Descubra como escolher os cosméticos naturais ideais para seu filho

Optar por produtos com ingredientes naturais e orgânicos é uma forma inteligente de proteger seu bebê e, de quebra, ajudar o meio ambiente

Antes mesmo da introdução alimentar os bebês podem estar expostos a vários produtos com substâncias nocivas através da pele, principalmente nos primeiros meses de vida.

Isso porque, ao nascer, o bebê perde o calor protetor do corpo da mãe e a pele é a única barreira entre ele e o mundo. “Ela forma uma capa protetora com depósitos de gordura que garantem o funcionamento dos órgãos, previne a desidratação e a invasão de micro-organismos”, explica a dermatologista Lya Duarte Ramos, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Apesar de atribuições tão importantes, a pele do recém-nascido é muito mais fina do que a de um adulto. Somente a partir dos 2 anos é que ela começa a ter as mesmas características das peles maduras. Até lá, precisa de cuidados especiais. Abraçar o bebê de forma carinhosa, usar roupas de algodão e fazer a higiene com cosméticos que contenham apenas ingredientes naturais são atitudes fundamentais para o crescimento sadio.

A pele fina absorve tudo – de bom e de ruim – que é aplicado sobre ela, e o fígado recebe todos esses nutrientes ou toxinas. “Na infância, ele é o órgão que mais sofre com fatores externos. Distúrbios hepáticos e respiratórios causados por cosméticos à base de compostos químicos são frequentes”, conta o pediatra e médico antroposófico José Agop Manuchaguian. E mais: “Existem toxinas que não podemos controlar, como as da poluição, mas é possível escolher o que nossa pele absorve. Nos cuidados com os bebês é preciso ser radical: quanto menos substâncias químicas nocivas um produto tiver, melhor”, completa.

A região coberta pela fralda merece atenção especial. O ambiente quente e úmido facilita a penetração de agentes irritantes e a proliferação de microrganismos, favorecendo a inflamação e o desenvolvimento da dermatite de fraldas, a popular assadura. Para evitá-la, o recomendado é limpar o bumbum com algodão e água morna e usar uma fina camada de creme de barreira. “Ele forma uma película protetora que impedirá a ação das enzimas sobre a pele e limitará a fricção”, explica a dermatologista.

Produtos naturais: Como escolher o correto?

Para ser considerado natural, um cosmético deve ser formulado com o máximo de ingredientes naturais, preservar as qualidades das matérias-primas, ter rotulagem clara para os consumidores e causar o mínimo de impacto ao ambiente, tanto na produção quanto no uso e no descarte. Além disso, ele não pode ser testado em animais, nem conter corantes sintéticos, fragrâncias artificiais, silicones, parabenos e derivados do petróleo, como petrolatum, óleo mineral, vaselina líquida ou parafina. “Substâncias sintéticas amplamente utilizadas na indústria cosmética estão sendo cada vez mais estudadas e, consequentemente, evitadas por causa de seus efeitos irritativos, cancerígenos e nada sustentáveis”, revela a dermatologista. Além disso, existem cosméticos com ingredientes naturais cultivados de maneira orgânica, sem nenhum tipo de agrotóxico, e que, portanto, conservam a pureza de suas propriedades.

DE OLHO NA EMBALAGEM

Para não cair em ciladas, é importante aprender a ler os ingredientes e os selos existentes, algo que também ajudam na identificação. Ainda assim, saber ao certo se você está realmente levando um produto natural ou orgânico para casa não é tarefa fácil.

A confusão começa com as nomenclaturas. As regras para ser considerado natural ou orgânico variam entre os países e até mesmo entre as categorias. “No Brasil, as regras foram definidas para alimentos, que são compostos muito mais simples do que cosméticos”, revela Alexandre Harkaly, diretor executivo do IBD, maior certificadora de produtos naturais e orgânicos da América Latina. Para cosméticos ainda não há uma legislação específica.

Uma forma mais simples do que ler todos os ingredientes é buscar selos de certificação reconhecidos na embalagem. “Todo mundo quer ser natural, porém o mercado está cheio de empresas que agem de má-fé, criam selos próprios e utilizam termos genéricos para enrolar o consumidor”, afirma Alexandre. Há ainda selos internacionais, como o Natrue, que é de origem europeia e foi criado pela International Natural and Organic Cosmetics Association para regular os produtos com ingredientes naturais e orgânicos de cuidados com a pele.

 

CUIDADOS DA CABEÇA AOS PÉS

A linha Calêndula da Weleda traz excelentes opções para a pele delicada dos bebês, com itens para prevenção de assaduras, limpeza, hidratação e massagem.

Criada em 1921, na Suíça, a Weleda é pioneira e líder global no desenvolvimento de cosméticos com ingredientes naturais e que vêm, em sua maioria, da agricultura orgânica e biodinâmica. Além de não utilizar derivados de petróleo e desde sua origem nunca ter feito testes em animais, a Weleda também não usa parabenos, conservantes e corantes artificiais, e todas as suas fragrâncias são 100% naturais. Óleos vegetais puros (como os de amêndoas, jojoba e semente de gergelim), cera de abelha e extratos de calêndula e camomila são alguns dos ingredientes mais encontrados na linha de Calêndula. Saiba mais sobre os produtos que deixarão a rotina de higiene do seu bebê muito mais saudável e, além de tudo, cheirosa:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s