Pathy DeJesus fala sobre ser mãe e trabalhar: “Ainda choro vez ou outra”

A atriz voltou à ativa antes de seu pequeno completar 3 meses e desabafa sobre a importância de uma rede de apoio.

Por Flávia Antunes Atualizado em 7 nov 2019, 15h36 - Publicado em 7 nov 2019, 15h30

Desde que o pequeno Rakim veio ao mundo, as redes sociais da atriz Pathy DeJesus nos fazem suspirar com frequência. A mamãe de primeira viagem compartilha os momentos mais fofos com o bebê, que recentemente completou 5 meses.

Nesta quinta-feira (7), porém, a postagem teve um tom diferente. Pathy falou sobre a rotina agitada e desabafou sobre a difícil tarefa de conciliar a maternidade com a profissão, ressaltando ainda a importância de ter pessoas de confiança para segurar a barra quando não está por perto.

View this post on Instagram

Faz quase 3 meses que voltei ao trabalho integralmente. Sim, o Rakim não havia completado 3 meses. Eu amo e preciso trabalhar, mas sabia que era uma missão quase impossível. Como fazer isso sem medo? Sem culpa? Sem deixar o cansaço, o estresse, a saudade, os hormônios e a preocupação afetarem o meu rendimento? (Porque sabemos que precisamos voltar BEM) E junto a tudo isso, continuo na batalha para manter a amamentação exclusiva, extraindo e estocando leite. Eu tenho a sorte, diferente de muitas mães, de contar com uma rede de apoio. Meu companheiro (que no caso está trabalhando comigo) e meus pais. Minha mãe tem sido meu alicerce nesse rolê doido e doído, e não consigo imaginar como seria sem ela. Eu ainda choro vez ou outra. Volto e explico pro Rakim que nossa realidade é essa, e que se eu pudesse esperaria mais tempo pra voltar, SEM DÚVIDA. Dia após dia, estamos nos adaptando. Admito que por enquanto está sendo mais difícil pra mim do que pra ele. Reta final e a única coisa que posso dizer, pra mim mesma especialmente, é que continuo fazendo meu máximo (e ouvir isso de outras mulheres tem me aquecido tanto o coração), mas muitas vezes, esse máximo não parece ser suficiente. Bom, esse é meu desabafo, os sentimentos que tenho vivido. E vocês mães? Como vocês lidaram com a volta ao trabalho? (Que vocês se sintam seguras para contar sobre vocês, e para escutar outras mães também. Vamos trocar nossas experiências ❤☺🌹) #amormaior #amorinfinito #maedorakim

A post shared by Patricia Dejesus 🐜 (@pathydejesus) on

“Faz quase 3 meses que voltei ao trabalho integralmente. Sim, o Rakim não havia completado 3 meses. Eu amo e preciso trabalhar, mas sabia que era uma missão quase impossível. Como fazer isso sem medo? Sem culpa? Sem deixar o cansaço, o estresse, a saudade, os hormônios e a preocupação afetarem o meu rendimento? (Porque sabemos que precisamos voltar BEM). E, junto a tudo isso, continuo na batalha para manter a amamentação exclusiva, extraindo e estocando leite. Eu tenho a sorte, diferente de muitas mães, de contar com uma rede de apoio. Meu companheiro (que no caso está trabalhando comigo) e meus pais. Minha mãe tem sido meu alicerce nesse rolê doido e doído, e não consigo imaginar como seria sem ela”, escreveu.

  • “Eu ainda choro vez ou outra. Volto e explico pro Rakim que nossa realidade é essa, e que se eu pudesse esperaria mais tempo pra voltar, SEM DÚVIDA. Dia após dia, estamos nos adaptando. Admito que por enquanto está sendo mais difícil pra mim do que pra ele. Reta final e a única coisa que posso dizer, pra mim mesma especialmente, é que continuo fazendo meu máximo (e ouvir isso de outras mulheres tem me aquecido tanto o coração), mas muitas vezes, esse máximo não parece ser suficiente. Bom, esse é meu desabafo, os sentimentos que tenho vivido. E vocês mães? Como vocês lidaram com a volta ao trabalho? (Que vocês se sintam seguras para contar sobre vocês, e para escutar outras mães também. Vamos trocar nossas experiências ☺🌹), acrescentou a atriz.

    Continua após a publicidade
    Publicidade