Estudante cria carrinho de bebê para uma mãe cadeirante

Após realizar o sonho da maternidade, a americana Sharina Jones – que se locomove em uma cadeira de rodas – se deu conta de que não poderia andar com o seu bebê em um carrinho. Mas um adolescente de 16 anos ajudou a resolver o seu problema.

Por Luiza Monteiro Atualizado em 28 out 2016, 04h02 - Publicado em 15 out 2015, 17h01

Entre as diversas dificuldades que os cadeirantes enfrentam no dia a dia está a impossibilidade de se movimentar sobre rodas e, ao mesmo tempo, empurrar um carrinho de bebê. Não foi diferente com a americana Sharina Jones, de 35 anos, que ganhou seu filho em 2015. Deficiente desde os 5 anos de idade, ela perguntou a uma amiga como conseguiria um modelo adaptado agora que estava grávida. Foi aí que ela soube de um grupo de estudos com alunos do ensino médio, comandado pelo professor Dr. Darrell Kleinke, na Universidade de Detroit Mercy. O pedido de Sharina foi atendido pelo docente e acabou se tornando um projeto de Alden Kane, de 16 anos, um dos estudantes inscritos no programa acadêmico.

Em uma de suas aulas, Kane desenvolveu um protótipo do carrinho. Ele se encontrou com Sharina para entender quais eram todas as necessidades da futura mamãe. “A ideia inicial era fazer um modelo sem rodas. Mas depois de saber que a mãe tinha problemas com tombamento da cadeira, decidimos que um peso extra não seria bom”, conta Kane. A solução foi criar uma estrutura com rodinhas na qual ela pudesse encaixar uma cadeirinha.

“Falar com ela foi de grande ajuda para pensar a funcionalidade do equipamento, onde colocar a bolsa e como ela conseguiria se mover na cadeira”, declarou o estudante ao jornal The Michigan Catholic. Para o produto final, Kane usou tubos leves de metal que se juntam facilmente à cadeira de rodas e carregam o bebê com segurança. Agora, o objetivo é tornar o dispositivo acessível a mais pessoas.

A seguir, assista a um vídeo em que o estudante demonstra como o carrinho é usado.

 

Continua após a publicidade
Publicidade