Como lidar com a insegurança durante a gravidez

Sentir medo com todas as novidades que vêm por aí é normal, mas às vezes é recomendável buscar a ajuda de um profissional.

Por Redação Bebê.com.br Atualizado em 20 jul 2017, 20h50 - Publicado em 2 jul 2015, 10h47

“Desejei muito a gravidez, mas agora que ela aconteceu tenho medo de não conseguir ser uma boa mãe.”

“Tudo que é novo, desconhecido e carregado de expectativas pode gerar insegurança e medo. Muitas gestantes se questionam: “será que vou ser uma boa mãe?”, “vou conseguir amamentar o meu bebê?”, “quero ter parto normal, mas será que vou conseguir?”, “como será a minha vida e o meu casamento após a chegada do bebê?” e “como será o meu filho?”. Essas dúvidas, as mudanças de rotina decorrentes da maternidade e o medo de não corresponder às expectativas da família e da sociedade também geram angústias e, consequentemente, inseguranças. Caso essas sensações sejam muito fortes, a ponto de gerar sofrimento, é recomendável pedir a ajuda de um especialista da área médica. Normalmente, com a chegada do bebê, as dúvidas e os receios vão diminuindo, pois a mãe passa a exercer de fato o seu novo papel”, explica Fernanda de Camargo Vianna, psicóloga do Hospital e Maternidade São Luiz, unidade Itaim, em São Paulo.

Publicidade