível dizer que existe riscos em potencial para a aplicação da anestesia, quando esta ultrapassa a tinta da tatuagem – caso esta esteja localizada na região em que é aplicada. O primeiro, no caso de tatuagem recente, um processo inflamatório no local poderia ser levado, pela ponta da agulha, para a região peridural. O segundo seria transportar a tinta, pela ponta da agulha, para o interior da região peridural, podendo causar algum dano aos sistema nervoso. Por isso, deve-se evitar a aplicação da anestesia sobre a tinta da tatuagem, utilizando outro espaço intervertebral, acima ou abaixo, ou punção paravertebral, lateral. Se não for possível realizar a anestesia peridural, deve-se optar pela raquianestesia, com um introdutor que protegeria o contato da agulha com a tinta. É importante ressaltar que, na maioria das vezes, a anestesia peridural pode ser substituída pela anestesia raquianestesia. Em alguns casos, como a cesariana, a anestesia geral também pode ser opção em casos de emergência ou mesmo uma anestesia pela veia”, explica o anestesista Oscar César Pires, diretor do Departamento Científico da Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

Publicidade